Fervor religioso nos gramados causa constrangimento

Fervor religioso nos gramados causa constrangimento

As cenas de fervor religioso exibidas pela seleção brasileira depois da conquista da Copa das Confederações ainda repercutem no mundo. Ao ver os jogadores brasileiros ajoelhados rezando no meio do gramado, comandados pelo zagueiro Lucio, um narrador da rede britânica BBC observou que o capitão da seleção “parecia um pregador evangélico pela emoção com que proferia cada palavra”. Em texto publicado em seu blog, no site da BBC, o jornalista Ricardo Acampora escreveu:

“Num lugar como a Grã-Bretanha, onde o povo está acostumado a conviver respeitosamente com diferentes religiões, surpreende o fato de atletas usarem a combinação entre um veículo de grande penetração como a televisão e a enorme capacidade de marketing da seleção brasileira, para divulgar mensagens ligadas a crenças, seitas ou religiões.”

E disse ainda:

“Se arriscam a serem confundidos com emissários de pregadores dispostos a aumentar o número de ovelhas de seus rebanhos às custas do escrete canarinho, como emissários evangélicos em missão. Para os críticos deste tipo de atitude, isso soa oportunismo inadequado e surpreende ver que a Fifa não se opõe a que jogadores se descubram do “manto sagrado” que os consagrou para exibir suas preferências religiosas.”

A repercussão negativa não se restringiu à Inglaterra. O jornal “O Estado de S.Paulo” informa nesta quinta-feira que a Fifa “mandou um alerta à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pedindo moderação na atitude dos jogadores mais religiosos”.  Escreve o jornalista Jamil Chade:

“Com centenas de jogadores africanos, vários países europeus temem que a falta de uma punição por parte da Fifa abra caminho para extremismos religiosos e que o comportamento dos brasileiros seja repetido por muçulmanos que estão em vários clubes europeus hoje. Tanto a Fifa quanto os europeus concordam que não querem que o futebol se transforme em um palco para disputas religiosas, um tema sensível em várias partes do mundo. Mas, por enquanto, a Fifa não ousa punir a seleção brasileira.”

Ouvido pelo jornal, Jim Stjerne Hansen, diretor da Associação Dinamarquesa, confirmou que pediu à Fifa que tome providências no sentido de reprimir manifestações como as realizadas pela seleção brasileira na África do Sul.

Como no domingo, depois de Brasil e Estados Unidos, nesta quarta-feira, ao final de Corinthians e Internacional, alguns jogadores da equipe paulista vestiram sobre o uniforme uma camiseta com as palavras “I Love Jesus”. Mas, diferentemente do que ocorreu na Copa das Confederações, foram manifestações isoladas, e não houve em campo nenhum ato religioso promovido pelo grupo corintiano.

451 Replies to “Fervor religioso nos gramados causa constrangimento”

  1. entendo a questão que está sendo discutida, referente ao extremismo de outras religiões.
    mas antes manisfestações de fé do que cenas de violência, que estamos tão acostumados a ver fora e dentro dos estádios.

  2. Eu não vi absolutamente nada de errado nas manifestações dos jogadores. Pra mim foi algo como dizer “eu amo minha mulher”.

    Não houve imposição alguma, nenhum jogador tentou obrigar ninguém a participar da religião deles, nem coisa assim. E, muito menos, as mensagens foram ofensivas contra qualquer outra religião.

    Ao meu julgamento, eles estavam no seu próprio direito.

    Abraços!

  3. Sou total a favor do que aconteceu.

    Eles estão lá para jogar, para fazer seu trabalho, mas isso não impede que antes de iniciar eles façam uma oração a Deus, não impede que eles peçam a Jesus Cristo que lhes ajudem, não impede que eles agradeçam a Jesus por terem lhes ajudado.

    Se o outro time não quer fazer isso, não faça, mas respeite.

    Jesus live.

  4. No final da Copa de 2002 foi a mesma coisa, a mesma celebração e na época ninguém ousou dizer nada. Creio que ninguém pode ser reprimido (pra mim, não permitir a manifestação, sobretudo religiosa e sadia, que sua cultura defende, é repressão) quanto a sua religiosidade. Estão fazendo tempestade em copo d’água, mais por ignorância e frieza do que por temerosidade ou até precaução.

  5. Olha com certeza todo fanatismo é burro. Mas não vejo mal em jogadores se abraçarem para agradecer a um Deus que eles acreditam… ngm ali precisa ser necessariamente evangélico ou católico, o importante é que naquele momento eles estão agradecendo a algo que eles acreditam ser superior a eles e digno de agradecimento pelo título. Concordo em partes com o texto e declarações da FIFA e afins, mas acho que cada um comemora como quer, não existe nenhuma regra que diga que eles não possam vestir camisas com os nomes dos Deuses que eles servem, independentemente de qual seja. E isso émais comum que se imagina, afinal no começo de qualquer pelada sempre rola uma oração e tal… enfim, como disse, não concordo 100%.

  6. se fossem mulçumanos a comunidade internacional ira falar que eles estavam organizando um atentado!!
    concordo plenamente com a materia !
    sou a favor da liberdade de escolhas seja religiosa, sexual, politica etc desde que a axibiçao dessas escolhas nao ofenda ou constraja( tá certo?) o restante da populaçao
    grande abraço

  7. nossa, nunca imaginei que uma demonstração de ‘fervor religioso’ em um campo de futebol fosse incomodar tanto alguém ‘-‘

    realmente, as pessoas que se manifestaram contra o ato de ‘propagação de uma crença’ de forma tão pública estão certas; afinal, mostrar fé diante dos torcedores é polêmico, até mesmo errado.
    certo mesmo é violência em fim de jogo, isso sim é totalmente legal!

    ironias à parte, por quê tanto radicalismo? onde está a liberdade de expressão? os jogadores muçulmanos praticantes rezam em direção à Meca 5 vezes por dia, os jogadores judeus praticantes não podem jogar no sábado, e isso deve ser respeitado. por que, então, uma prática tão saudável quanto falar com Deus deve ser contida? só porque há câmeras filmando ali? o tal ‘fervor religioso’ que causou ‘constrangimento internacional’ é punido, enquanto os ‘fervores mundanos’, esses sim destrutivos, continuam nos campos livremente, como as agressões, por exemplo.
    triste, muito triste ver que existem pessoas tão preconceituosas, que se ofendem por um simples gesto como esse.

  8. Para mim o problema não foram os brasileiros, mas o medo e preconceito escancarado dos ocidentais contra africanos e muçulmanos de exporem sua fé também, como se agradecer a Deus, fazer um sinal de cruz ou encostar a testa no gramado (como fazem os muçulmanos) fosse alguma guerra.

  9. Deveriam se preocupar mais com as violências que acontecem dentro e fora de campo, a corrupção ativa dentro do futebol, entre outras questões do tipo, e não com jogadores que oram. Não vi problema nenhum no ato de fé dos jogadores. Achei bonito e talvez tenha sido justamente esse fervor que fez a diferença em campo. Em time que tá ganhando não se mexe!

  10. Sei não, acredito que se trata de liberdade de expressão e liberdade cultural. Se algum dos 11 jogadores se recusam a participar, certos estão eles. Ninguém é obrigado a aceitar. Mas acho que é preciso cuidado pra não confundir as coisas.

    Graças a esse tipo de discurso que se contradiz usando “a convivência respeitosa entre diferentes religiões…” como desculpa para reprimir justamente as religiões, é que rumamos a um cenário de “manifestações reprimidas” que deve evoluir até saírem do campo. E isso pode ser bem ruim. É um xiismo ao contrário.

  11. Extremismo?

    Constrangimento?

    Somos parte de uma nação que hoje pode ser considerada protestante e o ato dos jogadores é algo completamente natural que acontece há décadas (literalmente), através de vários jogadores diferentes em diferentes situações (os atletas de Cristo existem há muitos anos, por exemplo).

    No esforço de se padronizar tudo e todos, acabamos por cometer atrocidades como no caso francês, onde as jovens mulçumanas passaram a ser proibidas de usar o lenço nos cabelos em sala de aula.

    Creio que há uma diferença entre “ser” e “ser extremista”.

    Há que respeitar a coletividade sem aniquilar a individualidade.

  12. O brasileiro é religioso e bastante tolerante, se comparado com outros povos do mundo. Nunca vimos perseguições religiosas por aqui. Quem questiona o comportamentamento dos jogadores brasileiros não conhece o Brasil. A diferença é cultural: para o brasileiro médio, não há problema nenhum nos jogadores serem evangélicos, mesmo ele (torcedor) sendo católico, espírita, umbandista ou outro… Rezar o pai nosso, pedir a Deus e benzer-se (ou orar) antes de entrar em campo faz parte da nossa cultura.

  13. Mais complicado ainda e que qualquer proibição ou advertencia vai soar entre os demais crentes como perseguição religiosa e eles vão ficar cada vez mais afetados. O ideal era deixar correr ai quando a disputa ficar realmente maluca as pessoas iam começar a apelar para o bom senso. Enquanto isso as conseguencias para o futebol, para o mercado e para os organismos serão imprevisíveis.

  14. A explosão da religiosidade humana é uma das caracteristicas da pós modernidade, ou hipermodernidade au ainda modernidade líquida. O hiper-realismo, como a cena que vimos no gramado faz parte deste mesmo contexto. Como esperar que comentaristas de uma atividade atrofiada e conservadora como o futebol entendam esta questão.

  15. Partindo da premissa que “todos estão acostumados a conviver respeitosamente com diferentes religiões” e que “a todo homem é permitido expressar a sua fé” não vejo absolutamente nada errado nas manifestações da seleção brasileira de futebol.

    Conselho: pare de falar asneiras, pinte o cabelo, mude de time, de profissão e de religião.

    Obrigado.

  16. Isto mostra dois detalhes do nosso futebol. 1° Os jogadores brasileiros não são orientados para evitarem este tipo de postura pois não existe uma política para controle nem mesmo de normas em relação as culturas de outros paises. Mesmo os jogadores, na maioria, morarem fora do Brasil e conhecerem certa face desta realidade nos respectivos lugares, ele se sentem livres para agir de qualquer maneira com o uniforme da seleção. Ai você a falta de comando 2° Os jogadores da seleção seguem uma mesma religião? Nem sempre. E aqueles que não seguem, o que acontece? Neste ponto, o futebol brasileiro é pródigo. Ou você acredita, ou você não é jogador de futebol.

  17. Estes ingleses deviam se preocupar com o racismo nos gramados e a transformação de jogadores em estrelas publicitarias. Eu vi na tv: Eles NATURALMENTE sentaram e agradeceram.

  18. É claro que todo excesso é desnecessário.
    Mas não há nenhuma fundamentação na crítica do jornalista Ricardo Acampora. Demosntração de religiosidade nunca fez mal a ninguém.
    Daí a isso se tornar expressão de radicalismo religioso é um salto gigantesco.
    Aliás, a crítica foi impressionantemente mais extremista do que o ato dos jogadores em si.
    Quanto à insinuação de que a Fifa deveria repremir tal tipo de ato, isso nada mais é que um completo disparate.
    Ainda se alguém tivesse pegado um microfone e começado a pregar a plenos pulmões para o estádio inteiro, tudo bem. Mas uma oração entre a equipe? Qual o problema de ser no meio do campo? Aqueles que assistiam à partida – e o próprio jornalista – é quem deveriam respeitar a crença daqueles que se encontravam no campo.

  19. Confesso que as cenas de fervor religioso após a conquista da Copa das Confederações me deixaram bastante constrangido e cheio de pensamentos sobre o assunto… muito bom ler isso aqui 🙂

  20. Tenho uma opinião sobre o assunto, mas duas posturas.
    Postura diplomática: é algo mt pouco importante para incomodar tanto. Quando recebemos estrangeiros em nosso país procuramos nos adaptar e proporcionar o maior conforto possível a quem chega. Somos conhecidos no mundo pela nossa hospitalidade e respeito aos costumes de outras nacionalidades.
    Postura futebolística-marrenta: “Tá vendo essas 5 estrelas aqui no meu uniforme? Vem aqui, me ganha no futebol, e depois a gente conversa…”

  21. ,,Éh isso aí,,,numa sociedade onde se incentiva o uso de drogas e de prostituição(incluindo infantil)através de músicas,programas de TV ….,qndo alguém leva uma mensagem de paz(paz sim,pq eles crêem em Jesus,q incentiva a paz),e não mencionaram nenhuma outra religião,á não ser o cristianismo,os caras são criticados,,rsrsr,,e esses ingleses estão assim pq o káká se recusou a jogar lá,,dorzinha de cotovelo,,E ainda ouvir isso nun país onde se tem liberdade de expressar a fé e o culto é phoda,,,e ainda por jornalistas com diploma e tudo mais..

  22. Se alguém ousa criticar algo como a parada gay é logo execrado pela mídia e taxado de preconceituoso.

    Agora se alguém decide expressar sua fé de maneira pacifica e responsável é chamado de fanático.

    Aposto que se ao final do jogo os jogares tivessem aberto uma bandeira do movimento Gay toda mídia acharia lindo.

    No fundo quem sai perdendo são os muçulmanos totalmente incompreendidos no Ocidente racista, classista e seletista…

    Eu ainda sonho em ver Cristãos e Muçulmanos expressando sua fé de maneira harmoniosa depois de uma final como aquela.

    Enviando para a humanidade a mensagem de que ainda é possivel sonhar com tolerância e respeito nesse planeta

  23. Que besteira. Tão dando margem pro jogadores dizerem “não tenho mais liberdade de expressão, por jogar futebol”. Porque se ele fosse gari, poderia pregar o que quisesse. Mas como é jogador, não pode.
    É óbvio que eles têm um poder midiático tremendo, mas esse foi dado pelos grupos da mídia que só transmitem futebol. Se a mídia fosse mais plural, não haveria concentração nessa mensagem religiosa.
    Quer maior fervor religioso do que mudar de nome? E agora Muhammad Ali devia ter sido punido porque “instigava disputas religiosas por meio do boxe”? Besteira. Isso é coisa de quem quer tudo pasteurizado, sem discussão poítica nem religiosa nos esportes.
    Sou ateu e respeito o direito de quem quiser se manifestar religiosamente.

  24. Ah, agora rezar é constrangedor? O estranho é que brigar em campo, ofender o time adversário, não é constrangedor, porém rezar antes do jogo para pedir a benção ou agradecer, agora será 😉

  25. Não da para misturar futebol com religião, pois as coisas estão caminhando para um proselitismo velado, propaganda subliminar – sei que todo individuo tem direito ao seu credo religioso – as manifestações poderiam ficar no vestiário, pois tem muitos atletas utulisando o espaço da TV para promover e arrebanhar fieis de forma subliminar, se a moda pegar vai virar guerra santa dentro dos estadios – o ovo da serpente já foi colocado no ninho espero que as autoridades abrão os olhos.

    E se alguem após o jogo tirar a camisa e estampar a sigla do seu partido político como é que fica? pois a escolha partidaria tambem é livre e garantida pela constituição tal como a religião.

    POR FALAR EM POLÍTICA VAMOS ACABAR COM O SENADO, O BRASIL VAI FICAR MELHOR COM UM SISTEMA UNICAMERAL, O SENADO É UMA INSTITUIÇÃO ANACRÔNICA – É SÓ ACOMPANHAR A SUA HISTÓRIA NO BRASIL DESDE A ÉPOCA DO IMPÉRIO.

  26. Já não assistia ao jogos e com este ingrediente a mais certamente ficarei ainda mais distante da seleção.

  27. A seleção brasileira é um bem nacional, e nosso estado é laico.

    Eu concordo com a matéria e ao assistir tais cenas, fiquei bem revoltado. O futebol passa muito bem enquanto está longe de rusgas religiosas e nada como tais manifestações para iniciar um clima nada amistoso entre os povos.

    Como representantes do nosso povo, acredito que aqueles jogadores não deveriam ter usado e abusado de suas crenças religiosas como fizeram.

    No mais, como brasileiro, me senti envergonhado perante ao restante do planeta ao ver tais imagens.

    Um abraço

  28. Concordo com a Fifa.

    A oração é para ser feita na sua individualidade, você e Deus, ou na sua igreja, você e seus irmãos.

    A oração não deve ser feita na frente de câmeras que transmitem aquilo para o mundo todo. Quem faz isso é porque quer aparecer, quer publicidade.

    A ORAÇÃO NÃO PODE SER TRANSFORMADA EM PROPAGANDA. Tem que ser valorizada pela sua força, pela sua importância e pela sua introspectividade, NÃO PODE SER BANALIZADA.

    Quem quiser orar, ore depois da partida, com quem quiser, no vestiário, em casa, na igreja. Não no meio do campo. Quem entra no campo são os jogadores e os patrocinadores. FUTEBOL NÃO É RELIGIÃO.

  29. Que texto chupado é este. Não tem nada original a dizer?

    Todo mundo mete o malho nos jogadores evangélicos, mas a verdade é que parece que temos 2 tipos de jogadores apenas. Os evangélicos e os gandaieiros. Nem sei qual prefiro, mas os primeiros tendem ter uma performance mais próxima do próprio potencial. Também queria saber se os caras começassem a sambar e cantar, se alguém iria reclamar que estão defendendo alguma gravadora.

    Se eu fosse a CBF ficaria p da vida se os jogadores escondessem a minha marca na hora de maior audiência, ao colocar camisas por cima da da seleção). Mas deixa os caras rezarem, é a maneira deles comemorarem.

  30. Graças a Deus eles não renegaram a fé deles em Jesus! 🙂

    Antes uma confraternização em favor de Deus do que cenas de violência…

  31. Sou ateu e tudo mais, mas achei uma grande besteira essa reclamação. Ninguém tem que se envergonhar da sua fé e demonstrações de fé é muito diferente de tentativas de catequese. No Brasil é assim mesmo, sou São Paulino e tenho o DVD das conquistas dos últimos 3 brasileiros, se você assistir verá que em todos eles tem cenas dos jogadores orando no vestiário antes de ir para a partida. É aquela parte do “Num lugar como a Grã-Bretanha, onde o povo está acostumado a conviver respeitosamente com diferentes religiões” é uma grande balela, né, e a reclamação deles só comprova isso.

  32. Que constrangimento? Se a religião deles incomodar a adeptos de outras religiões é porque esses adeptos são intolerantes.
    Eles só estão expressando sua fé, da qual não comungo.
    Da mesma forma que outros grupos poderiam fazê-lo.
    Não vejo problema nenhum.

  33. Não podemos negar o direito à liberdade de expressão.
    Se fossem muçulmanos os jogadores e fizessem alguma saudação à Alá estariam no seu direito. Mas nesse caso acredito que tanto a mídia, como muita gente que defende a liberadade de expressão, acusariam ou falariam mau.
    Agora uma coisa é certa: Muitos desses jogadores que dizem ter fé em Jesus, etc, mas na verdade estão de olho é nos milhões dos contratos com os clubes. Jesus que quer isso? Humildade ou oportunismo?
    Isso sim temos que criticar. Ninguém fala?

  34. Constrangimento? A mídia inglesa e seus adeptos só podem estar de brincadeira! O que causa constrangimento nas pessoas de bom senso são as palavras de baixão calão e os gestos obcenos que técnicos e jogadores costumam adotar nos jogos. Os Atletas cristãos, que aliás são exemplos dentro e fora dos gramados, quando expressam publicamente a fé em Cristo, logo são discriminados. Porém a própria mídia que os condena, não é capaz de expressar contrariedade aos atos irresponsáveis de certos jogadores, que inclusive são por ela endeusados!

  35. Então, se não tinham intenção de “arrebenhar” fiéis, porque eles não escreveram as frases em Portugues?
    Outra coisa a fé é de cada um e se eles ficaram agradecidos, deveriam ir pessoalmente prestar serviços as comunidades carentes, acredito de Jesus is ficar beeeemmmm mais feliz assim…

  36. Fanatismo religioso denota falta de cultura e nivel de educação muito baixo, ou seja, país pobre. Aqui no Brasil os espertalhões que lavam o cérebro das ovelhas é se dão bem e rindo a toa.

  37. DUVIDO QUE SE FOSSE MANIFESTAÇÃO DE OUTRA RELIGIÃO, HAVERIA TANTO BLÁ BLÁ BLÁ! DEVERIAM CONDENAR PSEUDO-JOGADORES QUE FAZEM GESTOS OBCENOS, COMO FOI O CASO DO RONALDO NO JOGO CONTRA O INTERNACIONAL!

  38. Algum jogador foi forçado ou constrangido a participar da manifestação “religiosa”?
    A manifestação foi durante a partida?
    O regulamento da competição proibia?
    Não!!
    Estão de parabéns, pois ganharam a partida (e a competição) de maneira brilhante (de virada) e agradeceram a Deus.
    Total liberdade de expressão!
    Ou temos agora uma “patrulha ateísta”?
    Que os muçulmanos argradeçam a Alá, os budistas a Buda,
    os participantes de legiões africanas a suas divindades, os ateus a quem eles qiserem…
    Repressão de liberdade de expressão (INCLUSIVE RELIGIOSA) é que não!!

  39. Foi totalmente natural o que a seleção brasileira fez. Agora o que dizer da Parada gay, dos politicos e dirigentes corruptos dentro do futebol e da própria política no mundo, da pedofilia, etc.
    O problema é que o homem está distante e separado do verdadeiro Deus. JESUS CRISTO é o camiho, a verdade e a vida (JOÃO 14:6).
    Um abraço.

  40. Não há como não comentar depois de ler alguns comentários… Creio que a polêmica toda foi por causa do jornalista inglês e outros que não simpatizam com o evangelho de Cristo. Cada um tem o direito de escolher o que quer ser e viver isso, desde que não ofenda a ninguém. Lúcio e os outros estão de parabéns. Alguém diga para esses críticos que o Brasil é o melhor país do mundo (apesar do “nosso congresso”). Recebemos a todos de braços abertos e respeitamos a todos, mesmo quando não concordamos. Jesus ama a todos…

  41. Apoio o primeiro comentário e outros, pois nada de mais, além de uma oração de agradecimento, foi feito pelos nossos jogadores.
    Não é a primeira vez que isso acontece, e nada há de errado.
    Me estranha o nobile reporter ser tão parcial na matéria.
    Falta de memória de outros comentários também, já que nas copas recentes o mesmo aconteceu, e nada se falou.
    Claro que se nomes de igrejas fossem escritos ou ditos, tudo bem, mas não foi o caso.
    Isto é fato, o resto são opniões, cada um com a sua, míope ou não. Respeitemos sem concordar.

    Fica também a impressão de que o nome Jesus, ou uma oração como o Pai Nosso, incomodam alguns… Estranho.
    TALVEZ AQUELES QUE DEFENDAM GUERRAS, JUROS, FOME, MISÉRIA, E UMA FALTA DE FÉ, se incomodem, afinal mostrar todo tipo de lixo na Tv e em Sites PÓDE, mas orar não pode.
    Ah táaaa, entendi…

  42. É inacreditável saber que críticas estão sendo feitas aos brasileiros na comemoração do tíltulo.
    Eles são maravilhosos e estavam prestando uma linda homenagem a Jesus Cristo como forma de agradecimento por tantas bençãos.
    Infelizmente existe uma grande inversão de valores. As pessoas estão esquecendo dos pricipais mandamentos: amar a Deus acima de tudo e ao próximo como a si mesmo. É POR ISSO QUE SER HUMANO ESTÁ CADA VEZ MAIS SE DEGRADANDO.
    ELAINE

  43. As mesmas pessoas que criticam são as que defendem direito e liberdade quando convém. Há Guerra no mundo por causa da Religião e há apoio. E ai ? O ato de fé deles soma , ajuda , fortalece . Fazem Guerra por causa da religião no Iraque e poucos fazem algo pra impedir …

  44. A cena foi simplesmente ridícula. Que fizessem isso no vestiário, com a imprensa brasileira, tudo bem. Mas diante de todas as câmeras do mundo … ridículo. Um bando de marmanjos ajoelhados no meio do campo … absurdo!!!!

    Vejo que aqui há muitos comentaristas que também são fanáticos religiosos e não vem mal algum naquele espetáculo irracional.

    Claro, mal não há. Mas por que diabos eu, que não tenho religião, tenho que ver essa baboseira depois do entretenimento do futebol???

    Futebol é entretenimento, não se esqueçam.

    Além do mais, por que deus privilegiaria os brasileiros e desprezaria os americanos no futebol?? Por outro lado, se seguimos a mesma lógica, deus premiou os gringos com inventividade e tecnologia e a nós, brasileiros, nos deu comportamentos ridículos como esse.

    Por favor, tenham paciência!!!

    As pessoas nesta última década perderam a noção da realidade e do bom senso.

  45. Boa Tarde.

    Este senhor perdeu uma boa oportunidade de ficar calado, em um mundo onde a violência e o respeito aos principios familiares esta em queda vem este emissário do diabo questionar a fé das pessoas?
    É lamentável ver criticas desta natureza quando na verdade deveriam procurar alternativas para coibir a violência e a liberdade de levarmos nossos filhos para assistir um bom espetáculo.
    Louvado e engrandecido seja nosso Deus em qualquer lugar pois mesmo com o levante de emissários do diabo como este todo joelho se dobrará na presença do Senhor.

  46. Cada macaco no seu galho. Eles fazem o que da vida? Jogam futebol, então devem limitar-se a isto. Que façam suas orações em silência, Deus escuta da mesma maneira. Esta cena é uma palhaçada e total falta de respeito com outras religiões. Me desculpem os evangélicos mais discreto, mas as pessoas deta religião querem normalmente “doutrinar” os outros “na marra”.
    Se a Fifa continuar permitindo esse tipo de evento, tem que permitir tb que muçulmanos orem voltados para a mesquita dentro do estádio, que judeus não joguem às sextas-feiras e que umbandistas cantem o “ponto” de São Jorge, com direito a atabaques e tudo.
    O respeito é bom e todas as religiões gostam.
    Está faltando bom senso desses miquinhos amestrados de pastores evangélicos que jogam na Seleção. Proibição de culto no gramado já!!!!

  47. Por que não fazem essa oração em todos os jogos independentemente de vitória ou derrota. Ou será que o “deus“ deles só aceita quando são campeões. A maioria desses jogadores estava na copa de 2006 e não teve nenhuma oração no gramado agradecendo por terem sido eliminados. A religião é um mal necessário. Ruim com ela pior sem ela.

  48. Se tem violencia ai ta dando materia mas se não tem materia arrumam um jeito de buscar em coisas sem sentido como criticar a fé das pessoas ha me basta vai!!!!!tenho mais o que fazer do que ler estas bobeiras

  49. Vi as cenas e pessoalmente achei um pouco exageradas, não que eles fossem impedidos de agradecer mas achei qe dedicaram muito tempo nós sabemos que nem todos comungam dessa religiosidade soando meio falso a atitude de alguns.

  50. Engraçado….com relação à mentira, adultério, safadeza, desvirtuamento dos bons costumes, enganação e outras coisas a mais que hoje, infelizmente, todas as emissoras de TV do nosso país veiculam, niguém se incomoda, mas algumas pessoas se ajoelharem e demonstrarem sua fé diante do mundo (independente de religião) em agradecimento a Deus por uma conquista incomoda…..acho q alguma coisa está muito errada…..querido repórter…aproveite seu tempo para veicular o que realmente tem importância….se vc não acredita em Deus, desculpe querido, mas vc é minoria!!

  51. Constrangedor seria se tivessem provocado alguém, ninguém fez isso. A Seleção está de parabéns, mostrou que Jesus é o único hoje e sempre.

  52. Relendo vários dos comentários … que preguiça e desânimo …

    Realmente somos um país de terceiro-mundo, subdesenvolvido …

    O comportamento dos jogadores, rezando pra todo mundo ver, demonstrou isso e os comentários acima também!!!

    Lamentável!!!!

  53. Sou ateu, e um apaixonado por futebol. Por que que tenho que ficar vendo aquela idolatria toda?! Sim, os próprio evangélicos que criticam a igreja católica por idolatria, idolatram uma marca. Jesus não é mais do que um marca para eles hoje. E se tivessem perdido, haveria manifestações do tipo “obrigado Jesus pelo segundo lugar”?
    Mais do que tudo, o esporte tem que ser laico, aberto para todas as raças e para todos os sexos.

  54. É impressionante como incomoda ver pessoas felizes, que proferem sua religião sem vergonha ou hipocrisia. A mídia nacional e internacional quer ser a “elite pensante do mundo” e não aceita manifestações de fé, sobretudo porque não traz retorno financeiro para elas. Está na hora desse engano cair de vez e deixar que a “liberdade de manifestação de pensamento, crença e fé” possam ser verdadeiramente garantidas a quem quer que seja, jogadores de futebol ou não. O mundo da bola não está restrito (graças à Deus) apenas aos cartolas ou profissionais do esporte que querem somente ganhar dinheiro com o esporte das massas. O futebol é visto por milhões de pessoas, inclusive, na sua maioria, por aquelas que têm fé na verdade, no amor, na paz, no ser humano. Abaixo os jornalistas que escondem suas verdadeiras intenções!!!

  55. A reação negativa procede. Coisa mais ridicula, inadequada e oportunista que Lúcio posar para tirar a foto com uma camisa de invocação evangélica, ao invés de ostentar a verde-amarela!?
    Não foram só os ingleses que notaram!
    A Fifa deve punir a todos que aproveitarem momentos como esses para fazer propaganda de seus credos. Sejam religiosos ou políticos.
    Se é questão de liberdade de expressão, como se manifestaram alguns, daqui a pouco serão toleradas propagandas até de cunho nazista ou anti-semita!

  56. PRA FALAR A VERDADE SEU MAURICIO STYCER, VOCÊ NÃO PASSA DE UM IDIOTA, SEM MORAL PARA FALAR ISSO, SE OLHA NO ESPELHO, OS CARAS QUEREM É COMEMORAR, PELA VITÓRIA E ELES TEM UM DEUS PODEROSO, VOCÊ QUEM NÃO TEM NADA, NÃO É NADA, E SÓ CRITICA, VOCÊ QUERIA QUE TODOS FOSSEM ATEUS, AÍ ESTARIA BOM PRA VOCÊ?……VEJO QUE VOCÊ NAO SABE ANALIZAR NADA, FICA COM DOR DE COTOVELO, POR O NÚMERO DE EVANGÉLICOS CRESCEM MAIS E MAIS…E FICA DANDO DESCULPA ESFARRAPADA QUE VAI TRAZER RELIGIÃO PRA DENTRO DO FUTEBOL, VOCÊ É UMA CARA INSENSATO…SEM ESCRUPULOS DE TER DITO ISSO AÍ EM CIMA…TENHO PENA DE VOCÊ, POIS VOCÊ NÃO TEM CONTEÚDO..ANTES DE ESCREVER ALGO REVEJA SEUS CONCEITOS……..TÁ……..SEU BOÇAL…….

  57. E as propagandas de cigarros, cervejas, destilados que são produzidos durante as transmissões? `Não influeciam as massas a se tornarem viciados? Ei, vc autor da matéria! Parece que o único constrangido é você. Em consequência quer enfiar garganta abaixo dos seus leitores a sua posição.
    Acorda Brasil. Acorda mídia.

  58. Precisamos nos proteger de formadores de opnião que tem a capacidade de criticar uma atitude tão louvavel, como esta que os jogadores tiveram. Na verdade tal atitude deveria ser capa de todas as revistas e jornais, pois foi um ótimo exemplo. São estes valores e atitudes de amor que podem mudar verdadeiramente nossa sociedade.

  59. O respeito ao criador de todas as coisas e o agradecimento por tudo que Ele tem feito e fará é muito lindo, esses atletas estão honrando com seus lábio a JESUS CRISTO o NOSSO SENHOR E SALVADOR. Glória a Deus.

  60. Péssimo o título da matéria, assim como é de mal gosto o uso de sites e provedores a favor de interesses obscuros e negativos.
    O nome JESUS incomoda, nossa, parece filme de exorcismo, acho que se jogar água benta vai correr um monte de vampiro por aí. Muito estranho cara, muito bizarro.
    Nem me ligo muito em religião ms essa matéria ficou maus.

  61. A pior das crenças a FIFA não acaba: a de que o juiz é onipontente. Há um medo terrível de se utilizar os meios eletrônicos disponíveis para impedir injustiças, como aquele Gol claro do Brasil na final, quando nitidamente se vê que a bola entrou, mas como o juiz não viu….Vale a crença dele!!!!
    O pior cego é aquele que não quer ver. Manifestação religiosa, feita na paz e sem provocação devem sempre ser bemvindas, tudo menos a violência.

  62. Acho que cada coisa tem seu lugar, esporte e religião não deve se misturar. Este tipo de manifestação deve ser feita no vestiário, onde está apenas o time. Até pq acredito que as orações são somente para agradecer que ninguém tenha se machucado durante o jogo e não agradecer pela vitória.
    Outra coisa será que veremos com bons olhos rituais satânicos, dentro do campo, após as vitórias?

  63. O fato ocorrido deve ser sim reprimido pela FIFA, pois concordo plenamente com o Jornal Ingles. Pois o futibol e um esporte Laico. E isso realmente pode leva conseguencias sem precedente devido ao fanatismo religiosos de alguns individuo. Que para mim a atitude que tomou o Lucio foi infeliz e sem nexo. Cabe a ele guarda os seus agradecimneto divino junto com os seus no Templo Religioso que frequenta. Pois no momento q ele fez aquilo eu desliguei a TV.

  64. Tanto o narrador da BBC quanto o jornalista Ricardo Acampora não têm conhecimento do Deus que os criou, pois se tivesem, não fariam críticas negativas, mas sim críticas positivistas em relação ao fato maravilhoso que se deu ao final do jogo.
    São as palavras santas da Bíblia (que é a palavra de nosso Deus) que nos informa para que não sejamos mornos, ou seja não fiquemos em cima do muro, ou somos de Deus ou não, e, esta demonstração pública ficou bem claro que esses atletas são de Deus. Isto não quer dizer que estão obrigando ninguém a seguí-los, pois Desu nos deu o livre arbítrio para escolhermos o que queremos.
    Talvez se fosse uma apresentação de umbandistas o narrador ou o jornalista não fizessem tanta algaravia do fato.

  65. Não vi nada de mais em eles estarem rezando e agradecendo a
    Deus pela vitória, ninguém devia se envergonhar disso, indepen
    dete de religião, todos os que não são ateus fazem isso, publicamente ou não!

  66. Esta é uma ótima e nova questão: se fossem manifestações de outras religiões menos divulgadas, como o candomblé e o espiritismo, seriam aceitas da mesma forma? Os próprios comentários aqui dão a resposta: um majoritário NÃO, porque a maioria vem defender a sua crença e não a (livre) expressão da diversidade. A manifestação deve ser permitida não porque fala da crença em Jesus, mas porque os jogadores devem ser livres para se expressarem como quiserem. Em relação à pressão que os não-religiosos poderiam estar sentindo, desde que não haja constrangimento ou coação formal, os covardes são responsáveis por sua covardia. Ajoelhou quem quis. Rezou quem acreditou seja na oração ou na cena montada pro mundo ver, porque o fariseu agradece em público e não na profundidade do seu coração.

  67. Os europeus são racistas e estão preocupados que os imigrantes queiram ter mais liberdade de expressão na Europa. Os mulçumanos são perseguidos na França, os negros são ofendidos nos estádios com as torcidas imitando macacos e por ai vai. O Brasil é o melhor país do mundo por causa disso, respeitamos a todos sem distinção de religião ou raça, agora esses gringos querem se meter na fé dos jogadores?! Fala sério, vão cuidar da crise mundial que eles ajudaram a causar!!!

  68. O cristão fervoroso constrange aqueles que não são, exatamente por se sentirem pagãos qdo encaram um verdadeiro cristão. O cristianismo sempre foi caracterizado por transformar todos os seguidores em pregadores, missionarios. O proprio Jesus em Mateus diz isso. Nao houve ofensa a outras religiões, apenas uma demonstração pública de agradecimento ao Deus que eles servem. O que passa disso é pseudo intelectualismo de alguns preconceituosos. Eu me divirto com essa perseguição, pois ela é inútil e ineficaz em seus propósitos.

    Abraço,

    Gleidson

  69. Porque não partilhar com todas as religiões a busca, o louvor o aradecimento ao Transcendente (DEUS). ACOLHER, HARMONIZAR, CONVIVER A PAZ E REZAR. Teremos um mundo do futebol bem melhor, bonito respeitoso, competitivo e com a benção celestial.

  70. Escrever na camiseta o nome da mulher, dos filhos, ou de Jesus não é crime, violência, nem ofensa. Concordam?

    Vai ver que o filho dele chama Jesus. ENTÃO FAZ FAVOR.

    Como disse um amigo aí de cima, isso já aconteceu várias vezes, em várias copas, mas o pessoal aqui deve ser muito jovem para lembrar, inclusive o autor da matéria, né?

  71. Tenho pena de quem ache uma manifestação de fé rídiculo!! Rídiculo é a hipocrisia, rídiculo é quem nao crê em Deus, ridiculo é quem julga um ato de agradecimento pela conquista, seja em rede nacional, mindial ou dentro do vestiario!
    Acredito que tem assuntos muito mais importantes do que esse para ser discutido.

  72. Que ridículo criticar uma atitude tão bonita com uma oração a Deus.
    Como muitos aqui falaram, bonito é iniciar crise financeira mundial, pedofilia, exploração de outros países, guerras insanas com matança proposital de crianças, impedir a chegada de ajuda humanitária a povos que precisam…
    ISSO SIM É RIDÍCULO E DEVERIA CAUSAR CONSTRANGIMENTO E VERGONHA.
    Com o respeito a todos, inclusive aos ateus, cada um agradece como quer e agradecer orando só pode ser exemplo para o mundo.
    Viva o Brasil!!!

  73. É IMPRESSIONANTE COMO AS PESSOAS SE INCOMODAM QUANDO SE FALA DE JESUS…SABEM PORQUE???? PORQUE ELE REPRESENTA TUDO AQUILO QUE AS PESSOAS SABEM QUE É CERTO MAS NÃO TEM CORAGEM DE ASSUMIR E FAZER….
    KAKA – FELIPE MELO – MAICON – LUCIO – JORGINHO…ETC….NÃO PAREM…NÃO PAREM….
    SÓ HÁ SALVAÇÃO EM JESUS CRISTO…..

  74. Independente de qualquer coisa devemos respeitar a opinião aleia, seja ela qual for certa ou errada.
    Se eu não concordo com ela não faço parte dela, mais tenho que no mínimo respeitá-la, principalmente quando se trata de RELIGIÃO.
    Este é um assunto que gosto muito e tenho certeza que na seleção Brasileira tem pessoas de varias e diferentes, mais naquele momento se unirão em pró de agradecerem juntos cada um a quem acreditavam ter o ajudado, independente de sua crença.

  75. Essa reportagem tem mais convicção à propagação do ódio, rancor e desespeiro do que alguma firmeza de ideia. Procure outra forma de fazer jornalismo, uma coisa tão linda como foi essa atitude dos jogadores brasileiro deveria ser é elogiada. Fanatismo nós sabemos que são por aqueles que até os dias de hoje tentam levantar a cruz e crucificar o Filho de Deus.

  76. A Seleção está 100% correta!!!! Atitude louvável!! Se o mundo seguisse esse exemplo, muitos problemas estariam resolvidos. Infeliz o autor.

  77. Incrível!!!!!!!! Maravilhoso!!!!!!!! Tudo o que aconteceu no domingo os jogadores estão certíssimos deram seus agradecimentos a Cristo, pois é através da fé e esforço que conseguiram a vitória. Glórias sejam dadas a Deus.

  78. Comentário desse tipo só poderia sair de um inglês. Não fomos nós que assassinamos um inocente, por imaginar que seria um mulçumano terrorista. Estão querendo fazer média com os mulçumanos agora.
    Brasileiros, que não desistem nunca, manifestam aquilo em que acreditam.
    Não aceitaremos este tipo de “indignação” de quem não tem exemplo para dar.

  79. È muito engraçado. Alguns se sentem ofendidos ou discriminados por ter religiões diferentes da que foi manifesta pelos jogadores. Agora proibir uma manifestação religosa acham muito normal.È reivindicar um direito, tolhendo o direito de outrém.

  80. Existe momentos que dá vontade de não ler o que muitos jornalistas escrevem e ficar alheio ao que acontece no mundo, devido a opinioes inescrupulosas como esta deste ingles. Reprimir? Já soa muito mal esta palavra!!!!!! Coisa de ditadura!!! Não poder expressar uma atitude religiosa antes ou depois da realização de seu trabalho!!! Algo que não influencia nos resultados da empresa. Participa quem quer!!

  81. É UM ABSURDO,NÃO PODER PEDIR A BENÇÃO DE DEUS,SOMOS UM PAÍS LIVRE. CAROS DEUS NÃO É RELIGIÃO,NOSSO SENHOR É MUITO MAIS DO QUE IMAGINAM,POR ISSO RESPEITEM!

  82. Constrangimento?!
    Sinceramente, esta é uma questão frivola e o título é ridiculo. A comemoração do jogador causou constrangimento a quem?! Sinceramente viu… que balela.

  83. Caso não quisessem mostrar, era só não filmar, já que a oração não foi durante a partida. É uma vergonha que a imprensa inglesa empregue o seu tempo em criticar a fé alheia ao invés de se ater ao futebol, que era o foco em questão. Depois essa mesma imprensa fala em liberdade de expressão. Que hipocrisia…

  84. A democracia é instrumento poderoso que permite a liberdade de expressão, para que na pluralidade das opniões as pessoas possam ser livres para pensar e agir. Se as pessoas se constrageram é apenas consequencia do desconforto de encarar a sua própria corrupção e apostasia quando percebe-se perto de um verdadeiro cristão.

    Na verdade eu me divirto com esse tipo de manisfestação preconceituosa, que na verdade é perseguição.

    Porque perseguição existe a mais de 2000 anos e nunca foi eficaz ou útil em seus propósitos, como a propria história nos ensina.

    Abraço

    Gleidson

  85. O zagueiro Lúcio da seleção brasileira, tem mesmo muito que agradecer por conquistar este título, pois foi realmente um milagre a seleção brasileira conquista-lo, depois de tatntas graças recebidas virão as cobranças, quero ver este mesmo grupo estar preparado para derrota, assim como aconteceu com a seleção espanhola, na vitória é fácil agradecer quero ver na derrota.

  86. Não tem nada errado o cara demonstrar a sua fé. Muito pelo contrário, isso é muito bom. Agora o que me surpreende é essas pessoas demonstrar esse sentimento de intolerância.

  87. “Feliz é a Nação cujo Deus – Vivo, Onipotente, Onipresente, Onisciente, Reis dos Reis, Senhor dos Senhores, Médico dos Medicos, Cheio Graça e Misericóridia – é o SENHOR.” Salmos 33:12
    Enquanto os nossos irmãos Ingleses demonstram toda opressão psíquica, toda angustia interior através da promoção enfreiada da violência, nossos irmãos em Cristo, jogadores da seleção brasileira, louva e testificam a Cristo Jesus com os seus testemunho. Aliás, quem recebeu o troféu de jogador mais disciplinado da competição??????? Quem foi o melhor jogador dessa Copa das Confederações??????? Creio que estes detalhes não são importantes para quem não se rendeu as Palavras de Cristo Jesus: “Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.” Jo 15:5. Um abraço. Jesus os abençoe. Walter

  88. Realmente vivemos em uma época onde os valores estão perdidos em prol de interesses diversos. Nesse caso, da ogeriza cultural que os ingleses tem de tudo que é diferente deles. Fora o pavor e a neura por ocasião do 11/9. Como já tão bem podemos experimentar como brasileiros, quando Jean Charles foi brutalmente assassinado pela polícia inglesa que ainda caça o Jaque Estripador . Para um país que pede liberdade religiosa em países do Oriente Médio, classifico, usando de um eufemismo,como uma garfe o comentário esdruxulo desse inglês, que se diz repórter. Acredito que na opnião dele, os jogadores deveriam ter feito como muitos que vemos por aí; que passam a noite com três travestis. Ou como outros que são figuras fáceis em bocas de fumo. Deve ser esse o exemplo e a herança que o futebol deve deixar, na opnião dele. Não a transparência de uma atmosfera muito saudável de tolerância religiosa, que nosso mundo tanto necessita.Constrangedor é ser virado pelo avesso no principal aeroporto da Inglaterra, quando você é identificado como brasileiro. Constrangedor ,é saber que a Europa não consegue mais se livrar do seu lixo e está exportando para países em desenvolvimento, como o Brasil. Isso só para ilustrar um pouquinho o que é “constrangimento”. Pois, se fosse citar o passado de absurdos gloriosos deles…Sai de baixo.

  89. 1° Se fosse um jornalista senegalês ninguem ligaria para o comentário, mas como era britânico.

    2° Eles estavão apenas agradecendo aquilo que o Deus que todas as coisas, e nada se fez sem Ele, e diz na Sua palavra, sem Mim, naa podeis fazer.

    O que está faltando a sociedade é o reconhecimento e o agradecimento ao Deus, que provém todas as coisas.

  90. Eu concordo que haja exagero, mas o jornalista inglês parece nnao saber o que é tolerância religiosa. Mas se aparecer um cara drogado fazendo apologia a si mesmo ai tudo bem?

  91. Pelo o que eu li acima, a maioria dos comentários estão a favor do que os jogadores brasileiros fizeram, não de se estranhar este tipo de atitude em país religioso. Agora imaginemos a seguinte situação um jogador famoso, levanta o uniforme e na camisa de baixo, vem os seguintes dizeres: “Jesus é a maior faça em todos os tempos e é responsável pelo atraso científico da humanidade”. Eu acredito que não haveria tanta gente lutando pelo direito de expressão deste jogador. Existe muita demagogia nos comentários acima, todos querem impor a sua própria ideologia e isto é prejudicial a privacidade de outrem. Acho que estes jogadores deveriam respeitar à aqueles que não acreditam em Deus, Jesus, messias, etc… Deixem para agradecer ao seu Deus no âmbito de seus lares.

  92. respeito toda religião e sou completamente a favor que qualquer atleta manifeste sua gratião a deus por suas conquistas dentro ou fora de campo. parabens pela conquista e por não se envergonharem de anunciar a cristo eles tem sido verdadeiros missionários pregando a palavra de deus.

  93. Nossa que constrangimento !!!!! Se fosse baderneiros, ou cosia parecida ninguém falava nada, nào precisamos da aprovaçao de voces ! Somos livres para espressarmos nosso amor a Deus , e ningúem obrigou os outros jogadores a orarem ou rezarem como queira.
    Deixem de hipocrisia!

  94. Não é de se admirar que averiam manifestações contrarias a esta atitude da seleção Brasileira. Num mundo onde o deus deste século é o anticristo, seus adeptos se encomodariam.
    Parabens a todos os jogadores pela vitória, e aos que creem em Cristo, que DEUS continue os abençoando, muitas outras vitórias virão. Ao Lúcio, continue o ministério que DEUS te deu.
    Quem dera todo o torcedor e a seleção Brasileira tivesse essa fé, só daria BRASIL campeão do mundo.

    Abraços!

  95. Até onde eu sei em quase todos os jogos fazem uma oração, reza, reflexão! Onde está o problema? As pessoas se incomodaram de ver jogadores agradecendo a Deus?! Nenhuma frase foi preconceituosa! Cada um tem uma estória de vida e essa é a maneira encontrada para agradecerem por este dom q é jogar o futebol! Simples!… Mas acho que as pessoas preferem ver cenas de violência física e verbal! …. E tb nenhum jogador foi obrigado a vestir camiseta e nem se ajoelhar, estão fazendo tempestade em copo d’agua! … Cada agradece como quer! …. Machucou alguém?

  96. Concordo com os ingleses, tais manifestações são de carater pessoal, e nestas ocasiões forçam a barra coma as outras pessoas. Liberdade religiosa significa também respeitar as escolhas dos outros. Mas no Brasil atualmente, o lema adotado por algumas seitas é: JE$U$, este nome tem poder. E assim usam todos os meios para “arrecadar” novas ovelhas, pois não pagam impostos e se envolvem com política.

  97. Deus nos intruiu e nos deixou a livre arbritio, quem não tiver
    pecado atire pedras, pois manifestações como esta devem ser
    aplaudida, vivemos com tanta violencia que quando alguem toma
    uma atitude tão digna como esta, se torma motivo de criticas

    Parabens aos que aderiram ,e parabens ao Lucio.
    Bravos, laveu

  98. Sou do tempo em que evangélico não assiste a tv, não ouve musica mundana e principalmente não torcem, e muito menos jogam futebol.
    Crente é diferente do mundo…se for igual, que vantagem leva?
    ” Então, vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus e o que não o serve.” Ml 3.7,18

  99. Não sou contra manifestações religiosas pacíficas, mas só acho estranho quando se fala em Jesus todos dizerem que se trata de uma manifestação evangélica.
    Há diversas religiões que tem Jesus como criador e não só os evangélicos ou católicos. A única coisa que podemos dizer, essa sim, como pertencente a uma determinada religião é que para se chegar a Jesus tem que se pagar um pedágio alto ($$$)…

  100. QUER DIZER QUE SE O CARA COLOCAR O NOME DA MULHER, DO FILHO, OU DE JESUS EM UMA CAMISETA INCOMODA? GERA CONSTRNGIMENTO? HAHA HAHA AHAH.

    OK, TDO JOGADOR RELIGIOSO VAI COLOCAR O NOME DE JESUS NO FILHO, Q TAL, ASSIM NINGUEM RECLAMA.

  101. O problema não é o “agora”, não é o que os jogadores do Brasil fizeram domingo!!! O problema é no futuro o futebol virar uma oportunidade de disputas religiosas…e isso pode acontecer. Imaginem os jogadores muçulmanos só jogarem se o time deles estiver “virado para a Meca”?! Ou os budistas quiserem meditar antes do jogo? Ou ainda, os testemunhas de Jeová não querer jogar após o por-do-sol da sexta até o por-do-sol do Sábado? Na minha opinião não pode haver manifestações religiosas no esporte em geral, se não, vão começar a dizer que católico é melhor que o muçulmano no futebol, na natação, etc, etc…e aí vira disputa religiosa.

  102. topo!! topo por que não? vamo cai pra dentro!!! esse jornalista é um ateu , viva ao senhor e salvador jesus…(cadê meu chinelo??!!)

  103. Isso soou mais como um temor pessoal do que uma preocupação internacional.

    Esse incômodo todo não está ligado à manifestação em si, mas no conteúdo do que foi manifestado.

    Sempre haverá alguém que se oponha a uma religião, ideologia, cultura diferente da sua.

    Ninguém precisa ser esperto para perceber que o jornalista que escreveu isso tem especificamente algo contra a fé professada (certamente professa algo contrário).

    Será que o que está acontecendo não é o contrário? Os jornais sendo utilizados para fazer uma apologia contrária a essa fé?

  104. PorquE fala de DEUS,incomoda muita gente,pois foi atravez dele que estamos aqui Ou será que alguém está querendo ser superior a ele.Graças a DEUS QUE NÓS BRASILEIROS SOMOS IRMÂO DE UMA FÉ SÓ “EM DEUS

  105. É típico de religiosos as argumentações do tipo: se não rezarem estarão fazendo violência, falácia que induz a pensar que uma coisa tem relação direta com a outra; Não tem!
    De outro ponto de vista, o mais correto e verdadeiro no meu entender, podemos ver essas manifestações como um chamado pra guerra mesmo, haja vista que uma enormidade de guerras são feitas em nome da ideologia religiosa, e isso desde sempre!
    Fato mesmo é que aquela camisa amarela representa uma nação laica (leiga para assuntos religiosos) e não se pode representar uma nação onde convivem outras religiões e pessoas não religiosas através de representantes de uma facção.
    Para finalizar ficam as perguntas:
    1- Os jogadores devem ser todos religiosos? Não estaremos causando constrangimento ideológico dentro do´próprio time?
    2- Pode-se vir a público falar sobre algo que ninguém nunca viu e que se trata de vã crendice?

  106. Se Jesus ajuda a ganhar um jogo, como ele nao consegue acabar com a violencia??? No mundo de hoje, religiao , politica, e esporte, e o que mais causa violencia…o futebol e mostrado em todo o mundo, e nao e todos que acreditam em Cristo, ja imaginou uma pessoa crista ter que ficar assistindo um grupo de judeus, ou muculmanos, ou budistas, no meio do campo rezando ou coisa parecida? E os pais de santo entao? Vao proibir os pais de santo jogar as pedrinhas no meio do campo? No interior dizem que uns fazem “macumba”, ja imaginou alguem levar uma galinha ou um cabrito p/ fazer sacrificio??? Eles estao no direito deles, pois e liberdade de expressao, as pessoas tem que ter muito cuidado p/ usar a palavra, “LIBERDADE”, pois agradar milhares de pessoas, sem agredir ninguem e muito dificil. Bem boa sorte p/ todos…PAZ P/ TODOS. E MENOS VIOLENCIA NO ESPORTE.

  107. “Fervor nos gramados causa constrangimento”. E racismo,violência fisica e verbal não causam constrangimento?Antes fervor nos gramados do que preconceito racial ou violência.

  108. Absurdo!!! discursos vazios, adptação às malediscencias, e ignorancia à O que é absoluto,inexoral, é assim que podem ser caracterizados os pseudo-comentarios, que fazem dos jogadores da seleçõa brasileira. Estou plenamente de acordo com a atitude dos jogadores da seleção brasileira, quanto ás manifestações religiosas. Afinal a opção: (religiosa, cultural, sexual, ) em nosso país, é, ou não é, democratica? Destarte.. .retroagiremos a 40 anos. Grato. Edmundo.

  109. ok amigos, quer dizer que o maluco da BBC não gostou, que pena né?

    constrangedor é ver que a censura voltou, disfarçada, junto com a modernidade.
    Parabens seleção, nessa acertou, é 10.

  110. Tantos jogos terminam com brigas e ofensas como aconteceu ontem na final da Copa do Brasil, qual é o problema de uma equipe se abraçar e orar para agradecer? E para alguns que escreveram bobagem, fiquem sabendo que aquele que crê ora nas vitórias e nas derrotas, pois sabem que todas as coisas cooperam para o bem.

    Demonstrar unidade e agradecimento é exemplar e não ofensa. Chega só dos maus exemplos terem espaços.

  111. É uma pena! É uma pena que o nobre jornalista que expressou a sua preocupação com a expressão de fé da Seleção Brasileira não viu o comportamento em campo da Seleção como resultado da sua própria fé no Deus que a maioria ali confessa. Também não viu, o nobre jornalista que a fé em Deus está atrelada a um conjunto de valores morais, éticos, que nos parece só fazer bem ao futebol mundial e às famílias nele envolvidas. Bem melhor assim, do que expressões de imoralidade ou violência; não acha, senhor jornalista???

  112. Meus queridos, os executivos da FIFA estão sendo totalmente intolerantes nessas declarações. Qual é o problema do rapaz demonstrar a sua fé, agradecer Deus por ter dado a oportunidade de jogar futebol e estar naquela fantástica conquista? Sou católico, e estou sendo o mais imparcial possível. Isso que a FIFA está fazendo é puro intolerância, a mesma que durante séculos vem dizimando nossa população, desde a perseguição aos judeus na Alemanha até a perseguição a pessoas religiosas na China e na União Soviética. Não vi nenhum problema, e todos tem o direito de expressão, e se alguém vai ou não vai se converter com essa demonstração de fé, não interessa a FIFA. Se fossem ,muçulmanos, budistas, hindus, ateus, judeus, etc. eu acharia normal.

  113. É triste ver a intolerância, a pretensa superioridade moral e a irracionalidade que brota da enorme maioria dos comentários dos religiosos. Alguém acenda a luz, por favor!

  114. Melhor demonstração de fé e gratidão, do que demonstração de violencia, arbitros incompetentes, e até mesmo imagem de um certo jogador mostrando o penis ao vivo diretamente do vestiário enquanto seu colega dava entrevista. Que porcaria é essa, por acaso é a revelação do apocalipese, será que esse cara que escreveu é a BESTA ou é um BESTA!!!!!!!!!

  115. Eu acho essas “manifestações religiosas” uma cafonalha ampla, geral e irrestrita. Não gosto. Gente famosa fazendo comentários religiosos em público é uma verdadeira catástrofe. Para que tanta exposição da fé? Será que os jogadores pensam que é um testemunho? Não, não acho que seja. Além do mais, é uma gente sem base doutrinal nenhuma. Não gosto mesmo, e pronto.

  116. Será que esses jornalistas não tem coisas mais importantes a mostrarem, que ficar preocupados com as preferências dos nossos jogadores, eles não proferiram religião alguma, e sim seu amor por JESUS, nada mais justo. Porque por ele e para ele são todas as coisas. melhor que comemorar com um charuto de maconha ou um copo de bebida alcoolica dando maus exemplos aos nossos jovens. adoooorei a comemoração. que não gostou paciência. PARABENS aos nossos atletas.

  117. XINGAR PODE? FAZER GESTOS OBSENOS, PODE? REZAR, ORAR, NÃO. VI OS ATLETAS AJOELHADOS, ABRAÇADOS, REZAREM OU ORAREM A ORAÇÃO DO PAI NOSSO, UTILIZADA POR VÁRIAS RELIGIÕES. ACHEI BACANA MESMO POR QUE DIZ A BIBLIA. CHEGARÁ O DIA QUE HAVERÁ UM SÓ REBANHO E UM SÓ PASTOR.

  118. E de responsabilidade que se trata,não de liberdade de expressão. É evidente que cada um tem o direito de escolher sua religião e de expressá-la. Ninguém deveria impedir isto. No entanto, quando estão no meio do campo com a camisa da seleção brasileira, eles não são mais joão, roberto ou josé, são integrantes de um grupo esportivo que representa um país e que tem muita influência sobre grupos de pessoas. Logo, estão de certa maneira usando uma “instituição”: a seleção brasileira de futebol, para manifestar uma religiosidade que é individual, que é de cada um. eles podem perfeitamente louvar cada um o seu Deus no vestiário, no dia seguinte, sem a camisa da seleção, indo ao seu templo, igreja ou o que quer que seja. Mas precisam respeitar o povo brasileiro, o grupo ao qual pertencem e a camisa da seleção. Respeitar aqui significa não utilizar o poder que concentram no momento em que estão na mídia e com a camisa da seleção para promover algo que é estritamente individual e subjetivo.

    Nós brasileiros confundimos muito facilmente questões privadas e públicas. Foi o caso do capitão da seleção no momento em que recebeu a taça da copa do mundo e declarou seu amor por sua esposa. É lindo o amor de alguém por sua esposa, mas não havia momento mais inadequado para ele dizer isto. Ali ele não era o Cafú, ali ele era o capitão da seleção brasileira e deveria ter se dirigido aos torcedores da sua equipe. Depois, ele poderia, individualmente dedicar sua conquista a sua esposa do jeito que bem lhe aprouvesse.

  119. É no mínimo estranho alguém ficar incomodado com o direito de expressão, até porque estamos falando de um momento de agradecimento por uma conquista, que me parece estavam agradecendo à Deus pela conquista independente de religião, se alguém mais fervoroso liderou qual o problema; por favor me recuso a continuar externar minha indignação pelos questionamentos.

    IJR.

  120. ao nome de JESUS, todo joelho se dobra, no céu na terra, e nos infernos, o mundo virou as costas para DEUS, por essa razão o mundo vai de mau a pior, sou católico apostolico romano, e onde estiver eu dobro o joelho sómente a JESUS CRISTO, que é o nosso salvador, são os orgulhos que se incomodam , com a fé dos cristãos, o mundo se dobra diante dos poderosos, diante do dinheiro, o hiprocrisia. se esquecem que um dia morrerão e terão de dar contas a DEUS.

  121. Senhores:

    Parece-me que o cidadão que escrever esta nota, não deve ser religioso. Ultimamente estamos acostumados com violencia. E, quando alguem ou um grupo se manifesta atraves da raligiosidade. Sempre aparece alguns sendo contra. Certamente se fosse outro tipo de manifestação estariam apoiando. Ninguem é obrigado a participar. Acredite que foi uma demonstração de união e trabalho. Estamos no direito de ir e vim em qualquer lugar, abraços.

  122. Este jornalista Inglês deve estudar um pouco mais. É daqueles analfabetos metido a culto. Todos são livres não foi isso que ele disse. Então que cada pessoa tenha sua liberdade de demonstrar ao deus que ele achar que é bom para ele. Ninguém pode entrar nisto e eu particularmente acredito que ai está o perigo, quando pessoas querem dizer para outras pessoas não expressarem a sua fé. Será que não foi por isso que Ritller matou seis milhões de Judeus?
    Na questão religiosa tem que ser assim, todos são livres.

  123. se o resto do mundo principalmente a europa quer ser ateu problema deles quanto a nos somos religiosos sim independente da tendencia de cada um vamos pra copa com Deus e tudo foi normal quanto as atitudes dos jogadores

  124. Apesar de ser ateu e achar esse tipo de “declaração” inútil eu respeito a escolha de cada um e nem sei porque estão discutindo o assunto, já que é uma coisa tão normal hoje em dia, faz o gol e mostra a camisa escrita “jesus sei la oq”…

    Eu dúvidoque exista, mas se existir um “deus” acho que ele tem mais o que fazer do que ficar ajudando um ou outro num jogo de futebol, o dia que um levantar a camisa e tiver escrito “estou doando 1 milhao para as crianças famintas do mundo” aí sim eu bato palmas.

  125. CADA UM EXPRESSA A SUA MANEIRA , SE FOSSE UM TIME DE MULSUMANOS, NINGUÉM IRIA METER A BOCA, TODOS IRIAM LOVAR ALÁ! NÃO VEJO NADA DEMAIS NESTAS COMEMORAÇÕES, E VIVA A DEMOCRACIA……….DEUS SEJA LOUVADO! SHALOM ADONAI…………………….

  126. Eu gostaria de levantar uma questão àqueles que acham que os jogadores estão no seu direito quando realizam este tipo de manifestação: em nosso país há muitas pessoas ligadas ao candomblé e à umbanda. Digamos que alguns dos jogadores seguissem esta religião e que um dos rituais de agradecimento consistisse em realizar nomeio do campo, oferendas aos seus deuses e suas danças, cantos etc. Seguindo a linha de raciocínio daqueles que se manifestaram aqui, eles estariam no sagrado direito de expressar suas crenças religiosas, correto?

  127. Que pena! A inveja mata, e eles estão mortinho….. Nós brasileiros independente da religião que seguimos…temos…o direito de pedir e de agragecer a DEUS e a JESUS onde estivermos.. e os nossos irmãos jogadores só quis agradecer….Sou espirita e dou todo apoio ao irmãos….que DEUS protejam vcs….Sigam a obra de DEUS. E sempre vamos ser agradecida A DEUS E A JESUS…sinto por estes irmãos não terem temencia a DEUS….PAZ E LUZ….

  128. R I D Í C U L O, onde já se viu misturar religião com futebol, ai vemos a banalização das religiões. A fé não é isso que pregam por ai não, isso é meio de vida, forma de arrancar descaradamente dinheiro do povo tonto que acredita nestas baboseiras que ficam o dia inteiro falando nos canais de televisão. Acredito que DEUS exista mas não é esse que ficam ai querendo enfiar goela abaixo.

  129. Acho fora de propósito o comentário do tal jornalista britânico. Não sei o que de fato o incomodou se vivemos em mundo livre onde as pessoas podem expressar qualquer fé, inclusive nenhuma! Deve ser alguma frustração religiosa, o que por si só seria engraçado diante de uma Inglaterra, berço de tantos cristão famosos, cada vez mais sem fé cristã, e cada vez mais com fé em qualquer coisa, ou então frustração futebolística, o que seria mais compreensível diante da mediocridade eterna da performance de quem inventou o esporte bretão.

  130. Gente, o brasileiro tem mesmo muita deficiência em interpretação de textos! Vejam só quantos comentários impensados…O colunista só quis relatar o que ocorreu. E mais: para nós, brasileiros, é muito fácil aceitar o que aconteceu (“não vi nada de errado”). Nossa cultura é cristã e estamos acostumados demais inclusive com o sincretismo religioso. Ainda assim, estranhamos diversas crenças orientais. Isso sem falar das ditas “macumbas” – temos uma fatia grande de preconceito interno também, gente. O fato é que não podemos partir de nossas bases de princípios e aceitar que todos os países vejam as coisas da mesma maneira. Trabalho num ambiente internacional e vejo, por exemplo, que a forma com a qual nos tratamos (piadinhas, toque físico, etc) são comumente consideradas estranhas ou exageradas para várias nacionalidades – e em algumas delas, seriam ofensas ou pauta para processo! Então, faz todo o sentido que as críticas tenham vindo. É bom tomar cuidado sim em ambientes que devem ser neutros, como o esporte…

  131. Sinceramente. Acho que jornalistas gostam de ver o circo pegar fogo pra dar notícia de primeira página. O que há de errado em agradecer a DEUS? Por que isso incomoda? O que deveria incomodar é essa atitude preconceituosa por parte de quem escreveu tamanha baboseira. Lembre-se que estamos falando do Brasil, o pais mais religioso do mundo. Acho que o mundo já deve saber disso. Deixe seu preconceito em casa!!!!

  132. O diabo está furioso…com a divulgação da palavra de Deus….hahahahaha
    DEUS È FIEL …..E JESUS È NOSSO REI MESMO!!!!!!

  133. Não entendo quando pessoas esclarecidas veem problemas relacionados a preconceitos a redicalismos quando alguém cita o nome de Jesus Cristo e demonstra a sua fé. Isso é redicalismo? Confundir isso com radicais religioso é puro preconceito e falta de conhecimento de causa.
    Fico impressionado quando observo que há mais tolerância com os maus exemplos de vários jogadores, que ao terminar os jogos vão encher a cara e contratar programas com travestis. ISSO PODE!!!!

  134. Não há constrangimento nenhum manifestar sua fé seja ela qual for, adorei ver o exemplo dado pela seleção de união e simplicidade, amor, felicidade e fé.

    Melhor que presenciarmos violência, intolerância e outras formas de discriminação

  135. Na minha opinião, não seria nenhum problema os jogadores agirem daquela forma, mas acho que eles estão falando em nome de Jesus coisas que eles nem sabem. Pois Jesus é infinitamente maior do que muitos deles pensam. E é até uma heresia ficar expondo o Seu Santo nome assim.
    Mas estamos em um País democrático e não podemos impedir ninguém de exercer seus direitos, desde que não exagerm.

  136. Achei estranho o comentário da BBC, como se esta manifestação desrespeitasse os que têm outra religião, ou fosse uma forma de usar a televisão para converter outras pessoas. Eles estavam apenas agradecendo a Deus pela conquista. A meu ver este comentário traz um pouco do olhar caricato que muitos europeus têm dos países do terceiro mundo… Mas enfim, se este tipo de manifestação pode dar abertura a estas interpretações equivocadas, talvez fosse melhor realizá-la de forma mais privada, para não desviar a atenção do que realmente importa naquele contexto, que é o esporte.

  137. Considero desnecessariao a preocupação em relação a fé da seleção brasileira, sabemos que ali havia atletas de diversas religioes, entrtanto todos quiseram manifestar sua gratidão ao seu DEUS e como não teria condição de fazê- cada um ao seu modo, mastraram mais uma vez, respeito e união fazendo um agradecimento coletivo, se o nome de JESUS se sobresaio é porque realmente Ele está acima de todos os nomes.

  138. So porque trataram de agradecer a Deus por uma conquista… aposto que se fosse qualquer coisa, não relacionada a Deus, a materia não teria o infeliz nome “Fervor religioso nos gramados causa CONSTRANGIMENTO”. É a liberdade de expressão não?

  139. Não vejo extremismo algum nos jogadores brasileiros rezarem fervorosamente o Pai-Nosso após sua merecida conquista na Copa das Confederações. Caso não se lembrem, o Brasil é a maior nação cristã do mundo. Maior em número de católicos e onde os movimentos evangélicos mais crescem. É natural que na comemoração, lembrem-se do Deus a que professam.
    Afinal, a religião faz parte da cultura de um povo e a Canarinha apenas exteriorizava isto. Fossem as seleções ou do Egito ou do Iraque, países de maioria muçulmana, seria também natural uma reverência a Alah.
    O que acho é que com este tipo de declaração, a imprensa mundial sim, comete o extremismo em desrespeitar a fé de um povo. Querer vetar manifestações pacíficas de religiosidade, como o Pai-Nosso da Seleção Brasileira, ou qualquer outra manifestação de credo, seja muçulmana, indu, budista, WICCA ou até espírita, é que é atitude deveras condenável.
    “Venha a nós o Vosso Reino; Seja feita Vossa vontade; Assim na Terra como no Céu!”

  140. Que imprensa hipócrita e preconceituosa! Tudo o que é relacionado a religião (principalmente a evangélica) é crime, vulgar ou motivo de chacota. Deveriam olhar e criticar tudo o que não eleva a cultura de um povo, tais como “reality shows”, novelas ou programas de auditórios imbecis, aí sim, estes são elogiados e premiados. Deixem as pessoas professarem a sua fé, pois é comprovado que as pessoas religioas são mais felizes e melhoram o bem estar da comunidade. É melhor vermos as pessoas em igrejas ou presidios? Vocês gostariam mais dever a violência nos estádios não é mesmo? Um ato de paz inédito no futebol entre as pessoas, é coisa de Deus mesmo! Pensem nisso…

  141. A fé é individual e como tal deve ser expressada; poder expressada em público mas individualmente, não se
    pode misturar as coisas, se isto acontecer provocamos constrangimentos nas pessoas, que como tal também tem a sua fé!!??

  142. A opção religiosa de cada um deve ser respeitada, porém um limite também deve haver para que os jogos de futebol não se transformem em cultos religiosos ao invés de competições esportivas. A cena da foto acima bem que poderia ter sido feita dentro do vestiário, pois só interessava aos dela participantes.

    O mundo convive com guerras intermináveis baseadas em divergências religiosas e o esporte não pode ser contaminado pelo ódio dos radicais.

  143. Simplesmente eles conseguiram atingir na mosca, ou melhor no adversário “satanáz” deixa eles glorificarem a quem é de direito toda honrra e toda glória “JESUS CRISTO” Filho do Deus Altissímo.
    Deixem o gramunhão espernear, o nome do Senhor continuará sendo exaltado… Glórias a Deus…

  144. Que triste ver que pessoas reclamam por nossos jogadores terem feito oração… o mundo precisa de oração, mesmo, e não de violência e frieza. Infelizmente há pessoas que não colocam Deus em sua vida e se incomodam com os que têm Fé. Rezemos também em casa por essas pessoas. Nossos jogadores são abençoados por Deus, graças a Deus!!

  145. Bem Pessoal, gostei da atitude dos jogadores do BRASIL, eles não tem vergonha de assumir o DEUS que liberta, salva, cura e faz milagres.
    Essa seleção sempre foi contestada mas ganha tudo que participa. Digo com toda certeza. Parabéns seleção pela sua conquista e Lucio e cia nunca desistam de pregar a palavra de DEUS.
    A todos fiquem com a Paz que o mundo não pode dar so JESUS da PAZ que excede entendimento.

  146. Com certeza no antes e depois do jogo disputado, jogadores de ambas seleções buscaram a Deus e pediram por um bom resultado. Se o mesmo não foi positivo para ambos como não poderia ser, pois da partida disputada teria que sair um vencedor.
    O resultado em nada esta relacionado com Deus.
    O homem precisa ter conhecimento e saber que: as coisas dos homens não podem ser confudidas com as coisas de Deus.

    Afinal era um jogo e apenas um jogo… DEUS É MAIS…

  147. Senhores.
    Não ebtro no mérito do assunto;corrijam, entretanto, o português:
    “Se arriscam a serem confundidos com emissários (…)”.Pelo amor de Deus! “Se arriscam a ser confundidos(…)”.Seria o correto.Mais cuidado com a última flor do Lácio…

  148. Claro que se tratando do Corinthians, você não faria críticas não é mesmo?
    Esta mais uma vez provado que paulistas e cariocas se acham os donos do Brasil
    Que pena isso.

  149. Eles se escondem atras da bíblia. Quem realmente acredita não
    precisa ficar se esguelando para mostrar isso. Não basta dizer
    senhor, senhor, para conseguir a vida eterna.

  150. ACREDITO QUE RELIGIÃO Ñ COMBINA COM POLÍTICA ,NEM COM JOGO DE QUALQUER ESPÉCIE,”DEUS” Ñ OBRIGA NINGUÉM SEGUIR ESTA OU AQUELA RELIGIÃO,PORQUE ENTÃO O SER HUMANO DEVE SE OPOR A ISSO?.EM SENTIDO DE JOGO SEMPRE TEVE MARACUTÁIA,SEMPRE TEVE ROUBALHEIRA.O MUNDO JÁ TEVE VÁRIAS EXPERIÊNCIAS SOBRE O FANATISMO RELIGIOSO.MUITAS VIDAS FORAM CEIVADAS EM NOME DE RELIGIÕES.EXIBIR-SE NA VITÓRIA PREGANDO UMA FÉ QUALQUER,EXISTE O PERIGO DE REPRESÁLIA,POIS O ADVERSÁRIO SE IRRITARÁ,COM CERTEZA VAI REPROVAR E ACHAR QUE “DEUS” SOMENTE DEU A VITÓRIA POR ELES SEREM MAIS RELIGIOSOS QUE OS DO OUTRO TIME.
    FOI UM ATO TENDENCIOSO SIM,TEVE CUNHO DE SEPARAÇÃO,E DE PREGAÇÃO.
    SOU CONTRA QUALQUER TIPO DE FANATISMO!

  151. É, não adianta querer parar com este movimento, este Homens que vocês viram na Tv, fazem à diferença, e não esconderam seu amor por Jesus, sabem que terão vitórias em todas as áreas de suas vidas, é simples leitores, apenas leram o manual de instrução à Biblia.

  152. Acho que tem coisas muito mais importantes para este jornalista comentar.
    Na democracia é assim mesmo, cada um tem o pleno direito de propagar ou divulgar suas crenças ou ideais religiosos, ninguém é obrigado a seguir ninguém.
    Infelizmente o jornalista ao invés de elogiar e enaltecer a lembrança e a reverência a Deus num momento de alegria e conquista da nossa seleção, resolve criticar.
    Deveria criticar sim, os atos ou as atitudes de violência e a maldade que assola a humanidade, evidenciando, isto sim uma total ausência ou afastamento de Deus e seus princípios.
    É o fim da picada! Lamentável! Acho que você também, jornalista está precisando de Deus para poder passar a ver o mundo com outros olhos.

  153. Nossa… acho que deve estar faltando assunto pra escrever. Deixa a seleção em paz… não estão fazendo mal a ninguém.

  154. Ridículo esse comentário, O lúcio comandou o agradecimento a Deus. Só isso. Eu acho que tem comentarista que não tem o escrever, concluindo infeliz nos comentários.

  155. Na minha opinião temos que moderar mais, nem todos tem numa religião uma fé que traz o bem, alguns confundem e sendo o Brasil uma vitrine no futebol temos que ser cuidadosos. Obrigado

  156. Não é novidade o acontecido porque a biblia relata que as trevas não tem comunhão com a luz.
    A vitoria do adversário incomoda e muito.

  157. O mundo está mesmo cheio de otários! Otários que em pleno século 21 ainda acreditam em religião, uma instituição criada por homens espertos, com a intenção única de adquirir poder político e financeiroa a custa do apoio que recebem daqueles que acreditam em suas propostas, ainda que essas propostas sejam desprovidas de qualquer fundamentação lógica. Acreditar em Demônio é acreditar em Bicho Papão. Acreditar em pecado original é acreditar em Saci Pererê. Acreditar nisso que homens espertos criaram à sua imagem e semelhança e que chamam de Deus, é acreditar em Lobisomem (se não fizer o que a igreja manda, Deus, ou melhor, o Lobisomem manda você pro fogo do inferno, viu nenê.). Se o mundo foi criado por alguém que Pode Tudo, que eles chamam de Deus, por que existe tanta desigualdade entre nós? Por que tantos ricos e infinitos miseráveis pasando fome e não tendo onde morar? Por que tanta desigualdade se somos filhos de um mesmo Pai? Que pai é esse? E olha que nem os pobres nem os ricos pediram pra nascer! Por que o Deus criou os seus filhos assim? Que Pai é esse? Certamente ele não chega aos pés do meu pai. Ninguem pediu pra nascer. Por que o Deus não criou o homem sem tantas doenças? Não dava para ele fabricar um corpo perfeito? Que fabricante ruim de serviço é esse? Veja bem, se depois de ter um mínimo de conhecimento das coisa e tomar conhecimento do comportamento dos líderes religiosos, o indivíduo ainda disser que acredita em religião, de duas uma: ou ele gosta de ser enganado ou é portador de DIP-Deficiência Intelectual Profunda, que alguns chamam de IDIOTICE. Acorda cara, os líderes religiosos só querem a grana dos otários!

  158. Engraçado, porque que esses ingleses ou membros de pátrias mórbicas não tentam consertar o que está às escondidas nos seus países.

    Há milhares de seitas que estão emprenhadas no futebol ou em outros tantos locais, mas ninguém comenta, pois estão às escondidas manipulando tudo. Deixa os brasileiros fazerem o que seus corações limpos mandam. Não estão inciando a violência. Então vão se preocupar com a crise financeira.

  159. Não sou adepto de nenhuma religião, por outro lado gosto como os brasileiros demonstram sua gratidão a Deus e a forma civilizada e sem baderna. Não sei que excesso que a imprensa está construindo. O Brasil está ganhando dentro de campo o que falta é pedir para que os jogadores entrem com um tanque de guerra e depois saiam fumando charuto para comemorar o massacre.

  160. Se a FIFA não se manifestar duramente, até mesmo com puniçoes, , e deixar que esse tipo de manifestações aconteça livrimente , vai dar magem para as velhas e e conhecidas intolerancias mundiais, que sempre foi baseada e iniciada em religião diferentes em crenças diferentes . esporte é esporte, ato politico e religião não devem misturar.

  161. Não é de se estranhar que os jornais ingleses critiquem a religiosidade nos estádios, pois a preferência deles é o vandalismo incontido e a violência desenfreada. Os famosos “hooligans”, de onde vieram? A inglaterra, uma nação que nasceu de guerras e conflitos, deve mesmo trocar a religiosidade pela matança. Ter receio que a religiosidade possa trazer violência não merece consideração. As inversões estão em todas as parrtes do mundo e parece-nos que a ordem do dia é enterder que da religião vem a violência, enquanto a própria violência é aceita e cultuada como uma religião. “E assim caminha a humanidade.”

  162. Gostaria de informar que este pais no qual os jogares estão rerpresentando tem opinião própria sobre religião, não precisamos da opinião de imprensas de outros países para criticar qualquer manifestação pública de nosso povo.
    Há liberdade de expressão para isto. Por que não estão falando do problema político que o Senado atravessa, do mar de lama que está sendo descoberto pelo ação de pessoas de deveriam dar exemplo para o povo. Agora quando as pessoas aparecem exprindo seu amor e gratidão a Deus, alguns por descrença ou por “dor de cotovelo”; por nunca terem ganhado um título de bairro de capionato de pelada de final de semana, nos campinhos de futebol da perifiria de bairros da zona norte, querem explorar sua indignação contra os jopgadores que venceram muito mais que título, veceram na vida pois todos são bons representantes de seus times. Caso, queram reprimir alguém pelo uso indevido da mídia, deveriam obsevar mais os programos que exploram a sexualidade exacerbada, doentia, e fora do casamento, prostituição, pornografia, as palavras e expressão que agridem pelo baixo teor de conteúdo e palavrões, porque não nos alegrar pelo bom esforço e exemplo de fé, de forma esperançosa que foi demonstrada. Há um que está muito triste, inojado, chateado,é o proprio mal que destroe o coração de milhares de crianças e familias, que se chama as drogas, a prostituição, o adultério, o roubo, a mentira, a doença, o abandono. Estes sim devemos repudiar…

  163. Temos de respeitar todas as Religiões e manivestações religiosas, mais se a FIFA não se manifestar , , e deixar que esse tipo de manifestações aconteça livrimente , vai dar magem para as velhas e e conhecidas intolerancias mundiais, que sempre foi baseada e iniciada em religião diferentes em crenças diferentes . esporte é esporte, ato politico e religião não devem misturar. futebol é alegria

  164. É lamentável esse tipo de comentário vindo de um jornalista que com certeza está acostumado a catalogar cenas de violência em estádios futebol e tudo mais.
    Constrangedor é criticar toda e qualquer atitude religiosa benéfica ao homem no campo ou fora dele.
    Dobrar os joelhos, invocar a Deus, orar, , reconhecer que há um SER TODO PODEROSO acima de você nos céus são atitudes de pessoas que veem na vida e no campo algo mais excelente que a violência tão constante nos gramados, a injustiça presente no mundo e a tendenciosidade no jornalismo.

    Cristo vive!

  165. Nao somos um pais teocrata , nao somos um pais protestante como um outro leitor citou acima mas de maioria ainda catolica .
    A fé é nescessaria para que o homem acredite em algo , seja da forma que for e as criticas a esta materia mostram mais uma vez como as pessoas acabam sendo radicais e ditatoriais em nome da FÈ em nome de Jesus . Jesus nao é o DEUS do Universo e o filho do todo poderoso para os cristaos!!. Aqueles que nem coragem de por seus nomes e usam pseudonimos ridiculos para atacar e mesmo ofender aqueles que trazem a informacao ,é que deveriam queimar junto aos demonios que suas religioes criam para se manterem vivas
    A Camisa do meu Pais é mais importante que tudo !

  166. Gostaria de deichar bem claro, que a biblia dis que em todo o tempo, louvem e adorem ao senhor. Nao vi mal algum nesse ato religioso dos jogadores da seleçao, no entanto ganharam a copa, e nao ouve confusao alguma, ao contrario do corinthians.eles negaram a fé em DEUS, no entanto foi aquela confusao que todos presenciaram. Parabéns aos jogadores que nao negam a JESUS CRISTO. isso é louvavel diante de DEUS. Demoró pra q. o inimigo si levantasse

  167. TUDO ISTO DEMONSTRA QUE O MUNDO ESTÁ CAMINHADO PARA O SEU FIM.
    O NOME DE JESUS TEM MUITO PODER, JESUS SE MANIFESTOU PARA DISFAZER AS OBRAS DO DIABO, O MAIS INCOMODADO COM TUDO ISTO SE CHAMA, SATANAZ.
    JESUS E´DENOMINADO PRINCÍPE DA PAZ,

    O MUNDO PRECISA DE PAZ E DE AMOR, E SÓ QUEM TEM ISSO E´ELE , JESUS CRISTO, O RESTO E´CONVERSA FURADA E´ILUSÃO.

    A SELEÇÃO BRASILEIRA ESTÁ DE PARABÉNS, PELO SEU FUTEBOL APRESENTADO, E PELA SUA FORMA DIGNA DE MOSTRAR AO MUNDO , QUE EXISTE UM DEUS QUE TRAZ UNIÃO , PAZ AMOR E FORÇA PARA LUTAR. ESSE NOME JESUS E´UM NOME MARAVILHOSO, ESTES COMENTARISTAS QUANDO NÃO TEM O QUE DIZER ,INVENTAM , TUDO POR CAUSA DE DINHEIRO , FAMA ETC… EU PREFIRO FICAR COM AS PALAVRAS DE JESUS, QUE SÃO PALAVRAS DE VIDA ETERNA, DE PAZ E DE VIDA, O RESTO E´RESTO.

    QUE O SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO TENHA MISERICORDIA DOS IGNORANTES, POIS ESTÃO PERDENDO A GRANDE OPORTUNIDADE DE SE RENDER AO ÚNICO , QUE MORREU E RESSUCITOU E VIVE PARA TODO SEMPRE , QUEIRAM OU NÃO ELE ESTÁ VIVO, E ESTÁ DE BRAÇOS ABERTOS A TODOS QUE SE ARREPENDEREM DE SEUS PECADOS,

    PECADOS ESTES QUE DEIXAM OS HOMENS CEGOS, MAS O DONO DA VIDA JESUS CRISTO FOI GLORIFICADO NA ÁFRICA DO SUL. MUNDO ESCUTEM ;

    JESUS CRISTO ESTÁ VIVO E AMA VOCÊ, NÃO JOGUE ESTÁ OPORTUNIDADE FORA, CHEGA DE VIVER ENGANADO, CAIA NA REAL.
    PARABÉNS JOGADORES DA SELEÇÃO BRASILEIRA POR HONRAREM O NOME DE JESUS CRISTO.

    O QUE O HOMEM PLANTAR , TAMBÉM COLHERÁ.

  168. Qualquer atividade pública, como é o esporte deve ser considerada laica. Alguns jogadores ao expressarem sua fé fazem proselitismo sem o perceber. Religião é assunto pessoal assim como a opção sexual de cada um.

  169. É, vejo que a manifestação da fé incomoda a muitos. Com que direito alguém pode pedir que a FIFA proíba a liberdade de consciência e crença? Essa polêmica é velha e alimentada sobretudo pelos descrentes; estes, acima,do bem e do mal, se acham no direito de censurar os desiguais, o que é um desrespeito ainda maior. Não houve nada de mais nem atitude ofensivo no comportamento dos jogadores. A minoria que vem com este café requentado é intolerante…

  170. “Na Grã-Bretanha, onde o povo está acostumado a conviver respeitosamente com diferentes religiões”, sim e também a policia não cometia erros como no terceiro mundo até matarem Jean Charles. Quanta prepotencia.

  171. Na verdade a verdade não existe. Sendo assim a minha verdade é mentira, então a verdade existe de verdade.
    O que é a verdade?
    Esse povo é tudo doido.

  172. Moro num país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza…

    Os países de fora TOMAM MUITO CONTA DA NOSSA VIDA. Todo mundo tem opinião a dar a nosso respeito (nós brasileiros, nossas atitudes, o que acontece aqui).
    Pelo amor de Deus, pare de se preocupar conosco, de se incomodar com nossa fé e cuidem mais dos seus problemas que são grandes e bastante.

  173. Eu acho um absurdo esta atitude, o Brasil tendo seu povo a maioria CATÓLICO, nada mais justo que eles agradecessem a Deus pela conquista, e como havia entre os jogadores Católicos e protestantes, rezar o Pai Nosso que a oração universal, não tem nada a ver, se houvesse um mulçumano, espírita ou alguém de outra religião estaria certo em agradecer também, nós não podemos discriminar a pessoa pela sua religião, podemos ajudar se a pessoa segue uma religião errada podemos ajudar a ver a verdade, mas não podemos proibir ou discriminar, a liberdade humana não pode ser tirada.

  174. Volta a dizer: Religião é igual a Bunda, cada um tem a sua.
    sou contra qualquer tipo de manifestação religiosa em público, seja ela qual for.
    Todos nós temos o direito de ir e vir, portanto não podemos ser importunados ou abordados ou obrigados a ouvir fanáticos lunáticos e berrar que o seu Deus é diferente dos demais como se existisse mais que um só Deus.
    As televisões, rádios, etc, deveriam ser avisadas para conter a exposição das PESSOAS que insistem em tornar público a sua condição religiosa.
    Que bom que existe religião.
    que ruim algumas pessoas farçarem as outras e serem da mesma religião que elas.
    Que ruim ficar tentando converter outros a sua religião.
    Sou a favor de todas as religiões, só que cada uma no seu templo, na sua igreja, etc.

  175. Eu não vejo nada de errado em ver que os brasileiros, seja no campo de futebol, ou no basquete, ou no voley, ou na F1, ou em qualquer outro esporte, enfim, seja no que fôr, possam expressar a Deus (que nos dá saúde para podermos praticar esporte), sua gratidão e orarem agradecendo por mais uma vitória. É bem melhor que ser conhecido assim do que como um país que abre suas portas para que suas crianças sejam exploradas( muitas vezes por estrangeiros) sexualmente como vemos quase todos os dias nos noticiários da TV. Temos que nos preocupar em cuidar de nosso país como se fosse a nossa própria casa, existem coisas mais importantes para nos preocuparmos.

    Vale a pena lembrar: “FELIZ É A NAÇÃO CUJO O DEUS (O ÚNICO DEUS) É O SENHOR”.

    Obrigado meu DEUS por mais uma vitória e que o Teu nome continue sendo exaltado onde quer que seja, mesmo que seja nos campos de futebol do Brasil e do mundo.

    Abraços.

  176. Você está sendo intolerante mauricio. Os jogadores são todos cristãos, e estavam rezando, de acordo com as sua crença. os jornalistas que vão la, e a TV, e enfiam o microfone no meio p/ se meter. quem é você, ou qualquer outra pessoa p/ questionar a fé alheia? ou a quantidade ou efusividade da expressão dessa fé? eu n sou cristão, ms pouco me importa a fé dos jogadores, contanto que eles tenham fé em algo. fé é uma parada poderosa, n importa a manifestação. quem se ofende com a fé alheia, é exatamente o tipo de pessoa que cria conflitos gerados pelas diferentes fés. a divisão é a ilusão. fé é uma coisa só.

  177. Tem coisa mais ridículo do o “virgem” Kaká com aquela camisa “Eu pertenço a Jesus”?

    Quem perguntou?

    Quem gosta de ser alvo dessa “catequese” fanática?

    Religião é coisa de foro íntomo. Ninguém gosta de ser alvo de “propaganda” religiosa. Muito menos usando o nosso time de futebol, que é de todas as raças, todas as crenças, todas as religiões, mas que NÂO TEM NADA A VER COM RELIGIÂO NENHUMA!

    Abaiko o ridículo Kaká com sua catequese desrespeitosa.

    Falei!

  178. É muito engraçado a imprenssa , a midia ou quem quer que seja que fez este comentário. Ninguém, absolutamente ninguém, falou dos jogadores do Egito quando marcaram o seus gols e todos os jogadores, referenciaram a ala, ajoelhando e colocando suas cabeças no chão, olha se você querem criticar alguma coisa busquem realmente situações, como a fome, a violencia, o a exploração infatil, a roubalheira do senado e no mundo politico, parem de perseguição e aprenda a fazer jornalismo…

  179. CONSTRANGIDO FIQUEI EU COM ESTA MATERIA, É MUITA FALTA DO QUE FALAR, OS JOGADORES TEM TODO O DIREITO DE MANIFESTAREM A SUA FÉ INDEPENDENTE DA RELIGIÃO DE CADA UM. o QUE MAIS ESTRANHO É QUE NÃO VEJO ESTA INTOLERÂNCIA TODA QUANDO TORCEDORES SE MATAM NOS ESTÁDIOS, OU JOGADORES SE AGRIDEM EM CAMPO, AGORA AGRADECER A DEUS, PREJUDICA A QUEM?
    A SELEÇÃO BRASILEIRA ESTA DE PARABÉNS .

  180. Constransgimento quer dizer vergonha, e eu profetizo em Nome de Jesus, que todos os que se envergonharam de Deus e se expressaram nesta matéria, terá um encontro com Ele ainda nesta semana a ponto de clamar que só Ele é o Senhor

  181. Estranho é ver que em 2009 ainda existam preconceitos, pois se fosse uma manifestação de qualquer outra religião não haveria preconceitos ou críticas, mas com se trata de pessoas evangélicas as críticas tendem a aparecer. Este tipo de hipocrisia tem que acabar. Todos tem o direito de manifestar a sua crença. Não vi desrespeito a religião alguma, vi simplesmente um grupo agradecendo a Deus por terem tido a oportunidade de vencerem um final de campeonato. Se colocar uma camiseta declarando o “AMOR A JESUS” é errado, então porque não impedimos que grandes empresas anunciem suas marcas na beirada do campo, pois também não devem ter o direito de dizer que sua marca é boa, pois assim estarão ofendendo outros fabricantes.
    Isto é ridículo.

  182. Chegar a uma final com a vitória na mão, merece este ato de gratidão, não vi exagero, talvez a palavra humildade cairia muito bem.

  183. Não acho que foi errado o que eles fizeram, pelo contrário foi exatamente certo.
    Eles reconheceram que Deus os ajudou e deu essa vitoria a eles. E se as pessoas de outras religiões entendecem o que acaontece quando se coloca sua fé em primeiro lugar tbm agradeceriam a quem acreditam.
    Acho que o melhor do Brasil é a liberdade de expressão. Eacho tbm que quem deveria fica preocupado com isso é o paiz que ta citiando a copa das confederações. Agora só pq é um jornalista britânico que fez essa reportagem o povo do mundo inteiro vai contra….
    Parabéns Brasil vcs realmente são os melhores e continuem nessa fé que Deus há de fazer todas as coisas…

    Amo Vcs !!!!

  184. Nossa, o que tem a ver os jogadores se emocionarem e louvarem seu deus? Não acredito em nenhum desses deuses, mas qual o problema do jogador muçulmano se ajoelhar em direção à Meca e pronunciar frases de orações? Qual o problema do time se ajoelhar e agredecer profundamente a seu deus por ter alcançado uma graça que ele almejava e pedia religiosamente a todo momento?? Prá mim a FIFA tá com medo das pessoas verem que elas podem se manifestar religiosamente EM QUALQUER LUGAR, sem medo de quantos estejam vendo, aprovando ou reprovando. Acho que deveria ser assim.

  185. Se todos tivessem atitudes como os jogadores da Seleção Brasileira tiveram (naquele dia). O mundo teria menos guerra e menos violencia nos campos de futebol. Mas como os Fortes sempre incomodaram os fracos. Fazer o quê?

  186. Como será as comemorações de jogadores Espiritas UMBANDISTAS,por exemplo após as conquistas nos campos de futebol. Será que serão aceitas também, como são as dos jogadores Evangélicos que só nas vitórias mostra o nome de Jesus nas camisas, mais só quando ganham ,e quando perdem? Nunca ví nehum deles mostrarem as camisas enaltecendo as suas crenças religiosas após as derrotas Acho que campo de futebol não e lugar para propaganda religiosa a FIFA tem que tomar providências.

  187. Seria correto se, como orienta Jesus, eles tivessem orado pelos “inimigos”.Os americanos sairam precisando de uma oração, de uma abraço afetuoso, isso sim seria agradavel a Deus.
    Mas por haverem vencido, isso não, devemos amar nossos inimigos , nunca tripudiar sobre eles.
    Muito menos usar o nome de Deus para isso.
    Apenas uma opinião.

  188. Olha eu acho que fé é coisa muito pessoal, e nao se pode, em uma competiçao,atribuir a fé ou a crença o exito da conquista sob pena de desprestigair outras religioes ou pessoas que nao tenham o mesmo hábito de atribuir a religiao a conquista de seu objetivo. Rezar tem lugar sagrado, em casa, na igreja, etc. Q

  189. Infelizmente o mundo e principalmente as grandes potencias não estão acostumadas ao congraçamento de seres humanos como acontece no Brasil, indepentedentemente de credo,posição financeira ou intelectual, em nosso país senta todo mundo junto no onibus,metro,restaurante,campo de futebol e etc., talvez se judeus,palestinos e arabes pensasem assim o orinte médio seria um paraiso, Eles precisam vir fazer um estágio em nosso país! Isso também serve para americanos,ingleses e também outras nações porque só devo ter uma bomba atômica e meu vizinho não. Infelizmente o mundo esta mais voltado para a decência e posturas dos Berlusconi, e etc..

  190. Acho muito engraçado, se fosse uma turma de homosexuais manifestando sua escolha sexual isso não seria um absurdo.
    E lamentavel quando ainda nesse dias se fala em liberdade de sexual e não pode manifestar sua religião.
    E uma babaquissi..

  191. Os jogadores,não obrigaram ninguém a nada,esperaram o término do jogo, e simplesmente se reuniram para agradecer a Deus pela vitória.
    Mas, parece que a perseguição dos tempos finais realmente já começou.

  192. Incrível como 2 minutos de fé, de joelhos, de vários homens que estão quase 30 dias longe de suas famílias, num gesto de agradecimento a DEUS, pode incomodar tantas autoridades, “achando” que africanos e muçulmanos se sentiriam inferiores em sua fé. O que é inferior, na verdade, é o ateísmo que a Europa Ocidental e outros países “desenvolvidos” insistem em pregar cada vez mais.

  193. Lendo os comentários, pensei em falar um monte de coisas aqui sobre fanatismo religioso, mas deixa pra lá.

    O melhor que a FIFA pode fazer é pedir mais parcimônia aos jogadores nas manifestações religiosas, para que o campo e a transmissão esportiva não virem vitrine gratuita de qualquer religião ou seita religiosa.

    Acredito que todos os espectadores tem o direito de não se sentirem incomodados com atitudes dentro de campo, independente de sua natureza. Demonstrações públicas de fé religiosa podem ser ofensivas, e precisamos reconhecer isso.

  194. AS manifestações religiosas causa um certo espanto quanto demonstrada por alguem que tem o verdadeiro sentido da fé, isto poderia ter acontecido nos vestiário, mas já que foi demonstrado no campo de futebol tudo bem o mais importante cada um da sua demonstrou da sua forma e agradeçeram o mesmo DEUS.

  195. Meu amigo jornalista…

    a pretexto de “proteger” o esporte de fanatismo, você demonstrou de forma inequívoca como qualquer demonstração de liberdade cultural e religiosa incomoda vários jornalistas. Normalmente os mesmos que professam a liberdade de imprensa e democrática… Seu artigo um mero esboço e rascunho de censura que podemos pegar aos montes nos relatórios do porão da ditadura…

  196. A primeira vez que vi um gesto religioso no futebol foi em 1970, quando o jogador Petras, da seleção da Romênia, fez o sinal-da-cruz depois de marcar um gol no jogo contra a seleção brasileira. Mas me pareceu um gesto sincero, um tanto quanto puro, mesmo podendo ter como pano de fundo um protesto, pois o leste da Europa era todo comunista. Depois disso, só agora, de uns tempos pra cá. Não sei, sinceramente, o que se passa na cabeça dos jogadores nesse momento, mas não gosto. É tão vazio! Fé? Bem, ninguém, na verdade, tem fé. A fé do mundo é dinheiro no bolso, pessoas da nossa convivência indo muito bem, os nosso filhos estudando nos melhores colégios, famosos, ricos, e o resto que se dane, pra não dizer um termo mais forte.

  197. Boa tarde, Mauricio.
    Me surpreendo ao ver voce dar atenção aos atletas da seleção que oraram em agradecimento a Deus pela vitória.
    Quando se agridem, se matam, fazem gestos obcesos, e muitas outras coisas mais, não se da muita atenção.
    Isto quer dizer que voce esta muito incomodado, faça como eles ao final do seu dia de trabalho agradeça a Deus e verá como sua vida vai estar sempre bem.
    Se incomodou a todos é porque orar é um ato dificil de ser praticado hoje em dia, porisso é que o mundo esta como esta.
    Abraços.
    Odair

  198. CENA RIDICULA os caras ajoelhados rezando dentro do campo. Na intimidade do vestiário é outra coisa. Religião tem que ser praticada no lugar certo, muito longe da política, do poder e do futebol, pois, é um perigo e se pode fazer algum bem, pode também fazer muito mal.

  199. Onde fica a democracia? Onde fica a liberdade religiosa?? Isso sempre aconteceu quando o Brasil comemorou seus titulos e porque agora tem que mudar. Isso não tem nada a ver com o que eles dizem mas sim a liberdade que eles tem de dizer o que querem, contanto que não seja ofensivo a ninguém.. Ah e, claro dizer que ama Jesus não é e nunca vai ser ofensivo. Dizer que odeia quem não ama Jesus é que poderia ser, mas isso é completamente diferente..

  200. Brasileiros têm a tendência de não ver nada de errado com as ações deles mesmos e achar erros nas ações de outras pessoas. Isso, em um contexto internacional, nos transforma numa nação que acha errado qualquer exagero religioso pelo mundo, e nenhum problema com o evento da Copa.

    Triste, mas um Estado Laico, como o Brasil, não deveria extravagar religião assim, e muito menos citar Deus na Constituição Federal.

  201. eu sabia que essa coluna ia atrair a ira dos evangélicos ignorantes.
    Exitem doos tipos de evagélicos : os enganadores e os enganados (que são a garnde maioria)

    Religião é atraso, sejam os incautos evangélicos no Brasil ou os primitivos muçulmanos ao redor do mundo. Isso sem contar o nosso glorioso “Papa Bento do século XVI” que teve a imbecilidade suprema de ir a africa dizer que camisinha não previne a AIDS

  202. Eu não entendo, as pessoas falam demais, até mesmo com um lindo gesto da seleção Brasileira gesto de demonstração de amor, isso que é procurar problema onde não tem… Foi lindo a atitude deles….

  203. É claro que varias pessoas dizem estar constrangidas pois em todos os tempos houveram perseguições ao povo de Deus e ainda hoje em varios lugares deste planeta o evangelho não é tolerado em alguns paises não se pode entrar nenhum tipo de informação direcionada a Deus ou Jesus Cristo, a seleção foi muito inteligente em fazer esta manifestação pois direta ou indiretamente eles falaram de Cristo a varias pessoas que nunca tinha ouvido falar, o mundo precisa conhecer a Cristo.
    Deus abençoe a nossa nação.

  204. Tenho certeza que o verdadeiro preconceito se daria quando algum corajoso jogador tivesse, literalmente, peito para mostrar uma camisa onde estivesse escrito

    “Eu pertenço à ciência! Deuses em campo, só os craques.”

    Aí sim eu queria ver o festival de hipocrisia na imprensa, acusando os ateus de provocação, desrespeito, etc.

    A religião que atualmente mais sofre perseguição é justamente a não-religião.

  205. Vou começar por… não vejo nada de constrangedor nisso, apesar de não concordar com outras camisetas por cima da camisa do time. Constrangedor(para o Sr.) são as manifestações contrárias à sua reportagem nesse blog, achei muito legal o comentário de algumas pessoas, não só contrárias, mas também mostrando um equilíbrio que o sr. como repórter deveria transmitir aos seus leitores, não sei se foi “maldade” da sua parte, mas sei que é muito melhor demonstrações de fé como as que ocorreram após o jogo da seleção do que por exemplo as que aconteceram ontem entre inter e corinthians, onde alguns desequilibrados tentaram acabar com uma festa que estava bonita, sem pensar nas consequências que aquilo poderia trazer depois do jogo. Vocês que tem o “poder da palavra, o poder da imagem…” tem que tomar muito cuidado antes de agir, pois não sabem se as suas atitudes “impensadas” trarão consequências depois. Ah só para deixar claro que não sou nenhum fanático religioso e nem ateu, mas respeito a religião de todos. Um forte abraço!!

  206. Orar e agradecer a Deus por uma vitória causa constrangimento? já espero por isso, a Palavra de Deus alerta pra isso. Quem fez esse comentário com certeza é contra os prícipios de Deus colocados na bíblia. Com certeza demosntrar uma fé que quem adere a essa fé muda de vida e pensamentos tortuosos vai incomodar muita gente mesmo.
    A Deus a honra, a glória e o poder

  207. Isto é uma palhaçada. Deus não tem nada a ver com esporte.
    Só um idiota pode acreditar que a fé do time perdodor foi menor e assim penalizada por Deus. Mais ainda sei que pelo menos um dos jogadores da seleção é ateu e constrangido tem que ajoelhar na roda. E aquele que faz o gol e agradece a Deus antes de mais nada… e o goleiro tinha uma camiseta de atleta de cristo.
    Palhaçada. Proibir já qualquer manifestação fora de hora.

  208. Acho que o futebol ou qualquer outro esporte não tem que ter qualquer cunho religioso.
    Os brasileiros com certeza fizeram isso sem maldade nenhuma mas isso pode trazer extremismos para o esporte causando até atentados de fanáticos que não respeitam a liberdade de religião alheia.Que guardem essas manifestações para eles mesmos.

  209. Interessante. Agradecer a Deus através da oração é errado?

    Os jogadores mereceram a vitória e simplesmente de boa vontade dobraram os joelhos e agradeceram. Acho tem outros assuntos a serem discutido, como a violencia nos estadios e a violencia moral no Senado.

    Não é mesmo?

  210. Estão criticando somente por ter sido uma manifestação evangélica, se fosse católica ou de outra religião não haveria tantas critícas!!!! Concordo Plenamente com o comentário abaixo.

  211. E pq há que se dar tanta ênfase só pq a BBC comentou? Simplesmente o autor expressou sua opinião, como o Sr. expressou a sua. Agora falar fanatismo por parte do Lucio nao concordo, q orou um PAI NOSSO, oração em comum entre católico e evangélico, muita falta de assunto tantos comentarios sobre fanatismo, FALTA DE DEUS…

  212. Sou totalmente contra estas manifestações religiosas em um jogo, concordo totalmente com a materia.

    Futebol e religião são coisas totalmente diferentes, eles não podem fazer isso, pois podem influenciar os telespectadores que estão vendo o jogo e podem ofender algum telespectador.

    Campo de futebol, é para jogar futebol e não para fazer estas demonstrações de fé.

    Tomara que a FIFA tome alguma providência para que isso não ocorra de novo, podendo até dar uma punição ao clube que fizer tal ato.

  213. Sou a favor de que não hajam demonstrações exageradas de cunho religioso. De qualquer que seja a religião.
    Se querem agradecer a Deus, façam isso no vestiário! Porque escolhem fazer na frente das câmaras?? Deus não tem TV, portanto, eles querem é platéia mesmo! Ahh, e não venham me dizer que os jogadores não foram forçados. Queria até ver o bafafá que não daria se um jogador do Brasil decidice não se juntar na rodinha de joelhos. Aqui no Brasil iria ser excomungado junto com a família da menina que abortou no Pernanbuco!

  214. Ao invés de ficarem reclamando das oraçoes dos jogadores, eles deveriam e se preoucupar com as guerras religiosas existentes em varios paises, no racismo que ainda existe no mundo, na pedofilia, e nos crimes barbaros cometidos diariamente em todo universo. Deixe que pelo menos algumas pessoas se preoucupem em agradecer a DEUS sempre que alguma coisa boa acontecer.

  215. “…ele é totalmente desejável”. Isso não pode ser dito a respeito de nenhum outro a não ser de JESUS CRISTO. Qualquer outra grandeza é corrompida por pequenez, qualquer outra SABEDORIA é arrasada por tolice, qualquer outra BONDADE vem maculada por imperfeição. JESUS CRISTO é o único do qual se pode afirmar que nEle tudo é amável e belo.

  216. Concordo plenamente com a matéria. Vou mais além! A banilização do nome de Deus, Alá ou a qualquer nome que queiram dar, faz com que os menos esclarecidos acreditem que o comécio religioso enraizado em nossa sociedade através, de oportunistas de plantão, fazem desses atos um meio de aumentar suas contas bancárias. Não vamos sair por ai acusarndo ninguém, mas não banalizemos o nome de jesus em vão.

  217. Marcos, as testemunhas de Jeová naum guardam o Sabado, vc enganou-se quem gurada é os Adventistas.

    Faloww…

  218. Ah pelo amor de Deus… Ofender, falar palavrão, agredir..pelo visto é mais aceito, por parte dessa gentinha acostumada com escárnios e desgraça.. uma manifestação de amor e de agradecimento não pode ..

    Só pancada…. aí não causa espanto afinal já estamos acostumados..

  219. Qta. hipocresia se eles estivessem comemorando mandando beijos para a torcida ou fazendo alguma propaganda para o canal de televisão não teria problema.
    Agora manifestar ou que vai dentro do íntimo de cada um se torna constragedor !!!
    Bom cada um na sua postura e devemos respeita-los
    Eu faria o mesmo afinal quem é o Criador de td. isto ????
    Porque não pedir para a FIFA da um jeito na violência dos estadios ao invés de ficar se preocupando com a fé de cada um.

  220. Entendo que a matéria está querendo iniciar discussão e contraverções onde não existe. Nos 4 gols do Exito 3 no Brasil e 1 na Itália por exemplo eles se abraçavam e todos colocavam a testa no gramado como um ato de agradeçer a Deus, e ninguém falou nada. Agora a seleção campeão do torneio não pode agradeçer se ajoelhando no gramado. Assim então nas cobranças de penaltis (mata mata) os jogadores não poderão esta ajoelhados e nem de mãos dadas, pois isso é um ato de fé. Então não concordo com essa matéria, com o terra online e nem com a FIFA.

  221. Não querendo defender nem desmerecer as manifestações dos jogadores, mas o grande problema é que fundamentalismo permitido pelo Status Quo só pode ser este ocidental, CRISTÃO. Imagine se fossem muçulmanos, ajoelhados e virados para MECA, todos iam falar que era radicalismo.

  222. Só faltava esta…Melhor comemorar um gol, uma vitória, seja lá o que for agradecendo a DEUS de forma organizada como tem acontecido do que ficar semi-nu no campo ou manifestando-se de maneira indecorosa para a torcida adiversária e/ou para as câmaras. Se começarem a limitar e a censurar demais os atletas, o futebol que transmite alegria e vibração vai se transformar num jogo/esporte tão vibrante quanto o golfe ou o xadrez. Errado mesmo foi o que a polícia inglesa ( tão civilizada e cautelosa) fez com o jovem Jean Charles.Ou não?

  223. O que os jogadores brasileiros, fizeram com aquele ato no centro do gramado foi um reconhecimento e agradecimento a um DEUS grande e poderoso criador do ceu e da terra e de todo ser vivente quer queira ou não aqueles que não crê que êle é Senhor e salvador e é ´quem da a vida e a leva para êle.
    obrigado –
    Carlos Andrade

  224. vivemos com liberdade de expressão, não é isso que a impressa prega. então todos rem o direito de se expressar. Jesus te ama.

  225. “Com centenas de jogadores africanos, vários países europeus temem que a falta de uma punição por parte da Fifa abra caminho para extremismos religiosos e que o comportamento dos brasileiros seja repetido por muçulmanos que estão em vários clubes europeus hoje.” –
    Me parece que estão tentando reprimir a fé dos muçulmanos por considerarem que é uma religião perigosa. Toda religião prega suas verdades, e se faz isso em paz e com respeito aos outros não há mal nenhum.

  226. Impressionante! Expressar sua forma de agradecer a Deus, a conquista de títulos pelos brasileiros, Está incomodando este comentarista britânico e quem sabe, até alguns brasileiros também, porque não os conhecem a dimensão de confiança por parte daqueles que creem em Deus. Isto pra eles está sendo considerado uma afronta religiosa, certamente, eles estão querem que as autoridades esportivas do mundo os proibam usando de força quando existe na maioria desta nações que paricipam destas competições esportivas a liberdade religiosa de cada indivíduo expressar sua crença na divindade que quiser crer. Porque quando a violencia domina os campos exportivos do mundo eles se preocupam tanto para os combater? Quando o jogador de uma nasção em campo cuspiu na face de seu adversário em campo em uma competição, este comentarista não se incomodou tanto, não disse para o mundo que isto é imoral, violencia, desrespeito ao seu semelhante, que isto é, que, causa constrangimento no mundo. Sabe, vejo que esses elementos estão se preocupando demais é porque sabem que no Brasil tem futebol mesmo, e que esta nasção não se baixa para para quem quer que seja poderosos. Se cuida britãnico, nossa seleção tem temor ao Deus da Criação, se o Deus de sua nasção está morto e Deus dos brasileiros é poderoso e está bem vivo….

  227. Pois é agora alem de patria,o tal deus(com minuscula) tem timeKKKKK,se ele fez um lado ganhar, então fez o outro perder,desta forma o derrotado tem todo direito de amaldiçoar publicamente tal deus….Falando sério, religião é assunto particular de cada um, e não deveria se misturar Deus(agora com maiuscula) com coisas mundanas.

  228. A grande verdade é que quando se fala em Jesus, o verdadeiro Deus, o inimigo fica furioso, e tenta criar confusão, para perseguir e tentar calar o que é gritante. Jesus faz a cada dia mais discipulos, e isso está incomodando muita gente, pois o reino de Deus é como um grão de mostarda, que cresce e se torna uma grande arvore, Lucas 13:19, ou como tentar esconder fermento na massa, Lucas 13.21, não adianta, cresce, e todos ficam admirados…

  229. Sim! causaram espanto igual sua gramática. O mesmo ´´deus“ que vocês, crentes, fazem questão de demonstrar submissão abertamente em público tem o seus momentos na igreja e não em todas atividades do mundo, sendo que pedir moderação foi até ameno por parte da fifa. Uma confraternização internacional de esporte SEM FINS RELIGIOSOS não precisa de virar palco pra show de fé, sendo que nenhuma equipe mulçumana, por exemplo, que pelo menos tem respeito com a própria religião( diferente de vocês, idólatras), não precisou de demonstrar fervor e choradeira pro lado de Jesus Cristo nenhum. O objetivo da copa foi simplesmente desvirtuado de forma irresponsável por uma equipe que não vê mal em colocar religião acima da própria pátria!

  230. NA VERDADE A NOSSA SELEÇÃO TEM QUE TER FÉ MESMO,NÓS ACREDITAMOS NUM DEUS CRIADOR DOS CEUS
    E DA TERRA.
    TÔDA HONRA E TÔDA GLÓRIA SEJA DADA AO NOSSO DEUS.
    EM NOME DE JESUS CRISTO.
    QUE ESTES CRITICOS,VÃO SE CONVERTER E LER MAIS A BIBLIA..

  231. Manifestações religiosas devem ser feitas no vestiário e não no meio do campo,futebol não pode ser usado para manifestar gostos pessoais tendo em vista a ampla audiencia da televisão,
    deve ser proibido o exagero antes que aconteça coisa pior.

  232. Quanto maior a ignorância, maior o fanatismo e a devoção religiosos, nada mais natural que sobressaiam no futebol. Mas, quando perder, vai atribuir a derrota a quem? Satanás? Deixem Jesus e Deus em paz, eles têm mais do que se preocupar do que com futebol.
    I BELONG TO MYSELF AND TO THE HUMAN RACE.

  233. AGRADECER O QUE PARA DEUS? DESDE QUANDO DEUS TORÇE POR TIME DE FUTEBOL? A NÃO SER OS QUE ACHAM QUE “DEUS É BRASILEIRO”.

    SE DEUS AJUDOU O BRASIL A VENCER O JOGO, ENTÃO DEIXOU DE AJUDAR O TIME QUE PERDEU… USAR EM VÃO O NOME DE DEUS NÃO É PECADO?

  234. Boa tarde a todos,

    Na minha humilde opinião não tem nada de mais os jogadores agradecerem por terem ganho o jogo.
    Seria a mesma coisa se um jogador catolico mostrasse uma camiseta com a foto de um santo, sou evangelico mas nao iria me sentir constrangido, simplismente é a fé dele, posso não concordar mas tenho que respeitar.
    Acho que ninguem tem o direito de julgar ninguem seja por ser evangelico, catolico ubandista budista mulçumano, homossexual ateu ou qualquer outra coisa.
    convivemos com todos todos os dias e nem por isso nos sentimos constrangido ou inferiorizados existem coisas mais importantes pra nos preocuparmps como a saude, educaçao, criação de atos secretos pelo senado ondem se aumenta os proprios salarios e por ai vai…..

  235. Acordem, povinho de merda!!!!
    Tenho certeza que ninguém aqui está cotra Deus, Jesus Cristo, Buda, Alá, Maomé, etc.
    As pessoas estão TODAS incomodadas com a IMPOSIÇÃO da fé DELES. Campo de futebol não é templo religioso. Fazer um sinal em agradecimento é uma coisa, ficar de joelhos e ostentando camisetas religiosa é outra. Cada um com a sua fé. Tenho certeza de que NINGUÉM iria gostar se depois do jogo o pessoal colocasse um monte de alguidás com galinha, farofa, velas e recebesse seus guias. E TERIAM O MESMO DIREITO. Portanto, acordem!!!!! O que vale para um vale para todos.

  236. Dá licença!!!

    Assim como todo mundo vai ter que engolir aquelas cornetas durante a copa de 2010 na África porque o presidente da Fifa disse que faz parte da cultura deles, também faz parte da nossa cultura ter fé em Deus, rezar e conviver harmonicamente com todas as religiões. Agora, se os outros países não conseguem conviver assim, essa é uma ótima oportunidade deles aprenderem conosco!!!!

  237. Só um bossal como esses da Inglaterra ateus que não agradeçe a Deus pelas vitórias e pelas conquistas, mostra mesmo que aquela nação é uma nação fria meticulosa e calculista, prefere as mortes e violencia das torcidas do que agradecer a Deus pela força que teve, um jogo respeitado sem cartões e violencia, na minha opnião foi um jogo tranquilo e nos merecemos ganhar, como ganhamos. E aqueles que estão misturando as coisas e são ateus e invejosos tome cuidado, porque com Deus já esta dificil imaginem sem ele???

  238. Concordo com a colocação da FIFA. Imaginemos que no grupo da seleção amanhã tenhamos dois ou tres muçulmanos, e eles resolvam se manifestar da mesma forma. Será que nossa população quase que 100% cristã aceitaria? Outra coisa a seleção brasileira é de todos, e não de evangélicos ou católicos. Não e necessario para agradecer a Deus espetáculos como esse, ou gritaria. Deus nos ouve mesmo em silêncio.

  239. é no minimo absurdo a “represalia”nao apenas a CBF,mas a qualquer outra entidade ligada ao futebol,o que a selecao fez deveria servir de exemplo para o resto do mundo,demostracao de fé e respeito ao SENHOR JESUS,melhor ver cenas assim do que pancadaria e outras de violencias extremas,dessa vez FIFA e outras entidades contrarias pisaram na bola.

  240. Há tres séculos os filosofos iluministas colocaram a religião em seu devido lugar: no âmbito estrito do pessoal e do íntimo de cada um. Na Europa isto não já não é novidade há muito tempo. Nós, tapuias, temos muito a aprender no país ds Sarney´s e dos BBB´s algum número.

    É isso.

  241. Gostaria de salientar a esse reporter que a atitude de um servo de DEUS não é para divulgar religião e nem é um atitude de fanatismo e sim uma honra e gloria ao nome de JESUS CRISTO que não é um religião e nunca vai ser porque a religião ela mata as pessoas, e muitos estão a beira da morte peço a voce senhor reporter que divulgue mais as coisas ruins para uma solução mundial e deixar de que os servos de DEUS VIVAM.

  242. PRA MIM FOI GRATIFICANTE VER A CAMISA DO LÚCIO ESCRITO “I LOVE JESUS”… JESUS VEIO PREGAR A PAZ NO MUNDO… E É O QUE ESTAMOS PRECISANDO…
    E COM CERTEZA TUDO QUE É BOM E SE REFERE A JESUS O INIMIGO SE LEVANTA LOGO PRA TENTAR ACABAR….
    JESUS TE AMA…

  243. Queridos, Deus não tem nada a ver com isso!!!
    No esporte como em qualquer outra “competição” na vida, há vencidos e vencedores. Logo, seria ilógico supor que os “derrotados” sempre seriam vítimas das iras divinas…. E mais: penso não ser necessário expor às câmeras caras e dizeres previamentes construidos.

  244. Caro Mauricio, tambem fiquei surpreso ao ver aquelas cenas de fervorosa devoção, demais para o meu gosto. Acho que não é saudavel aquele tipo de comportamento e a gente tem exemplos pelo mundo, Irlanda, pra não ir muito longe, que nos alertam para problemas maiores. Fé é um sentimento particular e aquela atitude me parece uma mensagem agressiva endossada e insentivada pelo assistente do treinador, que é pastor de uma denominação evangélica, certamente criando um contrangimento a outros jogadores que pertencem a outro tipo de religião. É bom a FIFA ficar esperta. Prevenção e canja de galinha não fazem mal pra ninguem.

  245. Estava mais do que na hora da Fifa por um basta nesse besteirol de mistura do futebol e crença religiosa. Cada um é livre para praticar sua religião, mas futebol não é palco para isso, e para quem crê em Deus e Jesus, falta-lhes o discernimento para saber que nem um nem outro, aprovaria esse tipo de atitude. Que pratiquem suas crenças em seus templos. Eles agradecem a Deus como se fossem os únicos privilegiados e escolhidos por Deus. Alguém tem que contar a eles que isso é burrice! Eles estão representando o país e não devem fazer um espetáculo religioso por que vai parecer ao mundo, que todo brasileiro banaliza assim sua fé!

  246. Me sinto indignado com essa reportagem, visto que em nenhum momento ficou explícito por nenhum jogador ou membro da comissão técnica da Seleção Brasileira, nomes de qualquer denominação religiosa. As businas dos africanos é que realmente atrapalharam o bom andamento das partidas e suas transmissões para o mundo. O futebol violento é que prejudica a beleza do espetáculo. A briga entre torcidas é que mancha de forma brutal o cenário do futebol. Poderia citar aqui várias outras coisas terríveis que continuam sendo permitidas no futebol há vários anos e sem nenhuma atitude concreta e eficaz da FIFA ou de qualquer outro orgão que regulamenta as leis do futebol. Afirmo sem medo de errar que não são as manifestações de agradecimento ao Criador e Dono de todas as coisas, DEUS, que prejudicam o futebol e sim todas essas coisas que citei e outras tantas que não comentei nesse e-mail!

  247. Sinceramente quem nunca orou um Pai Nosso antes de jogar qualquer peladinha. No Brasil isso é cultural.
    I LOVE JESUS.

  248. Aqueles que apontam o dedo contra o que aconteceu são pessoas despreparadas e que não tem nada de bom a oferecer. Se os adeptos do grupo GLS fizessem uma manifestação eles estariam apoiando. O mundo prefere a “sacanagem”. Basta, parem, vocês que criticam não sejam hipocritas. Só pode dar quem tem algo para oferecer. Eles manifestaram a sua alegria e de uma forma coerente e respeitosa.

  249. É impressionante a implicância que se tem com os evangélicos… Quando assistimos assistentes médicos de times colocando oferendas no campo ou jogadores fazendo o sinal da cruz nada se diz… Quando alguém resolve falar que ama Jesus ou orar em público acontece esse alvoroço. A bíblia mesmo alerta para isso: nos últimos dias a Palavra de Deus causaria comichão nos ouvidos daqueles que não conhecem ao Senhor. Que Jesus abençoes vcs, defensores da liberdade dos outros e perseguidores dos evangélicos!

  250. Sinto que quase todo mundo que postou é evangélico ou crsitão de uma forma geral, e acha correta a atitude ds brasileiros. Mas não sei se iam achar certo se eles fizessem uma invocação de qualquer espécie se fosse de candomblé ou umbanda. Respeitem nossa inteligência. Vão fazer proselitismo fora dos gramados!

  251. Os que se sentem construgidos com jogadores que, por reconhecer a ajuda de Deus em seu trabalho, manisfestação esta, que lhes assegurada pela constiuição Federal de nosso pais, é porque deve estar em falta com esta experiência em sua vida, e ao verem manisfetações assim devem sentir algum embaraço.

  252. Acho não adequado a veiculação de crenças religiosas em competições esportivas, porque pode ser um derespeito a outras pessoas que estão praticando ou assistindo a competição e não tem a mesma crença religiosa. Além disso, pode ser encarado pelas federações como oportunismo para fazer propaganda de sua crença. A meu ver deve ser proibido.

  253. Servos de Deus, instrumentos do |Senhor na seleção brasileira de futebol, aqui vai um recado: continuem honrando a Deus, louvando e agradecendo a Ele. Não é à toa que os que mais tem se destacado são os seguidores de Cristo. Deus ainda há de honrá-los muito mais. Viva a Jesus!

  254. Os que se sentem constrangidos com jogadores que, por reconhecer a ajuda de Deus em seu trabalho, manisfestação esta, que lhes assegurada pela constiuição Federal de nosso pais, é porque podem estar em falta com esta experiência em sua vida, e ao verem manisfetações assim ficam incomodados.

  255. em primeiro lugr o quefoi proferido na africa do sul foi o amor que alguns dos atletas tem por JESUS CRISTO e fizeram publicament, em segundo lugar nao foi proferida “religiao”. O mais importante é que os atletas agradeceram. A imprensa mundial pregam o direito de ir e vir ou seja DEMOCRACIA) ou é so hipocresia.

  256. É impressionante como alguns são completamente preconceituosos em relação aos cristãos! Eles teimam em achar que somos ingênuos, fanáticos e facilmente manipulados como massas de manobras nas mãos de pastores! Que os atletas de Cristo continuem testemunhando de Cristo aos homens, e servindo de exemplo ético e moral para esse mundo que jaz no maligno! Em nada os atletas da seleção foram desrespeitosos com os adeptos de outras religiões ou crenças. Nada há de ofensivo ou degradante na frase ! “I Belong Jesus!” Se as pessoas realmente a Jesus, o mundo estaria bem diferente do que está hoje!

  257. E ao caro Odair Rodrigues aí acima, digo-lhe que, professar uma crença religiosa não garante o caráter do indivíduo. Muito religioso por aí é bandido e mal-caráter, além do mais, os jogadores só fazem essa encenação quando vencem, nunca vi agradecerem a Deus com todo aquele fervor quando saem de derrotas. Então significa que Deus só está com eles nas vitórias e na hora de fazerem seus gols? Parece até piada! Não sou religiosa e nem por isso saio por aí cometendo violência, roubo ou qualquer atitude contra meu semelhante.

  258. Ficaram incomodados?
    na seleção tem jogador catolico, evangelico e deve ter de outras religioes também, isso não fez diferença na hora de dobrar os joelhos e agradecer a Deus pela consagração da vitória.
    A Fifa vai se manifestar contra o que?
    E inacreditável – Deus seja lá o nome que ele tenha deve ter ficado muito feliz.

  259. Totalmente errado o que a seleção fez. Concordo plenamente com o repórter da BBC e a FIFA deve punir com rigor. Tudo bem, a intenção dos jogadores era a melhor afinal não há naha de errado em agradecer a Deus em momentos de glória. Só não concordo com o lugar e as circunstâncias que envolve esse ato. Nesse caso alí estavam presentes diferentes crenças e ideologias e isso gera até um certo constrangimento. Que isso não se repita.

  260. Não sei o porquê de esses jornalistas fecarem ofendidos, num mundo de tanta violência, baixo nivel moral na tv, no meio jornalistico, tanta depravação moral, e se ofenderem pelas mensagens dos jogadores, é o fim do mundo mesmo, o mundo precisa de paz, todos tem a obrigação de usar a sua posição, fama, para trazer paz., e dizer que ama Jesus, é trazer uma solução para tanta gente que está a beira de um suicidio, sem solução, coisa que voces não podem dar, mas Jesus pode.

  261. Esse jornalista foi infeliz com este comentario, a midia costuma nao gostar de pessoas comuns ou pessoas simples, tem sempre que polemizar as atitudes dos outros. Tambem se não tiver polemica eles vão viver do quê ???
    Ao meu ver a comemoração foi muito importante, pois nos mostrou que pessoas de etnias e credos diferentes podem sim viver em comunhão e harmonia.

  262. Mauricio. Li os outros comentários e notei que vc acertou na veia da rapaziada e como o assunto é polemico. O interessante é que cada um é detentor da razão e aí é que começa a torcer o rabo da porca.Fiquei imaginando se essa moda pega e cito como exemplo times europeus que empregam jogadores dos mais variados países, com vários tipos de religiões. Teremos judeus. muçulmanos, protestantes, católicos, budistas, pra ficar só nestes aqui, são centenas, talvez milhares de crenças diferentes, cada um levando pra campo suas mensagens, ia ficar muito engraçado e legítimo. Ou não ? O que vale pra um vale pro outro. Alô FIFA!

  263. Espiritualmente pobre e constrangedor mesmo é a opinião dessa mídia preconceituosa!
    Somos mundialmente conhecidos por nossa democracia e isso deve continuar no âmbito esportivo. Penso que a FIFA devia preocupar-se sim em incutir mais patriotismo em nossos jogadores; deveria, por exemplo, haver ao menos meia hora de ensaio do hino nacional nas concentrações da seleção brasileira!

  264. Engraçado, se os jogadores tivessem bebendo, soltando palavrões, xingando uns aos outros, talvez não seriam tão criticados.
    Antes orar e agradecer a Deus, do que praticar os atos acima mencionados.
    Todos temos direito de manifestar nossa fé, e não vejo nehum mal nisso.

  265. ESTOU ASSUSTADO, COM ESTE BARULHO, NÃO CONSIGO ENTENDER ÉSTA “TAL LIBERDADE DE EXPRESSÃO”, SEJA ELA ATÉ MESMO DE FÉ, SERÁ QUE ESTE CARO AMIGO QUE ESCREVEU TANTA ASNEIRA , BEM COMO O INGLÊS DESORIENTADO, TERMINARAM UMA FACULDADE DE JORNALISMO OU SEI LA, ESTUDARAM P/ DEPOIS JOGAR ISSO NA NOSSA CARA…

  266. Agradecer a Deus pelo título é normal, e Brasileiro é transparente e fiel as promessas de Deus, portanto é super normal o que eles fizeram na Africa do Sul.

  267. Claro que este jornalista ficou horrorizado. Os páises que compõem o Reino Unido são considerados países PÓS-CRISTÃOS. Nos séculos passados, esses mesmos países, como outros países europeus viveram tempos de grande protestantismo fervoroso, com grandes pregadores, como John Buynan, Jonathan Edwards… Pessoas confessavam pecados aos prantos. Homens de cidades inteiras rejeitaram os bares e as bebidas, as minhas de carvão foram abandonadas pelos trabalhadores, os animais não eram mais maltratados, os estádios abriram lugar para os sermões desses pregadores.. Fora que a Inglaterra FOI UM GRANDE CELEIRO PARA O ENVIO DE MISSIONÁRIOS PARA A AMÉRICA LATINA, PRINCIPALMENTE O BRASIL. O Protestantismo, como Catolicismo no Brasil, tem suas origens nos países “frios espiritualmente” da europa. Entretanto,todo aquele fervor religioso que essas nações apresentava, foi se esfriando com o passar das décadas, com o progresso econômico, rumando à prosperidade econômica, imperial e comercial.. Hoje esses países tem vergonha de seu passado “religioso”, e os cidadãos desses países são pessoas totalmente frias a Deus, são completamente céticas a qualquer manifestação de religiosidade. Se esquecem que na idade média, unindo-se à Igreja Católica, ou fazndo alianças de casamento com reis e rainhas protestantes, esses países enriqueceram muito e por isso, possuem o legado histórico e cultural.
    Que eles se preocupem mais com a falta de fé e de esperança deles do que com as nossas demonstrações de fé, que não ofenderam a ninguém. E acredito também, que nenhum jogador deve vender a sua individualidade bem como suas expressões, por causa do marketing em torno do futebol.

  268. Simplesmente ridiculo a atitude da Seleção, pois o futebol é diversão para o povo e deve ser livre de movimentos religiosos e outros que induzem a seguir um determinado caminho.

  269. O MUNDO ENCONTRA-SE TÃO CONTURBADO CHEIO DE VIOLÊNCIA E DISCRENÇA, ONDE NOSSAS CRIANÇAS ENCONTRAM-SE PERDIDAS SEM NENHUMA PERSPECTIVA, ANTES DE CRÍTICAR ESTE ATO TÃO BELO ELES DEVERIAM REFLETIR SOBRE ISTO.
    I LOVE JESUS!
    I LOVE JESUS!
    I LOVE JESUS!
    I LOVE JESUS!
    I LOVE JESUS!
    I LOVE JESUS!
    I LOVE JESUS!
    I LOVE JESUS!
    I LOVE JESUS! MIL VEZES….

  270. VIVA A DEMOCRACIA, LIBERDADE DE CULTO E RELIGIÃO, HÁ OUTRAS COISAS MAIS IMPORTANTES, PARA ELES SE PREOCUPAREM.
    EX. CRIMINALIDADE NA AFRICA DO SUL.
    RESPEITEM NOSSOS ARTISTAS…

  271. Engraçado, nos jogos olimpicos o que mais vemos, é a manifestação religiosa de cada país, por exemplo nos jogos olimpicos da Grécia assistimos à todos os momentos do principio ao fim, eles mostrando seus deuses gregos, nas olimpiadas da China vimos a todo o momento referências à Confúcio e a filosofia que a China seguia.

    Disseram bem também os que se referiram à violência que vemos, este tipo de repúdio é sinal do anticristo.

    A Europa prefere ver uma camiseta com citação do Amor de uma pessoa à Deus ou uma camiseta com o número 666.

    Eles estão vazios do Espírito de Deus e cheios do anticristo. A Europa precisa ressuscitar.

  272. Concordo que manifestaçoes religiosas extremadas podem levar
    a confusoes no futebol;mas discreta como a feita pela seleçao
    brasileira acho que so ajuda a mostrar um Brasil temente a Deus
    por isso mesmo muito mais respeitado por todos os povos do
    mundo. Um abraço Ronaldo

  273. Que mal há em se rezar ´pra agradecer a DEUS, seja ele Critão ou mulçumano? O pior é a violência e as safadezas cometidas em nome do esporte!!! Esses jornalistas com certeza são ateus e se acham donos da verdade, só porque estão a serviço de grandes redes de comunicção! Que pena sinto deles, pois com certeza não tem a paz de espírito que acompanha ‘aqueles que creem num Ser Supremo, seja ele de que religião for, desde que este Deus sirva para trazer a PAZ e a HARMÔNIA entre os homens, QUE REZEM SEM CESSAR!!! Amém.

  274. Na verdade o que vem acontecendo é um grande esfriamento da fé e de valores verdadeiros e consistentes, por isso vemos assassinatos, mortes, misérias, enfermidades e outras coisas maléficas atormentando as familias. Se olharmos profundamente chegaremos a conclusão que o que falta no mundo é Jesus; seus ensinamentos, valores etc.
    Comentarios come esse dizendo que há um excesso é simplismente infeliz e sem entendimento.
    Esta na hora de todos despertarem e reconhecerem que pela força do raciocinio humano nada esta dando certo !
    HÁ UMA VERDADE, PRECISAMOS MUITO DE JESUS !!!
    Que todos que creem em Jesus dispertem e declarem sim, como os jogadores da seleção, que JESUS É SENHOR e que sem ele nada somos!!!

  275. Ah e o jornalista que fez esta matéria também, coloque a mão no teu coração e declare Jesus como o Teu Senhor…Ele te ama

  276. Quando um atleta levanta uma camisa, ora no final do torneio, seja lá qual for o esporte, a pricipal mensagem que deve ficar e fica é a de paz , amor e harmonia entre os povos.O problema é só o preconceito.Principalmente quando esse atleta é evangélico.
    Agride a quem o nome de Jesus?Que Deus abençoe a todos.
    Abb fraterno.Beth

  277. Parabens a Seleção Brasileira pela conquista e pela demonstração de fé!!!!!

    O Brasil é do Senhor JESUS!!!!

  278. Sinceramente, não entendo a necesidade imensa dessas pessoas em provar pro mundo o tamanho de sua fé. Eu faço minhas orações e agradecimentos em intimidade com Deus ou na igreja. Esse tipo de atitude está a um passo da hipocrisia.

  279. Um mundo globalizado onde se fala em liberdade de ir e vir , de expressão, etc., procura usar instituições(neste caso a Fifa) para repreender, fazer calar os verdadeiros sentimentos das pessoas. Nós brasileiros, defendemos os princípios democráticos e procuramos agir dentro destes princípios. Todos temos direito a expressar nossas posições quer seja religiosa, política, etc – isto sim, é liberdade.Será que estão utilizando a globalização, para instalar a ditadura imaginada por George Orwell em sua obra “1984”. Será que as instituições no mundo globalizado terão o papel, ou mesmo, devem ser utilizadas para ditar nosso modo de agir, pensar e sentir? Acho que já fiz leitura de algo semelhante no meu livro de História. Acredito que estão esquecendo que temos o direito a fazer escolhas e que uma escolha envolve opções. Ser cristão, budista, espírita, ateu, etc. são opções religiosas que estão presentes nas novelas, nos jornais, na vida do nosso vizinho, e nem por isso eu me vejo no direito de fazer calar aqueles que, quer seja individualmente ou coletivamente, divulgam suas religiões.

  280. Styce Boy, não censure, ops, modere os comentários de forma tão parcial.
    Aqui no escritório quatro colegas que repudiam a matéria escreveram posts e não foram publicados……………………?
    Por favor não seja tão tendencioso, ou então diga que a matéria atende a interesses maiores q o seu, e asua vontade.
    ou seja, censura agora digital, vai pra China Styce Boy, lá vão gostar deste tipo de coisa.
    Viva a seleção, e camiseta I LOVE JESUS, não agride ninguém.
    OK? O resto é opnião; boas ou ruins, não mudam a realidade.

  281. A QUE PONTO NÓS CHEGAMOS!!! ESTAMOS DISCUTINDO A FÉ DAS PESSOAS! O BRASIL É O MAIOR PAÍS CRISTÃO DO MUNDO, NÃO PRECISAMOS ESCONDER NOSSAS PREFERÊNCIAS RELIGIOSAS. SE ESTÃO CONSTRANGIDOS, NÃO FILMEM, PASSEM A EXIBIR OS GOLS E REPORTAGENS. ORA! FALAM DE CONSTRANGIMENTO, MAS E O NOSSO, DE NÃO PODER EXPRESSAR O QUE SENTIMOS PELA NOSSA RELIGIÃO. OS VALORES ESTÃO REALMENTE INVERTIDOS MESMO. O MUNDO TÁ SE DEGRADANDO.

  282. Não vejo problema nenhum no que aconteceu no final da copa das confederações, um ato de agradecer a Deus pela vitória conquistada mas vejo sim nestes criticos a falta de religiosidade e de conhecimento da palavras de Deus nas suas vidas pelo visto devem ser ateus, que Deus tenha misericordia destes pois o ato não foi programado nem marcado para ser feito foi um
    agradecimento. Deveriam se preocupar com coisas mas graves no futebol não fazendo sensacionalismo com isso para vender suas colunas.

  283. Sou de opinião que os atos religiosos devem ser evitados uma vez que os canais de comunicação transmitem os eventos para pessoas de numerosas religiões. Isso é tolerado no Brasil por conta da liberdade religiosa, que ao meu ver, só é respeitada para os que querem trasmitir, esquecendo-se assim, daqueles que não professam aquelas religiões.
    Como bem se fala na reportagem, é mais para divulgar a sua religião do que, na realidade, ter a conversa, com o Deus em que acredita.

  284. os jogadores estão certissimos!!!!!!!!!!!!!
    não há nenhuma fundamentação na crítica do jornalista Ricardo Acampora. Demosntração de religiosidade nunca fez mal a ninguém.
    temos que agradecer a DEUS sim ,todos os dias ,horas ,minutos e segundos……………
    agora só o que faltava nem agradecer a DEUS em paz as pessoas podem.
    quanta hipocrisia desse povo que não tem DEUS na sua vida.
    vai orar também seu jornalista.
    que DEUS tenha misericórdia da tua vida, que tu não sabes o que falas…….
    AMO meu DEUS amado !!!!!sem ele nada seríamos…..
    DEUS abençoe todos voces que lerem essa mensagem .amém….

  285. A Seleção Brasileira pertence a uma nação livre e aqui existe a liberdade de expressão, nada contra os atletas agradecerem a Deus por uma vitória alcançada, continuem agradecendo a Deus pois certamente Ele nos trará mais vitórias(Copa 2010). Amém

  286. Como um ato de paz, pode mexer tanto com o mundo?
    Em 1948 – criou-se os Direitos Humanos – A Inglaterra, participou deste documento “universal”:
    1º. Todos os homens nascem livres e iguais em dignidade e direitos.
    “Direito e dignidade” – direito de expressar seus valores, cultura, manifestações de identidade. Isso conota o “não precoceito”

    O mundo faz campanhas e slogan contra ‘preconceito”.
    Racial e sexual e se acham – cidadãos maravilhosos!
    Desqualificar uma ato de fé e expressão religiosa – nivelando que todoas são extremistas – não é preconceito? suprioridade racial ou superioridade cultural?
    Seria de bom tom que o simpático jornalista relembrasse porque a ONU criou os Direitos Humanos ;exatamente por um tal de Adolf Hilter – “acreditar” que era maior do que todo o resto da humanidade!
    A hipocria e intolerância – desclassifica o homem como “ser humano”

  287. ???????? por favor expliquem: “Demonstrações públicas de fé religiosa podem ser ofensivas, e precisamos reconhecer isso.”

    Não entendi amigo from Scotland. Nunca vi isso, ofensiva? Pode até ser exagerada, fora de contexto, estranha a outras culturas, mas ofensiva????????
    Sinto muito em dizer mas realmente não tem fundamento tal observação. Embora respeite se te sentes ofendido com o Pai Nosso, realmente algo muito agressivo e desconhecido…

    PARABÉNS SELEÇAÕ.

  288. É muito bom que todos se pronunciem…até os terroristas também podem fazê-lo, pois é sua fé ou a forma de vê-la que importa. Ora, não concordo que os jogadores promovam sua fé em público, eles têm outros espaços para fazê-lo, por exemplo a igreja e suas casa ou outro local. Muito bem…quem defende os jogadores promovendo a fé cristã, deve também defender que qualquer outro jogador promova a fé budista, mulçumama ou o terreiro de mãe menininha, ou o pai de santo fulano de tal, ou mesmo um jogador ateu se apresente na final da copa com uma inscrição na camisa: “sou ateu, e daí…” afinal ele acredita que Deus não existe…

  289. O jornalista Ricardo Acampora, se contradiz, alega que o povo Britânico está acostumado a conviver com as diferenças religiosa, mas a manifestação de fé dos brasileiros em campo o surpreendeu! Será porque ele não é Britânico, ou porque não experimentou a alegria de ser grato a Deus por um feito na sua vida!
    Quanto a comparação com religiosos radicais com o ato dos brasileiros em campo, é forçar muito a barra! Como dizem nos programas de televisão troca de canal!

  290. Sempre haverá um gringo querendo ridicularizar aquilo que fizemos aqui, isto é fato. Porém, o lamentável é estarmos preocupados porque alguém lá de fora, quem quer que seja, não achou assim tão legal uma forma de comemorar uma conquista esportiva.
    Brasileiros, é isto aí, vamos demonstar amor proprio, dignidade e honra.
    Eles lá fora nunca conseguem ver nada de bom feito pelo nosso povo. Afinal, o tratamento é de colonia.
    É isto aí meu povo, não liguem não, a comemoração é nossa!!
    Não deixem os gringos e aqueles que tem mente de colono estragar.

  291. Veja bém esta manifestação de pedir para Deus ou agradecer a Ele é até bom para inibir aqueles que tem uma atitudo de vandalismo e diante de tantas pertubações temos que apelar para Deus mesmo.

  292. Ohh fioti, cala a sua boca, graças a Deus que estes caras estão levando o nome de Deus para a mídia, ao contrário vocês, que , cotidianamente só falam mentiras, causam confusões, levam intrigas aos lares e até mesmo apoiando movimentos contrários a natureza humana, se liga mané. PRESTE ATENÇÃO E ORE mais!!!

  293. Sr Mauricio Stycer!!! Eu até entendo a sua IGNORÂNCIA , pois você ainda não teve a EXPERIÊNCIA que Lucio, Kaká, varios jogadores do Brasil e pelo Mundo ,assim como milhoes de pessoas espalhadas pela face da terra dentre elas eu me incluo, de ter provado do AMOR DE CRISTO JESUS, tenho certeza que todos os atletas que ali estavam assim como todos aqueles que um dia foram TRANSFORMADOS PELO AMOR UNICO E INCONDICIONAL DE CRISTO , não são seguidores de nenhum pastor evangélico humano, mas o VERDADEIRO PASTOR da vida daqueles atletas e da minha vida também é o SENHOR JESUS CRISTO, por isso toda a GLORIA foi dada naquele momento somente ao AUTOR DA NOSSA VIDA!!! e a palavra de DEUS, a biblia sagrada, já nos afirma em uma carta do apostolo paulo, ANTES IMPORTA AGRADAR A DEUS , do que agradar a homens!!!! e termino afirmando como no início, tenho PENA de você e de pessoas que pensam como você, pois ainda vivem num mundo de NEGRITUDE ESPIRITUAL!!! Mas talvez um dia á misericórdia de DEUS te alcance ,e aí seus olhos espirituais serão abertos, e talvez ainda haja tempo para seu futuro!!! Mas no momento voce e pessoas que pensam como você, merecem o meu mais profundos sentimentos de PENA E MISERICÓRDIA!!
    JESUS CRISTO É O UNICO CAMINHO , A VERDADE E A VIDA!!!

  294. Ineressate !!! ninguém viu os egipcios, que a cada gol marcado, eles se ajoelhavam e faziam gestos agradecendo a Alá.

  295. O jornalista Ricardo Acampora, se contradiz, alega que o povo Britânico está acostumado a conviver com as diferenças religiosa, mas a manifestação de fé dos brasileiros em campo o surpreendeu! Será porque ele não é Britânico, ou porque não experimentou a alegria de ser grato a Deus por um feito na sua vida!
    Quanto a comparação com religiosos radicais com o ato dos brasileiros em campo, é forçar muito a barra! Se tivesse mulheres semi-nuas, rebolando, achariam lindo maravilhoso, mas como é uma agradecimento sincero, encomoda pessoas como o jornalista, que deixou de cobrir várias trajedias que ocorriam no mundo naquele momento em que um grupo se ajoelhava para agradecer a Deus.

  296. Certamente que o “constrangimento”, sentido pelos jornalistas e outros profissionais, é fruto de uma incredulidade cada vez maior da humanidade, que devido aos famosos “direitos humanos”, se esquece que se sentir “criatura” e se sentir ligada de alguma maneira ao nosso criador (energia superior, força vital, ser maior, chame do quiser: – eu chamo de Deus), Este tipo de manifestação ser capaz de constranger alguém é lamentável!, espero ver muito e cada vez mais manifestações deste tipo porque é isto justamente que a “humanidade” está carecendo.

  297. esse mauricio..
    sempre falando m..rda…

    descriminação pura….

    tenho certeza se fosse alguem que levasse uma camiseta ka foto se uma santa..

    esse m..da do mauricio não falaria nada.

  298. Para todos os que concordaram com a manifestação pentecostal no estádio sul-africano, aqui vão algumas perguntas (não precisam responder; basta pensarem a respeito):
    1) Se o Dunga rezasse (orasse) uma Ave-Maria, o Lúcio e companheiros o acompanhariam?
    2) Se um outro Capitão brasileiro (que não Lúcio) ostentasse um avental com a figura de São Jorge ou de Nossa Senhora Aparecida, Lúcio e companheiros se sentiriam constrangidos ou não?
    3) Se o Capitão da Seleção Brasileira ostentasse no peito a frase “Macedo é meu bispo e Jesus é meu pastor”, qual seria a reação do Ricardo Teixeira?
    4) Se o Capitão (que não Lúcio) puxasse um cântico de umbanda ou de candomblé, durante a comemoração, o que diriam os críticos do Maurício Stycer?
    5) Como é que os terráqueos de outras religiões pelo mundo passarão a encarar a Seleção Brasileira, caso essa ostentação religiosa se torne habitual? Aceitarão tranquilamente ou passarão a cortar as cenas relativas a tal?
    6) Se um jogador brasileiro ostentar na camisa a frase “Allahu Akbar”, o que é que o Rodrigo Paiva vai dizer em casa?
    7) Afinal, uma camisa com a foto do Papa Bento XVI pode ou não pode?
    8) Quem autorizou Lúcio e companheiros a fazer propaganda religiosa às custas da NOSSA Selação?
    9) Afinal, uma camisa com a frase “Deus não existe” pode ou não ser ostentada numa comemoração da Seleção Brasileira, seja pelo Capitão, pelo Técnico ou por qualquer dos jogadores?
    10) Se algum jogador não participar dessas rezas em campo, ficará ele discriminado pelo grupo fanático?
    11) Que tal a frase (para a camisa de um jogador da Seleção): “Deus criou o mundo, e o Diabo criou as religiões”.

  299. fala serio,o Lucio esta com toda razão,melhor ver um jogador orando do que brigando como fez ou queria fazer d’alessandro isso é ridiculo eu acho que essa reportagem e preconceituosa,e mas a inglaterra não ganha nada a muito tempo então eles não tem o que fala mesmo!!!!!!

  300. Não devemos olhar o certo ou errado ,mas sim o perfeito :só DEUS os jogadores estão fazendo o seu melhor,agradecendo a DEUS.

  301. Acredito que o Jornalista Inglês prefira os Hooligans ou os peladões que desfilam vez ou outra nos gramados Ingleses.

  302. É CLARO Q CADA UM TEM SUA RELIGIAO, SEU FERVOR, SUA CRENÇA,,PORÉM… quase todos q se manisfestaram aqui nos comentários me parecem ser RELIGIOSOS muito verdadeiros, pessoas q realmente ajudam e estendem as mãos ao próximo… Diante mão;;; ELES , pra os quais NÓS torcemos,,, só pensam em dinheiro em se transferir de clube porque este ou aquele vale mais ou menos cifras…
    e muitos “educadores religiosos” se aproveitam desta situação para encherem mais os seus cofres, que já estão abarrotados de reais, dolares, euros, etc e etc….
    Doa cifras quem quer,sabemos disto , o dinheiro e de cada um… usam e blasfemam o nome do SENHOR, pra ganharem “votos” é realmente um “…NÃO SEI QUE PALAVRAS USO…” me Desculpem minha ignorância…..
    Vocês já pensaram se cada jogador se manifestar dentro de campo em todo o planeta, noventa minutos de jogo seria um tempo insuficiente pra todos os vinte e dois jogadores e os demais…O que diria então numa COPA DO MUNDO….
    Com todo respeito também tenho minha religião……
    O colega Beto acima q descreveu seu comentário ,,, está certo…
    Cezinha

  303. Não acho que foi um ato desrespeitoso com outros paises, cada um segue a religião que quer, ninguém é obrigado a fazer orações, rezar, quem quiser participa, quem não quer, fica de fora.
    Achei um ato democrático e liberto, ninguém ultrapassou a barreira de liberdade de quem quer que fosse.
    Parabéns a seleção.

  304. Não acho que foi exagero, pois na televisão brasileira na emissora 1º lugar de audiencia em telematurgia abrange religiões, costumes e pior distorce todo principio de cultura e doutrina.O futebol está nas veias do brasileiro desde quando nasce, a criança, o jovem, quando começa jogar futebol se espelha em um jogador.O jogador Kaka evangelico, não vemos na imprensa escrita ou falada noticiando que ele estava bebado,com mulheres em boates, pelo contrario não há paparazzo atrás dele na igreja porque não vende noticia ele orando e buscando o SENHOR JESUS CRISTO.

  305. Propaganda às margens do campo, pode. Porrada, pode. Orar em campo não pode. Parece bordão de personagem de programa de humor.

  306. Cada coisa do seu lugar. Lugar de rezar é na igreja, no campo de futebol se joga, na cama se chupa o dedinho, no campo de jogo tem que ter respeito com o torcedor, declaração de amor é um ato intimo, no campo quero e exijo competencia para jogar, lugar de cristo é no altar, na camiseta somente o brasão do clube.
    Esses figurões do futebol e outros esportes de projeção estão sendo usados pelos figurões da arrecadação dizimal.

  307. Isaías 55:6 Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto.Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos, e se converta ao SENHOR, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar.

  308. AOS POUCOS E NO DECORRER DESSAS ÚLTIMAS DÉCADAS, O FUTEBOL BRASILEIRO VEM SUBSTITUINDO A SUA CONHECIDA TÉCNICA POR COISAS COMO GARRA, FORÇA, GRUPO FECHADO, FAMÍLIA escolari ETC. AGORA SOMANDO-SE A ISSO O FERVOR RELIGIOSO. ERA SÓ O QUE FALTAVA, NÃO FALTA MAIS. PORÉM, ENTENDO A COMEMORAÇÃO POIS, COM A POUQUÍSSIMA TÉCNICA QUE RESTOU GANHAR ALGUMA COISA É DE SE ESPANTAR, MESMO SENDO UM TORNEIO SEM EXPRESSÃO COMO A COPA DA CONFEDERAÇÕES.

  309. Acho infeliz esse tipo de comentário sobre a demonstração de fé e gratidão da Seleção Brasileira uma vez que a liberdade de expressão é um direito detodos

  310. Nao me surpreende que o fato de atletas e dirigentes agradecerem a Deus sobres mais uma conquista e muito menos me surpreende pessoas de um pais onde o culto a Deus ja foi esquecido a tempo. Entretanto o que me deixa perplexo e a intolerancia empregada por essas pessoas hipocritas. Acompanhei todos os jogos desse torneio e vi jogadores do Egito se ajoelharem em agradecimento a Ala,por terem feito seus gols. Isso ninguem comenta! Como foram os Brasileiros a praticarem sua fe todos questionam. Acho que eles estao se achando injusticados por Deus, afinal o Brasil hoje tem o melhor goleiro, o melhor lateral, o melhor zagueiro, o melhor meio de campo e o artilheiro da competicao. VAMOS PEDIR A DEUS PARA DAR UM POUCO DE TALENTO PARA OS INGLESES, eles nao ganham nada mesmo…. hahahahaha

  311. ME ESQUECI DE DIZER ALGO…ORAR EM LUGARES ABERTOS E COM MUITA GENTE…FAZ PARTE DE POVOS COM CULTURA MILENAR E QUE SABEM O Q ESTÃO FAZENDO, E COM VERDADEIRO RESPEITO , O Q PRA ELES NÃO É FALTA DE EMPREGO NÃO, PODEM ESTAR DESEMPREGADO OU SER O SHEIK,OU SULTÃO… ISTO FAZ PARTE DO POVO,,,, O QUANTO Q PARA ALGUNS E UMA FORMA DE ARRECADAR DINHEIRO…SIMPLESMENTE…

  312. COM ESTE TEMA NÃO HÁ FAIR PLAY….

    A manifestação religiosa nos gramados como fazem alguns jogadores brasileiros é desnecessária. É salutar que cada jogador tenha a sua convicção de fé, entretanto devem efetuar os seus agradecimentos nos espaços reservados para as praticas religiosas. Da forma como fazem; direta ou indiretamente estão estimulando ou incitando preferencias; estão polemizando e abrindo precedente para a expressão de outras convicções religiosas. E o mundo sabe que em relação a este tema não há FAIR PLAY…….

  313. Evangélicos…Protestantes…Católicos…Cristãos… e daí??? a questão é mais sutil… talvez até difícil de se perceber, mas hoje em dia bons exemplos são difíceis de aceitar, visto que a maioria se ressente imediatamente quando confrontada com algo que todo mundo sabe que é certo, mas a maioria não faz, nem quer fazer, é mais fácil “advertir” a quem faz , que não faça mais… pode “chocar”. Parabens, toda seleção brasileira!!!

  314. Eu, como brasileiro, me sinto envergonhado com tamanha cena.

    Venho de uma família católica e praticante. Tive uma educação cristã. Particularmente, não vou a missas mas também respeito quem vai.

    Mas, convenhamos, futebol e religião (assim como mulher feia, rsrsrsrs) não se discutem e muito menos se misturam.

    Deus, que entendo como sendo algo superior, inexplicável, nada tem a ver com esporte. Será que Deus acha que um time merece mais do que o outro? Porque?

    Que os mais fervorosos rezem no vestiário!!! Cena patética!!! E o pior é que não é de hoje. Parece que jogador de futebol tem que ser “atleta de Cristo”, já é um lugar comum.

    De fato, imaginem se as diversas seleções resolvessem, em campo, a cada partida, manifestar suas preferências religiosas?

    Ou então, imaginem o constrangimento que não seria se algum dos jogadores da seleção canarinho se recusassem, legitimamente, diga-se de passagem ,a fazer parte de cena tão escrota!!!

    Repito: que vão rezar na intimidade do vestiário. Quem crê de verdade não precisa mostrar pra ninguém.

    Valeu!!!

  315. Na minha opiniáo, estes sáo os FARISEUS do futebol. Estáo preocupados em aparecer e náo levam em conta o ensinamento do MESTRE. Uma perguntinha: Alguém ja viu estes FARISEUS da bola se reunirem após um resultado adverso para LOUVAR a DEUS? Está escrito: EM TUDO DAI GRACAS mas náo é isto o que fazem. Antes desejam a derrota do seu semelhante, muitos dos quais professam a mesma fé deles. Tomara que a FIFA tome medidas que minimizem estas manifestacóes oportunistas e sofismáticas. Pra dizer o mínimo. Mas todos nós temos o direito e até o dever de prestar culto ao DEUS que cremos, mas nos locais , e momentos adequados.

  316. É muito engraçado algumas pessoas reclamarem de ver manisfestações como essas na televisão, cada pessoa tem o livre arbitrio de se expressar agradecendo ao seu deus, as suas vitórias, mas se alguem faz isso é constrangedor.
    Agora quando as emissoras de televisão entram em nas nossas casas com as chamadas paradas gays se os evangélicos reclamam é punido criminalmente porque é homofóbico mas não é constrangedor, até quando vai continuar essa palhaçada? Mas nós temos convicção que isso tudo é para se cumprir o que Jesus disse em Mateus 24, leiam o capitulo inteiro e reflitam.

  317. Se por ventura, Deus fosse um ser cruel, com certeza, que nionguem estaria agradecendo a ele por uma vitória, enfim, se alguem tivesse dizendo I LOVE DIABO, com certeza os satanistas de plantão, não estariam achando que seria um absurdo. Hipocritas só JESUS CRISTO SALVA E O MUNDO QUEIRA OU NÃO saberá disso.

  318. Exagero falar a palavra de Deus? agradecer por tudo que Ele tem feito? Acredito que nas orações os jogadores não devem ter orado/rezado somente por eles, e sim pelas pessoas/pais onde estavam. Se as pessoas de outros paises não gostam de receber mensagens da parte de Deus, (energias positivas) vão querer receber de quem? Derrepente eles preferem a violencia, o terrorismo, manisfestação de bagunça, brigas. Os agradecimentos a Deus nunca foi e nunca será um exagero,pois somos o que somos pela misericordia de Deus. Povinho mais discrente (independente de religião)., ignorantes,pois todo o universo/mundo necessita de orar uns pelos outros. Se fosse uma baderna de carnaval,sambão,manisfestação gay, sei lá o que eles comemoram em seus paises, tenho certeza que estaria tudo certo. Mas a palavra de Deus incomoda, aqueles que vivem sem fé. HIPOCRITAS é isso que são. é por isso que a mão de Deus pesa na vidas daqueles que negam ao CRIADOR.

  319. Interessante alguns aí em cima dizer que devem ser punidos,por haver no estadios pessoas de outras religiões, que houve ofensa a eles. Mas eu pergunto não existia pessoas lá de outros times, e estavam torcendo, comemorando e não se preocupando com o que a outra pessoa que torce para outro time esta pensando,ou se ofendendo.? é uma democracia cada um torce para quem quer,cre em quem quiser, gosta do que bem entender. Se vc assim para não ofender ninguem os estadios só tinham que ter os jogadores, pois se um time ganhar vai ofender quem está la assistindo e torcendo para o time perdedor.
    Então não tem nada de mais,pois cada um profere sua fé e crença em quem bem entender, se os outros se incomodarem a porta é serventia do estadio (caia fora).

  320. Imaginem após uma final de entre Israel e Irã e o vencedor fazendo uma demostração como a do Brasil.
    Facilmente o perdedor poderia entender não como uma exaltação à vitória esportiva, e sim como uma exaltação a uma superioridade religiosa.
    Isto poderia facilmente deflagrar uma guerra.
    Por isso deve-se ter cuidado com esse tipo de demonstração.
    Gestos de agradecimento e louvor são normais, mas aquelas camisetas estampadas sob a camisa (em inglês porquê? ) foram iguais a quaisquer propaganda da Nike, Adidas, etc. na medida que algumas religiões transformaram “Jesus” em uma logomarca e lucram bastante com isso , muitas vezes com a ajuda de jogadores com pouca capacidade de ver que são apenas garotos-propaganda das milionárias empresas de bispos, apóstolos e outros auto-intitulados.

    Se a FIFA proibir os jogadores de retirarem o uniforme durante todo o tempo que estiverem no campo já ajuda bastante.

  321. Srs. é apelativo o nome desta matéria, colocada no front page do site. TAMBÉM É CLARAMENTE TENDENCIOSA.

    Assim é pois interessa a alguém certo? Não adianta ficarmos declarando nossa fé aqui, mas sim repudiar, como bem disseram alguns, a estranha posição da imprensa/blog/site, etc.

    Nunca vi nível tão baixo, não gostaram os ingleses, ótimo, quem se importa com eles.
    O blog levou tanto pau nos posts que mudaram de tema e de front page rapidinho.
    Por favor bloger “rap orter” escreva algo melhor na próxima.

  322. Deus é grande.
    Muito bonito a oração da equipe brasileira, nota 10.
    Como li acima, isto já foi feito antes, em copas e jogos, qual o problema?
    Muito ruim o comentário do inglês, mais um mer…. que não serve pra nada, e tem inveja do Brasil.
    Pior é colocar como foi colocado neste blog pelo nosso reporter tupiniquim, ou será ele english team?

  323. A manifestaçao dos atletas foi mais que discreta e dentro do mais absoluto direito de liberdade religiosa.

    Isso eh puro patrulhamento, misturado com preconceito religioso…

  324. “Acho infeliz esse tipo de comentário sobre a demonstração de fé e gratidão da Seleção Brasileira uma vez que a liberdade de expressão é um direito detodos”.

    Mandou bem, é isso aí, chega de palhaçada, e viva a seleção.
    Não sou evangélico, e acho eles meio exagerados, mas toma aí.
    I love jesus.
    Doeu bem? Machucou? Vai roubar e fumar crack então que ninguem vai reclamar e virar capar de site. Eh BRASILLLL.

  325. Os ingleses, na pessoa do mega infeliz reporter citado, poderiam se preocupar com o mega genocídio e a mega fome, e a mega miséria na África, que tal? FALA SÉRIO. VIVA A SELEÇÃO, MUITO BEM, COMO FALARAM SE FOSSE UM DISCURSO GLS NINGUÉM RECLAMAVA, AH VAI……

  326. Esta critica ao ato dos jogadores só serve para notarmos como realmente o ser humano esta cada vez mais longe de Jesus a ponto de seu nome até causar incomodo, as religiões e crenças devem ser respeitadas é claro, mas divulgar o nome de Jesus e não de uma religiao como eles fizeram não ofendeu a nenhuma outra crença, é uma manifestação de gratidão somente.
    Se o ato dos jogadores constrangeu o mundo como o jornalista aponta, as palavras de preconceito e julgamento do jornalista que se refere ironicamente aos jogadores como ‘pregadores’ tb constrange quem cree em Jesus , se refere ironicamente aos que pregam de Jesus que não são só evangelicos, catolicos tb creem em Jesus.
    Essa atitude deles foi para mim uma das unicas cenas agradaveis que tenho visto em uma midia onde o que infelizmente causa audiencia é a banalização do sexo, o apelo sexual, a nudez, as novelas que fazem apologia a traição,o adulterio, as noticias de mortes e desgraças, a especulção da vida alheia…é triste que muitos prefiram ver cenas como estas.
    Tër uma fé, algo em que se cre faz bem para si mesmo, é o caminho da felicidade, se não fosse assim,porque estes jogadores que são milionarios, tem bens,posses,famas expressariam fé em Jesus? Eles aparentemente nao tem tudo?Mas Jesus acrescenta a este tudo deles um ingrediente:felicidade.
    Independentemente de crença e opinião que cada um tem a sua , lembremos de que isso causa preocupação nos campos de futebol Europeus porque lá certamente as cenas de violencia no campo e na arquibancada são menores que no Brasil, não tendo com o que se preocupar se prewocupam com tal fato, agora no Brasil onde vemos tantas atrocidades no futebol, punir os jogadores por isso soa até engraçado.
    Liberdade de expressão é um direito .Jesus vive.

  327. A religião é a maior desgraça que existe na terra, raiz de todos os males, querras, genocidios e preconceitos.

  328. índio tem religião, homens pré históricos faziam sepultamentos com muta semelhança aos atuais, com uma provável atitude religiosa primitiva, ou seja, a fé não machuca nínguém.
    A ignorância moral, social, cultural, ou religiosa, é que causa os males do país e do mundo.
    Fé não é religião. A religião é como um grupo entende a fé, e estes se dão o mesmo nome, o nome de sua religião.
    O mal é feito pelos homens e sua demência.

    Apoio a seleção 100%, e repudio a parcialidade de certas matérias publicadas.

  329. PARABENS SELEÇÃO, É ISSO AÍ. vamos publicar matérias melhores aí por favor, que tal mano? Se liga mano tá na nóia?

  330. Que me interessa o que um demente do outro lado do mundo acha, são uns palhaços ridículos.
    JÁ FALARAM AQUI E ASSINO, A SELEÇÃO JÁ FEZ ISSO MUITAS VEZES E NINGUÉM RECLAMOU, QUAL É?
    Estão testando a gente? Vai testar a mãe, bando de vendido.
    Como tem lixo na internet. Vai se f…..

  331. Constrangimento???
    Constrangimento é o discurso teórico da BBC dizer que na Grã-Bretanha o povo está acostumado a viver com pessoas de diferentes religiões, mas na prática os ingleses assassinaram o brasileiro Jean Charles simplesmente porque pensaram que ele era muçulmano.
    Jogadores orando a Deus constrange o Brasil ? Absurdo. Constrangimento foi o jogador Dunga, com a camisa da seleção, falar um monte de palavrões quando ergueu o caneco do tetracampeonato. Falou um monte de palavrões ao lado do vice-presidente dos EUA e foi transmitido pela mídia. Todo mundo viu! Aquilo me constrangeu e constrangeu as pessoas de bem, independentemente da religião.
    Constrangimento é um jogador xingar a mãe do outro; fazer comentários racistas com relação a cor do adversário; cometer faltas que vão além da violência esportiva e que saem das raias desportivas e ingressam nas raias da lesão corporal e dos tribunais.
    Constrangimento é a FIFA, a imprensa e outros fazerem comentários como os que estão nesta matéria e acharem errado os jogadores se expressarem livremente. Cadê a liberdade de expressão? Ah lembrei, ela só existe se for igual a do jornalista.
    Constrangimento é ver a violência dentro e fora do campo de futebol e a coisa ficar sempre do mesmo jeito. Por que os ingleses não se incomodam de verdade com hooligans e com jogadores que ao invés de jogarem só vivem fazendo propaganda e desfilando ?
    Constrangimento é ver a corrupção rolando solta nos estádios sem que uma atitude eficaz e efetiva seja tomada de uma vez por todas.
    Constrangimento é a FIFA, a mídia e outros “endeusarem” certos jogadores e induzirem a população para adorá-los.
    Constrangimento é ver o técnico da seleção brasileira e de outras, bem como os jogadores fazerem gestos obscenos para o árbitro e jogadores adversários.
    Por outro lado, a oração não constrangeu, apenas enobreceu.

  332. Sr. Maurício,
    um leitor mais atento pode observar que em nenhum trecho do seu texto há uma opinião própria emitida, portanto, não deveria haver nenhuma crítica dirigida ‘a sua pessoa.

    Porém alguns pontos me chamaram a atenção para o sentido contraditório da reportagem.

    O primeiro é a importância demasiada que muitos, mas muitos brasileiros dão ao que é feito, dito, mostrado…e por aí vai, pelos franceses, pelos alemães, pelos ingleses, italianos, enfim, pelos europeus e norte americanos. Ainda nos portamos como povo colonizado. Eles sabem tudo, tudo o que fazem é bonito. Se jogamos duro somos violentos, se eles jogam duro são virís, por exemplo.
    Neste caso, aqui, o blogueiro da BBC me pareceu muito preocupado com a opinião do narrador britânco sobre um evento
    sem a seleção inglesa e em terras bem distantes do Reino Unido.
    Meu caro Ricardo Acampora, quem tem nos surpreendido muito é a Grã-Bretanha. Nos surpreendeu a dominação de Hong Kong, a sua presença na Índia, o apoio aos EUA no Iraque, no tratamento dado ao nosso Jean Charles e outros tantos casos (guerra do Paraguai, Delmiro Gouveia, Malvinas).
    Nós, Brasil e brasileiros somos mais. Somos mais humanos, mais respeitosos com as diferenças, mais amigos dos estrangeiros e mais limpos, também, porque tomamos mais banhos que eles.
    Temos mais futebol. Quantos de lá jogariam aqui e quantos daqui jogariam lá? Os nossos atletas evangélicos não se arriscam em serem confundidos como emissários de pregadores porque jogam muita bola. Estão lá pelo grande talento que cada um tem, talento este que engorda as contas bancárias dos cartolas ingleses.
    O segundo ponto trata das palavras e frases mal empregadas tai como, punição, reprimir e “Mas, por enquanto, a Fifa não ousa punir a seleção brasileira”. Aqui, me parece que estão tentando, por força, criar um bloco contra estas manifestações.
    Para a Fifa acredito ser simples, basta estabelecer um regulamento que modere tal manifestação.

  333. O brasil owna a mulecada nos campos de futebol e agora eles vem chorar, se tivessem a mesma fé que a seleção tem, poderiam ter ganho o título ;]

  334. eu acho que estamos muito acostumados com esse tipo de manifestação e não achamos ruim, mas não paramos muito para pensar no impacto que tem um jogador trocar a camisa por uma mensagem, dar o troféu de melhor do mundo para a igreja, rezar uma missa no meio do campo numa proporção global. Achamos legal isso até o campo de futebol virar um palco de exibição religiosa.

  335. Preocupação desnecessária. Em se tratando de religião ninguém deve criticar a de ninguém e cada um tem o direito de se expor como quiser. Quem não quiser ver, que não veja. Quem não quiser ouvir, que não ouça.

  336. Tantos bons pensadores debatendo exatamente o que: Futebol, Religião, Mídia, Relações Internacionais… Creio que o objetivo do jornalista foi atingido. Ocupar mentes que poderiam estar pensando em algo para o bem comum da humanidade com questões menores. Certamente que DEUS não vai ter sua imagem sequer arranhada pelo ocorrido. ELE é muito mais de forum intimo do que publico. Haja vista que em suas aparições ao homem ele se revela na intimidade não em publico… Certamente porque não precisa da mídia ou da opinião publica, sejam estas pró ou contra. A unica coisa que preocupa um pouco neste debate é a evidente força do “4º Poder” em tentar manipular entidades como a FIFA no sentido de coibir o direito básico do ser humano, em expressar-se. Seja esta expressão uma oração coletiva de agradecimento a DEUS, uma polifonia de termos xulos, ou a exposição de bundas ao público expectador. No fim seguimos por nossa propria natureza humana e mundana tentando infligir aos outros, regras, limites e dogmas que buscam sempre cercear a liberdade de expressão do individuo. Claramente nos opondo ao direito divino concedido por DEUS, do livre arbitrio.

  337. Q absurdo

    Eles não são máquinas, são serres humanos com medos e anseios.Tem total direito de demonstrarem suas alegrias ,priva-los disso seria calar a voz da feliciade. E pelo q assisti eles oraram o Pai Nosso,cuja oração é feita em várias religiões,não vi ninguém ali citando nome de igreja ou e Pastor.O único nome q eles mencionaram foi o de Jesus…mas ultimamente o nome de Jesus tem sido pra muitas pessoas um palavrão !!! Ora Vem Senhor Jesus !!!!

  338. Quem conhece a Palavra de Deus e a vive sabe que somos pó e que toda boa dádiva vem de Deus. Conhecer um Deus vivo, que caminha conosco, leva-nos a ter um coração agradecido. Aquilo que aos olhos dos que não têm experiências com Deus parece fanatismo religioso, é apenas e tão somente demonstração de amor e gratidão ao Pai (conforme expressu Lúcio). Um Pai amoroso, misericordioso, gracioso. Só Ele é digno de honra, glória, louvor e exaltação. Um dia, que pelos acontecimentos mundiais conforme está profetizado na Palavra, todos os povos, tribos e nações se prostrarão, de joelhos, diante do Deus todo poderoso.

  339. Eu sou TOTALMENTE a favor desse tipo de manfestação! Já que falar de Deus e Jesus é maravilhoso para quem fala e quem ouve! Sou cristã e acredito que o único caminho que leva a Deus é Jesus e ver os jogadores orando e louvando ao Senhor pelas coisas que Ele deu para eles é muito melhor do ver os jogadores bebendo e se drogando para comemorar uma vitória. Deus honrou aqueles jogadores e irá honrá-los muito mais, pois levar a palavra de Deus para todo o mundo é o que cada Cristão deveria fazer. O Lúcio e muitos outros são servos de Deus, e não há constrangimento nenhum em amar a Deus sobre todas as coisas.Espero que nenhum jogador se intimide pela CBF, ou FIFA ou nenhum outro órgão! Que essas lindas comemorações contunuem a mostrar que o cristão tem um Deus que o ama, que o honra e que cuida dele sempre!!!!

    Que Deus abençoe a cada um de vocês que postaram seus comentários, ao Maurício que fez essa matéria e ao Ricardo Acampora, que o Senhor cuide de vocês em todos os passos de suas vidas e que o amor do Pai possa tocar o coração de cada um de vocês! Amém

  340. Poucos entenderam o perigo dessa apologia relegiosa, seja protestante, católica budista, islamica e outras mais.

    Os poucos que foram contra não estão afrontando a religião de ninguem, eu pelo menos me preocupo é com a disputa relegiosa nas quadras, nos campos, nas pistas e etc. – parece que deus só esta com os vencedores e leva a crer que os derrotados são do demônio e outras coisas idiotas.

    Tem muito atleta pelo mundo afora que é pago para aparecer em cultos ou igrejas é só prestar atenção em alguns progamas evangelicos ou carismaticos.

    Nos EUA isso é comum veja o ódio que o M.Ali destilava após cada luta que vncia agora no Brasil a moda esta pegando.

    A TROPA DE CHOQUE EVANGÉLICA E CARISMATICA ENTRA LOGO EM AÇÃO E DETURPA TODO E QUALQUER COMENTÁRIO RACIONAL, INCLUSIVE OFENDENDO O ARTICULISTA E OS COMENTARISTAS –
    OBS: ATENÇÃO TROPA DE CHOQUE A IDADE MÉDIA JÁ ACABOU – OU NÃO?

  341. Completamente constrangedor. Proselitismo puro.
    Nunca vi após a derrota alguém sair com uma camiseta `crente´ agradecendo pelo jogo. Será que o outro time rezou mais?
    O que mais me decepciona nisso é o fato de Kaká e cia ganharem milhões e entregarem seus dízimos as suas igrejas, sustentando esses parasitas. Enquanto isso a educação e o investimento em pesquisas ficam contando os centavos. Só vou admirar algum desses esportistas o dia em que doar dinheiro para pesquisas cientificas. Futebol continua sendo o ópio do povo, 22 milhonários correndo atrás de uma bola.
    Deprimente.
    ACORDEM!!!!

  342. E desde quando um campo de futebol é sacristia de igreja ou púlpito evangélico? Aquele bando ajoelhado no campo não me representa. Eles são jogadores da seleção brasileira e o Brasil tem muitas religiões: católicos, evangélicos, umbandistas, muçulmanos, hindus e inclusive muitos ateus. Querem fazer pregação religiosa que escolham o local certo para isso. Parece um bando de fanático e não jogadores profissionais. Que vergonha.

  343. Amigos:

    1- Fazer uma oração não é fanatismo
    2- Não ouve menção ao nome de qualquer religião
    3- O nome Jesus é respeitado por todas as religiões, até a muçulmana
    4- Ter fé não é vergonha ou fanatismo
    5- Qual seria o passo seguinte, proibir o sinal da cruz ao entrar em campo?
    6- Como já disseram aqui, isto acontece há uns vinte anos, e nunca ouve uma reclamação, por que agora? Heim?
    7- Juridicamente com tantos precedentes a Fifafúk não pode abrir a boca, nem ninguém
    8- Se o rapaz quer doar o troféu o problema é dele, tem gente que dá para a mãe, outro para a namorada, e daí? Eu não dava.
    9- Ao colocar a matéria da forma colocada e ao destacar a mesma se percebe certa intenção proposital do site ou autor.
    10- A Fifa vai fazer uma copa em um país sem rede hoteleira necessária, de forma política, enquanto a África continua em agonia e violência, entre facões e fuzis.
    11- Desculpe-me, mas vc ser de outra linha religiosa, não quer dizer q vc não possa fazer uma oração, ok?
    12- Basicamente o Deus das grandes religiões do planeta é o mesmo, então…
    13- Muito bem dito por colega acima, não confundam a mensagem de Jesus, com a religiões formadas pelo homem, não é a mesma coisa. Assim tb como outras religiões acrescentaram ritos, dogmas, e tradições não passadas por seus mestres originais.
    14- A festa foi muito bonita, reclamar de que?
    15- Os únicos que se incomodam com nomes ou figuras (ex:Jesus), são pessoas ligadas a cultos e idéias negativos.
    16- A religião não é problema, e o Brasil tem muitos reais problemas, mas querem q vcs se preocupem com lixo e deixem que se coloquem todo tipo de lixo moral e cultural na sua frente.
    17- Outros eventos de manifestação, alguns até bizarros, são livres e considerados bonitinhos, então qual é o problema?
    18- Em uma perferia e suburbio assolados por drogas e violência uma das únicas alterntivas é a fé, e por meio delas não repetir o erro de muitos (vício, crime, vadiagem, gestação adolescente (13,14 anos), e abandono de escola).
    19- Exageros há em toda parte, e na internet temos os maiores e piores
    20- Aos que não conhecem a seleção, saibam que orações antes dos jogos são comuns, e a comissão participa com a autorização e permissão do técnico, nada é de surpresa e sim autorizado, ok?
    21- Enquanto o páis estiver nas mãos de incompetentes e vendidos este tipo de tema é irrelevante e tendencioso.
    22- Se os anti religião querem reclamar façam primeiro um trabalho voluntário ou de doação (já doou roupas este inverno?), e os aborrescentes que aos 15 anos acham que conhecem o mundo, acordem, a vida não é a internet, nem o mundinho de vcs.
    Seus pais sabem disso, mas vcs acham q eles ñ sabem nada…
    PASSEM BEM.

  344. Gente o jogador Lúcio foi bem claro na sua declarações logo depois da conquista antes da oração.Ele foi mandado embora do seu clube ou seja ele estava desempregado.Ele disse que orou chorou muito no seu quarto só ele e Deus.E que a sua esposa lhe deu muita força.No meu ver o que ele fez e muita gente devia fazer é ter a humildade de agradecer a DEUS pelas vitórias.Oração de gratidão. Gente ele fez o Gol da vitória( vocês que são contra viram algum jogador sendo puxado pelos braços sendo obrigados a participarem) pois eu não vim.Depois de muita lagrimas derramadas por tudo que ele estava passando foi muito bonito o circulo de oração olha que grande maioria dos jagadores estão cheios da grana mas reconhecem que o homem sem Deus é nada.EU já vi em copas do mundo e até mesmo em grandes decisões este tipo de manifestação varios jogadores fazendo o sinal da cruz ou até mesmo ajoelhados em campo após o final do jogo qual o problema?Amados é nos gramados que eles correm, cai, disputam as jogadas e fazem o tão sonhado Gol.O problema que tem algumas pessoas soberbam achando que não precisam de Deus e que os evangélicos são analfabetos, pobres e burros que são presas facil de pastores.Ainda falam em fanátismo sem ao mesmo saberem o que é realmente uma pessoa fanatica até em fervor eles falam mostram que falam por falarem pegam carona nos outros mais saber mesmo não sabem de nada. Muito gente riu do kaká pelo fato dele ter se casado virgem, foi chacota dos preconceituosos.Nunca negou a sua fé veio de uma familia de clase média alta sempre foi evangélico hoje e referencia mundialmente na sua vida pessoal profissional e é amados o jogador mais caro do mundo.( os humilhados serão exaltados)só ficou constragindo quem nega sua fé, quem não respeita o amor a Deus que grande parte da população tem.Viva a liberdade de expressão temos o direito de opinar.

  345. E a liberdade de expressão? tão falada pelos reporteres e pela imprensa. Se temos uma seleção que crer em Deus porque não podem agradecer a Deus?

    Quando Cafu na comemoração da copa falou que amava a mulher ninguém falou que era fanatismo.

    Cada um ora e agradece a Deus como quer e não acho que isso é constragimento.

    Contrangimento é uma reportagem como essa.

  346. Que mundo é esse que estamos vivendo….
    Não é a questão de uma religião .Mas a conciencia de saber quem é Deus e ser grato pela vitória.
    Pois nos sabemos que nem sempre o melhor ganha…..
    A vitória quem dá é Deus .Dá a quem quer, quando quer por isso Ele Deus.
    Deus é o supremo,maravilhoso, soberano do mundo …quer o homem queira ou acredite.Felizes aqueles que se relacionam com o supremo Senhor do mundo.
    Felizes aqueles que não se perdem em religiões, costumes, preconceitos,politcas mas buscam saber quem de fato é Deus.
    Burrice, fanatismo vem da falta de conhecimento.

  347. Deus não pune e nem favorece ninguém!
    Somos responsáveis por nossos atos. No futebol, ao meu ver, a questão religiosa deve ser tratada com sutileza, pq acaba envolvendo uma série de questões socio-culturais.
    Ora, para falarmos com nosso Deus, não necessitamos nos mostrar e aos quatro cantos do mundo, visto que Deus está em toda parte…principalmente dentro de nós!
    À Fifa, cabe usar do bom senso…como diria o grande Descartes:
    O bom senso é a coisa mais bem distribuída do mundo: todos pensamos tê-lo em tal medida que até os mais difíceis de se contentar nas outras coisas não costumam desejar mais bom senso do que têm.

  348. Sou Brasileiro, sou cidadão de um país eminentemente cristão e não me sinto envergonhado de ter visto os representantes da seleção de futebol do meu país fazerem uma manifestação pública da fé predominante entre os brasileiros. Ainda que estejamos em uma fase de estado laico ou em pleno furor dos ditos pregados pela Sociedade da Informação e Novas Tecnologias marcadas pelo liberalismo sem fronteiras e pelo mais absoluto relativismo religioso, secularismo reinante e materialismo mórbido, não entendo que é vergonhoso ou provocativo!

    É impressionante a Associação Dinamarquesa se incomodar tanto com uma simples ORAÇÃO em campo DEPOIS DO FIM DA PARTIDA!! E logo eles, Dinamarqueses que, historicamente, têm fortes raízes cristãs reformadas e luteranas, até!

    Cadê o DIREITO DE COMEMORAR? Se fossem fários “Puta que parius, porras e caralhos” todos achariam super normal e poderiam até mencionar que se tratariam de palavras típicas daqueles que jogam futebol. Mas, por que incomoda tanto dizer “OBRIGADO, MEU PAI! OBRIGADO, JESUS!”?????

    Rapaz… O mesmo direito que um muçulmano tem de se ajoelhar no gramado e agradecer à Alá pela vitória da partida, o cristão também tem de se prostrar e entregar a sua conquista ao Senhor dos senhores.

    É um momento de Alegria e Paz!! Independente da cultura ou profissão de fé dos jogadores! Mas, pelo visto, o que a FIFA quer é ver torcidas se matando, jogadores em campo fazendo “montinho” e dando tapinhas na bunda ou nas genitálias, como é bem comum em campeonatos como a COPA da UEFA, por exemplo!

    Como telespectador, sinto-me envergonhado e profundamente desrespeitado ao ver os HOOLIGANS acabando com ruas e bares de Londres ao “come[bebe]morarem” as vitórias no Campeonato Inglês quando essas ocorrem! É isso q é o certo?

    Desculpa, mas, prefiro ficar com a manifestação CRISTÃ, pacífica e sem nenhum cunho religioso, mas meramente pessoal que nós brasileiros anunciamos ao mundo inteiro quando conquistamos grandes títulos do Futebol!!

    Somos seleção canarinha sem medo de ser cristã!!

  349. Ao leitor das 11/07/2009 – 12:32 Saulo Xavier

    Ao contrário de você, me sinto extremamente envergonhado.
    Existe o ditado, aonde termina o seu direito, começa o meu.
    Se isso embaraça outras nacionalidades e outras religiões, você também deveria respeitar.

    Qdo o time entra em campo, eu torço pelo time, não por jesus cristo, alá ou o diabo de quatro. É uma competição, se a fé no seu Deus deu força a eles, bom pra eles, que vão orar na casa do caralho, ou na igreja ou em casa, agradeçam individualmente.

    Agora aquele círculo no final do campo, so me lembra uma coisa. CIRCO.

    Se se expressar livremente fosse permitido, muita gente usaria a suástica nazista na camisa, ou morte aos negros ou o que seja para transmitir uma mensagem naquilo em que acreditam.

    É bom para por ai, a FIFA está correta.

  350. Acho que a FIFA esta correta em proibir manifestacoes religiosas, eles podem rezar no vestiario ja que e tao importante para eles, nao precisam se mostrar, so os ipocritas se mostram, ninguem precisa mostrar a fe para as pessoas mas sim paea Deus…. Agora so Gostaria de saber o porque que quando falam de religiao sempre falam dos Mulcumanos ???? E inveja ou e pq gostariam de ser ? Queria dizer uma coisa ISLAM significa submisso a Deus, nao acredita em outra coisa alem de Deus que e unico, Allaho Akubah, se nao querem estudar sobre o Islam deixem o em paz, pode ver que nenhum mulcumano veio aqui falar mal dos cristaos ! Respeitem ! Respeitem a si propio, Todo mulcumano respeita um cristao…mas dificil o cristao que respeita o mulcumano.

  351. I belong to Jesus, nao há o que dizer desde que o mundo é mundo, o inimigo fica irado quando se fala em Jesus. Todos temos direitos de nos expressarmos, agora se tivessem falando palavrões, achariam engraçado e nao se constrangiriam , é por aí.

  352. Acordem povo Brasileiro… Falar de Jesus ou Deus nao e a mesma coisa que falarem de suas mulheres ou amantes !!! Isso foi falta de respeito , Tem que ser proibido, todos estao comentando ai, mas nao dizem, sou a favor e sou Testemunha de Jeova,catolico, cerente, ubandista, islamico, judeu, ateu, tenho vergonha de ser brasileira ainda mais quando leio comentarios como estes, pois vcs comentando assim devem conhecer bem a biblia, entao me digam onde na biblia diz para vc rezar para todos que todos possam ver ??????? Existem igrejas e templos para isso… existe o vestiario, antes eles rezavam no vestiario, isso e pura ignorancia desses jogadores que nunca pensam em Deus ou Jesus ou qualquer coisa, agradeceram pq ganharam, A Deus temos que agradecer oque ganhamos e oque perdemos, as coisas boas e as ruins, a saude e a doenca, TUDO TEMOS QUE AGRADECER A DEUS, mas para agradecer nao precisa se mostrar…so para dizer sou religioso, NAO MOSTRE…SEJA !!!!!

  353. quanto os atletas estarem orando ou rezando não vejo nada demais .mas se todos adoracem um só deus o mundo seria bem melhor – quando eu digo deus eu me refiro ao ( jeova .deus de ABRAÃO IZAQUE E JACÓ e nosso SENHOR JESUS CRISTO
    NÃO JULGUE ÓRE .DEUS ABENÇOI.

  354. enquato o mundo estar precisando de Deus de amor um para com os outros, união e ainda tem pessoas que criticam um ato de união e de reverencia á Deus
    essas pessoas o que querem desunião o que querem que os jogadores façam no final? que mundo doido

  355. É melhor proclamar e comemorar desta forma , do que fazer gestos obicenos para a torcida. Um mundo melhor se faz com atitudes boas, se todos nos imitarmos este tipo de atitude não tenho duvida é o começo da virada, como foi naquela final.

  356. Acho que os jogadores devem aprender a separar as coisas. Foi uma cena bonita? Sim. Mas garanto que se fosse uma manifestação mulçumana ou uma judaica, teria muito católico reclamando.
    Esporte é uma coisa, religião é outra. Não se misturam. Que agradeçam fora do campo. Não precisam demonstrar isso para todos. Em alguns casos, poderia soar como provocação.
    Que se respeite a religião de cada um e que saibam separar as coisas.

  357. Que viagem essas manifestações contra a fé dos caras. Eles não pregam nenhuma religião pq cristianismo não é religião.
    Religião é catolicismo, hinduismo, protestantismo, espiritismo.
    Quanta ignorância em pleno século 21

  358. para voce GONSALO que nao entende nada de religiao.o papa como esta escrito na biblia,disse para nao usar camissinha, pois ele quer que haja relaçao sexual somente entre a esposa e o marido sendo assim nao ha necessidade de usa-la.e nao bagunçado como é la.por isso tanto caso de aids.entendeu ignorante .e quanto ao david e aline e outros na seleçao tem mais catolicos que evangelicos entao nao tem nada disso que voce falou.o pai nosso é rezado pelos 2.e é isso que foi feito

  359. Ô FIFA VCS VÃO TER QUE INGOLIR O BRAIL….

    I LOVE JESUS
    I LOVE JESUS

    SE FOSSEM OS AMERICANOS TODO MUNDO BATIAM PALMAS ATÉ MESMO OS QUE SÃO A FAVOR DA FIFA. REBANHO DE HIPOCRITAS. QUANDO OCORREREM ALGO COM VCS OU COM SUAS FAMÍLIAS AI E LEMBRAM DE DEUS.

  360. É um absurdo, a Fifa, se preocupar com questão religiosa(a fé não é para todos).Eles tem que se preocupar com a segurança nos estádios,Esporte é uma coisa, religião é outra.

  361. Nada impede que alguém possa declarar sua fé publicamente.As mensagens dos jogadores não são baseadas em uma determinada crença religiosa,mas sobretudo em valores que elas representam .

    Com a fé,o companheirismo,o respeito pelo adversário,a determinação

    “.Threres something rotten in the kingdom of UK”(hamlet,Shaksepeare)… para eles se importarem com isso……Eles devem aprender a jogar mais futebol e ensinar esses valores para os hooligans que lotam os estádios.

    Yuri Abramoff

  362. hoje em dia quase tudo é valido e esse quase se esbarra em manifestar a fé em jesus. falar,expressar de alguma forma esse amor por jesus não pode!!!!!! mas as brigas que acontece nos estadios e quase sempre acabam em mortes não tem problema , a fifa e cbf nunca fez um alarme tão grande sobre esse assunto. por que será?????????? e outra coisa, não tinha estanpado em nenhuma camisa nome de igreja e sim o nome JESUS.

  363. Que atitude sensata esta da Fifa!

    Toda manifestação religiosa deve ser feita de comum acordo entre o grupo que reza e de acordo com o telespectador/espectador.
    Esse fanatismo de ficar rezando em escolas, em empresas… é uma afronta à inteligência e gera constrangimento, em campo de futebol é um espetáculo à parte que denigre o espetáculo do futebol eclético e feliz.

  364. Nunca vi uma crítica quando os jogadores católicos fazem sinal da cruz (exclusivo do catolicismo)ao fazerem gol ou quando entram com o pé direito (afro-brasileiros e crendices) em campo ou quando os muçulmanos se ajoelham para Meca. A Fifa tem que proibir isto também.

  365. ACREDITO QUE OS CRITICO QUE TEM SE MANIFESTADO CONTRA,REPENSASSE, POIS NUM MUNDO ONDE AS PESSOAS ESQUECERAM O SER E SÓ SE PREOCUPAM COM O TER, AS MANIFESTAÇÕES RELIGIOSAS SÓ TEM A ACRESCENTAR POSITIVAMENTE A UMA HUMANIDADE MATERIALISTA,QUE TEM SE ESQUECIDO DO ESPIRITUAL,ACREDITO QUE TODOS TEM A LIBERDADE RELIGIOSA, NAO VEJO MAL ALGUM, APENAS ELES MANIFESTAM A SUA FÉ, E IPOTESE ALGUMA NUNCA VI CRITICAREM A FÉ DE OUTROS,POR FAVOR SENHORES CRITICOS, NAO PROCUREM CHIFRE EM CABEÇA DE CAVALO

  366. Que absurdo. O bom, para esse tipo de gente, é pregar a violência, o individualismo e a negação ao criador. O bom, para esse tipo de gente, é que as pessoas saiam por ai bebendo, “fumando” e até mesmo roubando. Como diz o ditado pupular: “para que o mau triunfe, basta o bem não fazer nada”.

  367. Quer dizer então que a partir de agora,em dispulta de pênaltes,não poderão mais ficar ajoelhados rezando?E ao entrar no gramado,o jogador terá que entrar com o pé esquerdo e não fará o “sinal da cruz”?Através de Deus,os jogadores buscam paz nos estádios,melhor relacionamento com outros atletas,harmonia com dirigentes etc. Aí vem um cara que não tem compromisso algum com o respeito ao próximo e tenta criar um clima de discódia.Quanto esse elemento está ganhando para agir assim de forma marginal,anulando um dos direitos básicos do cidadão.E falar do diabo,pode?E mostrar o logotipo da NIKE,pode?A quen interessa isso?

  368. o diabo está revoltado pq o nome do nosso SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO está sendo glorificado dentro da seleção brasileira e o mundo todo viu esse lindo ato. Continuem assim que a copa do mundo de 2010 será nossa e a “turma do contra”(imprensa, fifa, o mundo e satanás) querendo ou não se renderão a pessoa bendita de JESUS CRISTO.
    ” O REI dos reis e SENHOR dos senhores, O Magnífico, Aquele que É que ERA e que sempre Será !!!!!!

    Parabéns seleção !!!!!

    JESUS ESTÁ FELIZ COM A ATITUDE DE VCS!!!!!

  369. A mídia coloca no ar todos os dias,dezenas de imagens e frases que falam de satanismo e espiritismo e ninguém reclama.Observem (não assistam acompanhando capítulos,só pesquisem) principalmente as novelas e desenhos animados,e verão constantes cenas fmostrando ou alando em espíritos que reencarnam ou que aparecem na sala ou no quarto,bem como demônios e símbolos do satanismo mostrados nos desenhos NARUTO,POKEMON,PICA-PAU e tantos outros,principalmente da DYSNEY,aí pode??? O que acabei de citar são fatos.Constatados em longa observação na programação diária das emissoras brasileiras.E aí? Vamos proibir tudo ou só o que é conveniente?Isso é revoltante! Chega a ser uma ação marginal.

  370. NÃO VEJO NADA DE PROPAGANDA, TEMOS SIM QUE AGRADECER A DEUS EM TODOS OS MOMENTOS DE NOSSA VIDA, SEJA NA VITORIA, SEJA NA DERROTA…

    SE CHEGAMOS ONDE CHEGAMOS FOI COM AS BENÇÃOS DE DEUS….

  371. O que falar de alguns jogadores que só entram em campo dando três pulinhos com o pé direito, ou os goleiros que antes de iniciar a partida praticam um ritual de magia negra colocando bem no centro do gol uma “fita de todos os santos” para fechar o gol (caso do goleiro Felipe do Corinthians, que eu mesmo assisti pessoalmente). Se quiserem fazer isso ou aquilo, que mal há? (pessoalmente eu não concordo, mas cada um tem o direito de professar a sua fé, desde que não haja imposição a ninguém) Nunca vi ninguém repreendendo os jogadores que praticam tal atitude. O Cafu na final da copa de 2002 tinha uma camiseta escrita “100% Jardim Irene”, por acaso alguém falou mal desta atitude? Pelo que me lembro, vários comentaristas elogiaram esta atitude que demonstrava o amor dele pelas suas raízes!

    O que os jogadores fizeram foi um simples ato de “amor à suas raízes”, ou seja, amor a Deus.

    Quando a africa do sul se classufucou para as semifinais, eles dançaram (danças típicas), festejando a vitória. Não me senti ofendido nem agredido pela cultura deles. A Fifa vai ter que proibir os arbritos de usarem um terço junto com o apito (usado por vários), pois também pode “incitar o extremismo religioso”?!?!?!

    Não será porque os jogadores que simplesmente agradeceram a Deus pela vitória (sendo o Basil um país com sua grande maioria Cristã) são evangélicos? Se fossem católicos e fizessem o sinal da cruz ao receber a medalha haveria essa discussão toda que foi gerada?

    Pensem… eu acho que não.

  372. Eles foram intolerantes pq? Deveriam ter criticado sobre intolerância religiosa desde quando os jogadores muçulmanos que oraram a alá no campo todos de testa na grama, não houve manifestação contra, MAS BASTA FALAR NO TODO PODEROSO QUE COMEÇAM A SENTIR QUE O FIM DELES ESTÃO MAIS PRÓXIMO DO QUE SE IMAGINA.

    AO DEUS ONIPOTENTE, TODA HONRA E TODA GLÓRIA, AO ETERNO E SOBERANO. DOA A QUEM DOER. DEUS É DEUS!!!

  373. Sim quando os politicos usam o meio futibolistio para fazer politica ai tudo bem, quando usa o nome de quem nos deu a vida não pode tem que haver punição para o atleta, somente por causa de alguns países que são catolicos , vivemos emum pais democratico e que temos liberdade de expressão.

  374. Assisti ao jogo, aliás, gosto muito de futebol; sempre vejo as barbaries que acontecem dentro de campo, nas arquibancadas e nos arredores dos estádios. nunca vi nem ouvi, ou li, que alguém tenha tomado providencias a respeito. Quantas mortes… Quantas famílias que até hoje choram, porque seus filhos foram se divertir assistindo uma simples partida de futebol e nunca mais voltaram; onde estão estes jornalistas?? Onde estão as pessoas que tem o poder de proibir atos que resultem numa perda tão dolorosa?? ninguém sabe não é?? não dá ibope, não gera votos.
    HIPÓCRITAS, deviam se preocupar com a fome, com a violência, ao invés de criticar quem quer agradecer uma benção alcançada, e, detalhe: foi manifesto depois do apito final do juiz. Portanto, transmitiu quem quis, e só transmitiram para criticar; porque não desligaram suas máquinas de transmissão?? Hipócritas; não a REDE BANDEIRANTES, porque gosto de assistir através dela, que sempre transmite na maior imparcialidade. Parabéns BAND vocês são dez.
    Parabéns Lúcio, nosso capitão, pela sua coragem em não negar a sua Fé, em glorificar Aquele que é digno de toda glória. Tenha certeza que Jesus está no controle da sua vida.
    Parabéns Dunga, tão criticado, tão vaiado. Mas… tão vitorioso, tão valente; tão leal as suas convicções aos seus valores. Você é um vencedor em Cristo Jesus.
    Entra tanta porcaria em nossas casas através da televisão, que quando entra um ato tão digno, tão puro, tão bonito; muitos não sabem receber; ao contrario de agradecer, começam a criticar; mas não tem coragem de criticar ao que realmente incomoda.
    Jesus tenha misericórdia de suas almas.

  375. Dinheiro pra Educação não tem , mas pra fazer copa no Brasil tem…
    Milhões vão ser desviados… aguardem

  376. Quando digo hipócritas, não me refiro aos jornalistas que transmitem e comentam os fatos, porque trabalham, muitas vezes artuamente para acompanhar uma matéria e constatar sua veracidade; mas aqueles que julgam e criticam.

  377. Pura hipocresia esta declaração da fifa. Será que não entenderam que ali na propria seleção brasileira estão inseridos uma variedade de crenças, e que em bom senso deixaram-se serem dirigidos gentilemente pelo capitão da seleção, que na verdade não impôs, mas apenas dirigiu a equipe a entenderem que o futebol só será arte plena quando ele se completa com o ser!

  378. É impresionante, quando se fala de Deus da repercursão que se tem, e julgam dizendo ser oportunismo de aumentar o rebanho, sendo que em nenhum momento, foi feito convite e sim algo que talvez tenha sido combinado nos vestiários, se o time fosse dar 3 voltas no campo de joelhos, talvez não seria tão falado, como o fato de todos se ajoelharem e agradecer a Deus pela sofrida vitória,
    Imagino o que tenha acontecido:”depois de um primeiro tempo sem brilho, perdendo de 2 x 0 para um time que já imaginava a derrota, e de repente esta quase campeão. No intervalo tanto o Lúcio, como o Kaka, entre outros, tenham falado que Deus poderia mudar a situação, e que se isso acontecesse todos iriam agradecer, o Brasil fez 4 gols, um sendo anulado, é motivo para dar Glória a Deus, ou não?”
    Um segundo tempo espetecular, como muitos dizem: Deus é brasileiro.

  379. Não vi provocação nenhuma. É melhor orar, do que mandar palavrões, gestos obcenos, violência, etc. Qdo Cacá fez um gol levantou um dedo para o céu e agradeceu a Deus. Foi capa de revista dos evangélicos. Só porque são católicos?! Que todos respeitem a religião de cada jogador.

  380. Bem?!,…

    Acreditar em “DEUS” poooode, né?

    Ou será que, não podemos nem isso.

    Algumas instituições serem hipócritas tudo bem mas, justo uma instituição que comanda um maravilhoso esporte como este que, além de tudo, nos mostra que o trabalho em equipe e, o talento deve ser sempre valorizado, entrar numa briga desta.

    “DEUS” com certeza é ÚNICO e, como criador do “UNIVERSO” não deve estar acreditando em mais esta disputa de poder, “boba” deste que, se diz à sua “IMAGEM E SEMELHANÇA”.

    A Copa do Mundo está próxima, sejamos mais patriótas, não apenas perto dela e sim, todos os dias de nossas vidas.

    Tenhamos sempre “FÉ” e, “PAX” à todos!!!!!!!

  381. É tudo muito simples: a questão religiosa é algo de forum íntimo de cada um.
    Não cabe à Seleção Brasileira ater-se a esta ou aquela manifestação religiosa pois, inevitavelmente, ao se fazer isso, EXCLUI-SE as demais religiões!
    E se exclui inclusive os ateus! Que, queiram ou não, pagam impostos e financiam a Seleção.
    Os jogadores da Seleção são PAGOS por TODOS os brasileiros e devem representar o Brasil. Não esta ou aquela religião, por mais que os religiosos achem isso correto.
    O Estado é LAICO, ou pelo menos deveria ser.
    Lugar de Deus é na sua casa, na sua vida e não na Seleção brasileira.
    Não gostou?
    Vá rezar!

  382. A questão religiosa sempre é polêmica, mas não é a primeira vez que uma cena como essa é vista. Ela já ocorrera em 2002, após o pentacampeonato. A diferença entre uma e outra é que em 2002 a religião em questão era a católica e agora, a evangélica.
    Não sou evangélico e sou um grande crítico dos meio utilizados por esta religião para conquistar fieis. Entretanto, fica claro a preocupação das autoridades em reprimir ações de religiões que não tem uma imagem positiva no mundo ocidental, como as de origem africana e islâmica.

    Sem dúvida, o melhor que se tem a fazer é proibir qualquer tipo de manifestação, a fim de evitar problemas de intolerância religiosa, mas a regra deve valer para todas elas, e não para uma ou outra.

  383. Essas pessoas querem apenas pegar carona no Futebol Brasileiro, na busca desesperada de notoriedade. São infelizes frustrados. BRASIL RUMO AO HEXA, DOA EM QUEM DOER!!!!

  384. Concordo muito com a matéria. Não tem nada que ficar pregando religião no gramado. Enquanto é todo mundo cristão, todo mundo aceita. Queria ver se fosse um culto do candomblé no gramado. Todo mundo ia chiar. É ou não é?
    Logo, tem mais é que restringir mesmo. Cada um que cultue sua religião dentro de seu próprio templo, casa, whatever.

  385. Enviado por: Roberto Pereira

    É tudo muito simples: a questão religiosa é algo de forum íntimo de cada um.
    Não cabe à Seleção Brasileira ater-se a esta ou aquela manifestação religiosa pois, inevitavelmente, ao se fazer isso, EXCLUI-SE as demais religiões!
    E se exclui inclusive os ateus! Que, queiram ou não, pagam impostos e financiam a Seleção.
    Os jogadores da Seleção são PAGOS por TODOS os brasileiros e devem representar o Brasil. Não esta ou aquela religião, por mais que os religiosos achem isso correto.
    O Estado é LAICO, ou pelo menos deveria ser.
    Lugar de Deus é na sua casa, na sua vida e não na Seleção brasileira.
    Não gostou?
    Vá rezar

    QUANTA IGNORANCIA OU IDIOTICE. SE VC É ATEU OU ALGUÉM EM ALGUM LUGAR , JÁ ESTÁ SE EXPRESSANDO SUA FALTA DE FÉ, QUANDO NÃO PRATICA NENHUM ATO DE FÉ.
    E SE EU FOSSE ESSES JOGADORES QUE SÃO SERVOS DO DEUS ALTÍSSIMO, COMO KAKÁ , LÚCIO E ETC… NUNCA JOGARIA NESSES PAÍSE. E SE FOR O CASO, BOICOTARIA A COPA DO MUNDO DE 2010.
    QUANDO O FOGO QUEIMAR, VCS VÃO CHORAR!!

  386. Enviado por: Juliana

    Concordo muito com a matéria. Não tem nada que ficar pregando religião no gramado. Enquanto é todo mundo cristão, todo mundo aceita. Queria ver se fosse um culto do candomblé no gramado. Todo mundo ia chiar. É ou não é?
    Logo, tem mais é que restringir mesmo. Cada um que cultue sua religião dentro de seu próprio templo, casa, whatever.

    SE FOR CAMDOMBLÉ, E SE ALGUÉM NÃO GOSTAR É SÓ DESLIGAR A TV E LIGAR DEPOIS QUE TERMINAR A PROFISSÃO DA FÉ.
    SOMOS LIVRES PARA DEMONSTRARMOS A NOSSA FÉ NO DEUS VIVO E REAL.

  387. As pessoas que estavam ali apenas agradeceram a Deus pelo exito. Todos são evangelicos? Não. Apenas agradeceram a Deus, independente das religiões dos que ali estavam. Como Deus tem sido esquecido pela humanidade, realmente é um pecado torna-lo tão público. A midia não pode exibir esse tipo de imagem. claro que não. Não dá ibope. As pessoas são importantes demais para visualizar àquelas imagens? A midia é um veiculo muito importante para perder tempo falando sobre Deus? Deus é hoje quase um assunto de museu. Mas, Que bom que alguem lembra de agradece-lo. concordo com um das orimeiras opiniões, melhor a cena de agradecimento do que as muitas outras de violencia.

  388. paz mauricio

    meu nome é Israel e gostaria de receber informações, que envolva religiao da mas braba a mais bonita, musica gospel ou black music gospel ou não, pois tenho um blog com minha banda.

    enfim acho um absurdo oq a fifa esta fazendo, mas fazer oq é isso mesmo que a biblia relata de que haveria muitos sinais e é só mais um que agente ainda pode ver até a volta de Jesus.

    paz!!!

  389. A bíblia relata em 2 tessalonicences capítulo dois que nos ultimos dias, antes de um grande evento espiritual se dar na terra, haverá uma rejeição da fé por parte das pessoas. É o que se chama apostasia. Os cegos espiritualmente condenam a atitude desses jogadores. Não sabem os condenadores que estão se opondo não a homens mas a Deus.

    Jesus não é religião, Deus não é religião. Só há um Deus, um Senhor. Quem quiser concorde.. quem não concorda.. espere e verá quando a palavra se cumprir.

  390. Mauricio,

    Achei estranho esta reclamação aparecer só agora. Lembro que em 94, quando conquistamos a Copa, os jogadores se abraçaram num círculo e… rezaram!

    Grande abraço,

    André

  391. Feliz é a Nação cujo Deus é o Senhor. E se a seleção ganhou é porque a mão de Desus estava lá e, a maioria dos jogadores são cristão. A casa que Deus governa tudo vai bem, mas aquelas que não tem Deus o diabo manda.

  392. Brasileiro é tudo jeca tatu mesmo. A gente vê argentinos comemorando, ingleses, italianos sem qualquer mensagem religiosa, cheio de estilo e quando brasileiro ganha é reza daqui, reza dali o que é de muito mal gosto e brega, coisa de mentalidade atrasada que acredita em lenda, no que não existe.
    Toda pessoa religiosa demais é ignorante ou infantil ou histérica ou tudo junto.
    Pobre Brasil, cheio de brasileiros…Merecia destino melhor.

  393. FELIZ A NACAO CUJO DEUS EH O SENHOR…. huahuauha
    Por isso que o Brasil ta na merda pq aqui os senhores sao lulas, sarneys e seus comparsas…

  394. Concordo com o Leonardo. A gente vai no yahoo respostas e só lê abobrinha, respostas estúpidas. Uma gente assim é fácil de convencer que existe Deus, Jesus é filho de Deus, etc. Não há crítica, inteligência; tem uma cultura de vulgaridade e orgulho da burrice.
    As pessoas partem para a alienação religiosa e vira massa manipulável e tudo fica numa boa, o pobre se acomoda na ignorância, na pobreza e na estupidez.
    A religião é usada como forma de conformismo e submissão e a CBF ou FIFA não devem permitir qualquer manifestação religiosa.
    Poderia escrever centenas de páginas sobre as desgraças, assassinatos, violações de direitos humanos, preconceitos que a religião promove.
    Acreditem gente religiosa demais no fundo, no fundo não é boa gente e nem feliz, por isso é religiosa. Quem é feliz não precisa de lendas. Vocês conhecem alguma criança fervorosa? Claro que não: crianças são felizes. Pensem, pessoal: Deus não existe, parem de se iludir!

  395. Tem muitos “intelectuais” que defendem a descriminalização das drogas, por exemplo, essas mesmas se sentem incomodadas com a fé daqueles que preferem alimentar o espírito do que entorpecer o corpo.

  396. Jornalistas, comentaristas… já que vocês não acreditam em Deus, pelo menos respeite a fé dos outros com educação.

  397. Não entendi. Foi a evocação de algum deus que causou espanto?
    Houve algum extremismo ou crime?
    Qual o problema de jogadores expressarem a sua preferência religiosa? Houve agressão.
    Pelo que vi houve apenas EXPRESSÃO religiosa, de fé, de crer em algo, de ter algum princípio.

  398. Acho tremendamente ofensivo a exaltação pública a um Deus (a qual sua existência e significado são questionados e ignorados por grande parte da população mundial), em um esporte praticado por várias culturas diferentes. Os adeptos das religiões cristãs, nem são maioria no mundo.
    Porque a exaltação tinha que ser no gramado? E não nos vestiários, por exemplo. Talvez por ser o palco da vitória, ou talvez pela publicidade que daria a certos jogadores em suas comunidades religiosas. Ou talvez algum jogador esteja cultivando um terreno mais rentável, para sua aposentadoria dos gramados. Quanto maior a publicidade para o “fervor religioso”, maior a “graça”. Esta mais para atitude histérica.
    Lamentável a atitude de uma seleção que representa tanto pra a história do futebol.

  399. ele Enviado por: WS-SP disse :

    “Fanatismo religioso denota falta de cultura e nivel de educação muito baixo, ou seja, país pobre. ”

    MAS EXISTEM MUITAS PESSOAS QUE FICAM EM BANCO DE IGREJAS QUE SÃO EMPRESÁRIOS, OU PREFESSORES DE ALTO NÍVEL, GENTE DA ALTA QUE TEM CULTURA, TEM ESPERIÊNCIA ESPIRUTUAL, ISTO É, MATURIDADE.

    NÃO FALO DE RELIGIÃO AGORA, MAS DA FÉ.QUE TEM ,TEM FELICIDADE, PAZ FAMILIAR, NEGÓCIOS; REFERENCIA DE CRISTO TUDO ISSO.
    VER UM MAR VERMELHO SE ABRIR À SUA FRENTE(SEUS PROBLEMAS) ALGO IMPOSSIVEL ACONTECER ATRAