Briga de mulheres: de “Seinfeld” a “Caminho das Índias”

Briga de mulheres: de “Seinfeld” a “Caminho das Índias”

No último episódio da oitava temporada de “Seinfeld”, intitulado “The Summer of George”, Elaine e dois colegas de escritório fazem fofoca sobre Sam, uma moça desengonçada que trabalha na mesma empresa. Um deles diz que os braços de Sam, ao andar, balançam como “salames”. O outro o corrige e diz: “Ela anda como um orangotango”. Elaine comenta: “Melhor chamar o zoológico”. O primeiro colega faz um som, imitando um gato: “Grrrr…”. “O quê?”, pergunta Elaine. “Ssssss”, responde o outro colega. E o primeiro acrescenta: “Felina…”

Indignada por ficar com a fama, Elaine comenta a cena ocorrida no escritório com Jerry Seinfeld, que apenas observa e grunhe: “Grrrrr…” Não vou entrar em detalhes sobre os desdobramentos do episódio – genial como sempre e que inclui uma participação especialíssima da atriz Raquel Welch, no papel de uma prima donna decadente chamada Raquel Welch.

O fato é que, a certa altura, Elaine pergunta a Jerry porque os homens gostam tanto de ver brigas entre mulheres. Ou “catfight”, como diz Kramer. A resposta do humorista é puro Seinfeld: “Os homens acham que quando duas mulheres estão se agarrando e arranhando existe uma possibilidade, sabe-se lá como, de elas se beijarem”.

Dois episódios na última semana me fizeram voltar a Seinfeld. O primeiro ocorreu no lançamento da “Playboy” que traz a ex-BBB Priscila na capa. Quem não acompanhou o programa deve ter estranhado que Priscila vetou a entrada de Ana, colega de confinamento, na festa da revista, num bar, no Rio. “Grrrrr”, diria Seinfeld. Priscila foi alvo de várias intrigas durante o BBB9, protagonizadas por Maíra, Josy, Naiá e Ana. E mostrou que, passados quatro meses do encerramento do programa, não esqueceu de nada. “Sssss….”

A outra briga foi mais pesada. Deu-se no horário nobre da Globo, na novela “Caminho das Índias”. Depois de descobrir que seu marido havia presenteado uma amiga sua, Yvone (Letícia Sabatella), com jóias caríssimas, a perua Melissa (Christiane Torloni) parte para o ataque. Na sala de massagens do clube, Melissa tira o chapéu antes de dar uma surra em Yvone com uma violência que não se via desde que Maria Clara (Malu Mader) trancou o banheiro e acabou com Laura (Claudia Abreu) na novela “Celebridade” (2003).

A discussão sobre qual briga foi melhor, digo, mais bem encenada, já corre solta na Internet. Pelas participantes envolvidas, gostei mais da briga na novela de Gilberto Braga, mas reconheço que a cena exibida na novela de Gloria Perez não é uma pancadaria de se jogar fora. “Catfight”…

5 Replies to “Briga de mulheres: de “Seinfeld” a “Caminho das Índias””

  1. Nós nos sentimos vingados depois da impotência diante da bandidagem dos PP(fazem questão de mostrar isto- a psicopatia de forma didática).
    Ai O Seinfeld é sempre genial-adoro.
    abs, Elianne-Lauravive

  2. Acho que depois da cena de pancadaria de “Caminho das Indias” vai haver muita mulher apanhando das esposas e vice versa . A TV é um meio de comunicação que influencia totalmente as crianças ,os jovens e os adultos. Deveriam passar bastante programas culturais, educativos. informações de saude . Passam propaganda de medicamentos e em seguida para não usar o remedio sem prescrição medica.A pessoa que não tem muito esclarecimento confude tudo e faz um aoê danado. Passam cenas de sexo e violencia sendo que a criança desperta cedo para a vida e perde a inocência muito cedo.Temos que proteger as crianças

  3. Não se esqueçam , mal amadas e enganas , a tv é de mentirinha , bater é crime de agressão , embora tenha muito gente merecendo uma boa surra nesse país , não só quem pega marido alheio mais entre os politicos tem uns merecendo uma boa surra , quem sabe eels se mancariam ???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *