Espero não queimar a língua, mas vou elogiar o Kaká

Espero não queimar a língua, mas vou elogiar o Kaká

Comentei certa vez aqui no blog sobre uma capa da “Caras” em que Kaká aparecia desfrutando férias na Sardenha e fui bombardeado pelo fã-clube do atleta. Vou correr o risco novamente. Confesso que não tenho muita simpatia pela imagem de bom-moço e carola do craque, tanto fora quanto dentro do campo. Sempre com um sorriso nos lábios ou com as mãos levantadas ao céu, posando para fotos ao lado de Berlusconi ou dando autógrafos, Kaká não parece humano, mas de outro planeta, em missão por aqui. Não à toa, é o jogador mais querido do Brasil, apontou uma pesquisa recente.

Mas, sua atitude, até o momento, no episódio que envolve a oferta de compra do seu passe pelo Manchester City, merece elogios públicos. Digo “até o momento” porque nunca se sabe o que acontecerá nos próximos capítulos e posso queimar a língua. Diferentemente do que se esperava, ao ser alvo da maior proposta financeira já feita por um jogador de futebol, Kaká evitou dizer “sim” automaticamente. O jogador declarou amor eterno ao Milan, clube em que atua, e deu a entender que grana não é tudo na vida.

Ah, dirão muitos, com o tanto de dinheiro que ele já tem, é fácil dizer isso. É verdade. Ainda assim, o simples fato de não se render de forma irrefletida, como qualquer jogador faria, ao caminhão de libras esterlinas que estacionou à porta da sua casa, já é digno de nota. Segundo seu assessor, para aceitar o convite dos donos bilionários do Manchester City, “a garantia que ele vai exigir é um time vencedor, porque ele quer voltar a ser o melhor do mundo e jogar uma Copa do Mundo, e para isso precisa jogar em um time alto nível”. 

Na minha maneira de ver, o raciocínio está corretíssimo. Espero que não seja apenas demagogia de Kaká, para ficar bem com a torcida do Milan. Vamos aguardar os próximos lances desse negócio. 

17 Replies to “Espero não queimar a língua, mas vou elogiar o Kaká”

  1. Tem um jogador que está no próprio City que por muito menos fez uma briga e tanto para sair do Real Madri…não acho que seja marketing de Kaka, ele é um dos únicos que tem opinião formada sobre vários assuntos é um cara discreto e não precisa mesmo de grana , acho que esta grana balança muito mais o Milan do que opróprio Kaká..

  2. Caro Mauricio,
    Se KK fosse um indisciplinado, dado a noitadas com trvecos e vivesse se metendo em encrencas dentro e fora do campo, será que ele seria alvo de sua admiração?

  3. Concordo com o Kaka, e espero mesmo que mantenha a palavra até o fim, pois sair do Milan, é o mesmo que que sair do São Paulo e ir jogar na Ponte Preta.

  4. Gostaria de ver Kaka do lado de Robinho acho que seria puro futebol arte, no Milan ele é o numero 1 mais ele já fez o que tinha de fazer.

  5. Só pode ser bombardeado mesmo.
    Cara, você é muito precipitado, chamar uma pessoa de demagogo sem conhecê-lo é demais, não é não? Cheira despeito… Se a gente tiver que falar de alguém, tem que estar respaldado, ele já te deu motivo para seu comentário? Você já esteve em algum evento com ele e você viu seu comportamento e porisso tem motivos para criticá-lo? Ou você é daqueles que ouve o galo cantar e sai falando? Seja jornalista, não Candinha!

  6. Concordo com Maurício Stycer em todas as colocações, Kaka também não me passa uma boa impressão, é algo muito artificial. Será que tem o dedo de Duda Mendonça???? De qualquer forma, que paga é ele…

  7. Bem, a única coisa que eu posso dizer é que se ele “posa de bom moço” sua vida deve ser um inferno; pq querer ser um fdp baladeiro como o Ronaldinho Gaúcho ou o “Fenônimo” (rs) e viver enrustido deve ser o inferno mesmo.
    Contudo, eu acho que é muito mais fácil fingir ser impossível existir alguém como KK (para vivermos alimentando desculpas para nossa falta de vergonha na cara) do que tomá-lo como bom exemplo (humano, pessoal, profissional) e buscar ser melhor (humano, pessoa, profissional).
    Espero que muitos vaiem esse cara, e que muitos o aplaudam (dane-se quem será maioria); só não pode acontecer de ele deixar de ser essa “maravilhosa novidade” (a ser imitada) em um mundo tão corrompido.

  8. Não é por nada não, mas eu fico pensando, eu vejo tanto jornalista trocar de emissora, de jornal, de rádio… Vejo um monte de gente trocar de emprego pra ganhar mais em outro, da mesma forma vejo empresas demitindo funcionários e contratando outros mais competentes, e isso é regra de mercado, não há nada errado. Porque jogador de futebol quando muda de clube, é chamado de mercenário? Eu queria ver jornalista ou qualquer outro profissional, recusando proposta de ótimos salários. As pessoas podem não concordar com os salários dos jogadores, mas se ganham muito é por que quem paga acha que vale a pena, e se tem a possibilidade de ganhar mais pra continuar fazendo o que gosta, eu não vejo problema nenhum nisso.

  9. Concordo plenamente com o Marcos Aurélio..

    Galera, o mundo é capitalista.. não tem jeito…
    Eu amo minha empresa, me aceitou num momento bem dificil da minha vida e devo tudo a ela.. mas se a concorrente vier aqui e me dar uma bela grana eu dou tchauzinho pra empresa que trabalho em nem dois minutos… A vida é assim mesmo, e todos fariam a mesma coisa…

    Se eu fosse o Kaká ia pra lá, embolsava a grana e ia jogar uma bolinha ainda pra isso!!!! Tem coisa melhor?!

    Só mulher mesmo.. pq de resto não conheco nada…

    Abraço a todos

  10. Jovem Mauricio Staycer, e os outros,
    Por primeiro, digo que perfeito só houve um na face da terra: Jesus!!!
    Ao depois, falaremos de Kaká.
    Nós estamos tão acostumados ao mundo corrupto e injusto que vivemos que, as vezes, não acreditamos que possa existir pessoas do nível deste Kaká.
    Acompanhei sua trajetória desde à época em que atuava pelo São Paulo Futebol Clube e, por tudo que mostrou, bem como suas atitudes fora de campo, ele não carece de abrir a boca pra (fechar ou não este negócio) para que possamos testificar de sua índole. Esta (bom) moço teve apenas uma namorada e se casou com ela e, diga-se de passagem, virgem (segundo ele mesmo diz); nunca o vi “firulando” ou de “corpo mole” em uma partida de futebol, seja oficial ou não, seja um time pequeno ou não, seja uma seleção centro-americana ou não.
    Nunca se meteu em encrencas, bebedices, glotunarias, drogas, noitadas inacabáveis…
    Muitos o criticavam quando apoiou os líderes da igreja RENASCER, naquele episódio nos Estado Unidos. Mais ainda, quando souberam que dava o seu dízimo. Ora, Kaká simplesmente mostrou que o julgamento será feito pelo Senhor Jesus no dia do Juízo Final. Mostrou que relamente é um servo de Deus e que sua fé jamais fora abalada. ele fez a sua parte. Talves que não tenha feito a sua fora aqueles líderes, mas até aí é o que disse: mostrou ser servo do Altíssimoe sua parte fez quando dizimou e sabia que o escopo daquilo era o crescimento da igreja no mundo para alcançar o mairo número de almas salvas. não sei quanto dizimou, mas agora irá ganhar talves 100 vezes mais.
    Logo, não é um mercenário. Do contrário, poderíamos chamar o jornalista e narrador (outros coisas mais) MILTON LEITE, por ter “deixado” a ESPN Brasil e partido para a SPORTV. De graça e pelo mesmo salário ele, com certeza, não foi.
    Meus caros, a notícia boa é que existem muitos “Kakás” por aí.

  11. Prezado Stycer, quero dizer que o senhor não me passa uma boa imagem de sua pessoa, não creio que seus artigos sejam dignos de confiança e muito menos de aceitação, ao que tudo indica, sua imagem de bom jornalista e boa pessoa soam um tanto quanto falso. Pois é caro Stycer, não posso dizer isso a seu respeito pois não o conheço, é um tanto quanto leviano dizer isso desse moço que até hoje não deu um único motivo para se desconfiar dele, o que mais me entristece é saber que nossa sociedade chegou a este ponto de desconfiar quando uma pessoa é honesta e sincera, de rir e chacotear um pobre gari que devolve o dinheiro encontrado que não lhe pertencia.
    Triste é ver que ser honesto hoje é motivo de desconfiança, ser bom é motivo de piada, afinal quem é que nunca deu uma de esperto pra se dar bem, que nunca se utilizou da lei de Gérson? precisamos elogiar e exaltar um rapaz como esse, para que o mundo produza mais pessoas assim, com caráter, para que nossos filhos tenham exemplos a seguir, gostaria que por favor o senhor reconsiderasse e refletisse no que realmente é importante, o exemplo de honestidade e caráter, se caso aceite a proposta parabéns pra ele pois trabalhou por isso e mereceu estar onde está, assim como espero que o senhor progrida ainda mais em sua carreira, só não podemos criticar ou ainda que não seja uma crítica, não podemos levantar uma suspeita sobre aquilo que é correto, puro e verdadeiro. precisamos inverter esta ordem em nossa sociedade onde o honesto tem que provar que é honesto e o ser desonesto é uma via de regra, quem deve provar a sua honestidade é o desonesto e não o honesto. Espero que a partir do hoje o senhor contribua para que esta visão seja corrigida e ajude a formar uma sociedade mais justa, verdadeira e honesta exaltando os bons exemplos como o jovem Kaká.
    Sem mais

  12. Kaká é nota mil. É bom rapaz,excelente jogador e um bom exemplo a ser seguido. Ás vezes eu acho que há pessoas que torcem para o Kaká fazer algo errado, para que elas próprias pareçam menos imperfeitas. Não acho que o Kaká seja perfeito, mas sim, que ele busca manter um carater limpo e uma imagem sadia. Não é falsidade, é dignidade. Eu o admiro e queria que houvesse mais exemplos públicos igual a ele.
    Na vida comum, do dia-a-dia, ainda há pessoas iguais a ele, mas elas estão diminuindo, porque justamente os formadores de opinião teimam em ridicularizar pessoas como o Kaká.
    O século 21 chegou e a sociedade continua medíocre e mesquinha, só aceita aqueles que se comportam de maneira igual a maioria. Se a maioria bebe socialmente, quem não bebe é o chato; se os políticos roubam, eu posso dar um jeitinho na minha vida e quem não concordar com isto é um otário; se todos fazem sexo antes do casamento, alguém que ouse não fazer, causa um mal-estar tão grande que é quase um atentado ao direito coletivo.
    Kaká e qualquer outro que que não siga a maioria hoje ou em qualquer época sempre serão julgados com severidade. Ao menor equívoco, são jogados aos leões. Mas às vezes são tão impressionantes que dá vontade de elogiá-los, mas aí bate o medo. Se eu elogio e ele é de verdade, eu sou uma mentira? Se eu elogio e ele é uma mentira, onde estará a verdade?
    Talvez nos dedos para cima de Kaká.

  13. pra min, este Kaka do Milam e um tremendo dum idiota , nao passa de um moleque mimado……….seu futebol nao e la grandes coisas…………………tudo nao passa de uma grande comedia pastelao, e claro que o manchester city deu pra traz, nas negociacoes , e pra nao ficar feio pro Milan, enventaram que o filhinho da mamae nao queria sair do colinho do papai ( ancelotti } . Ve se cresce Kakagao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *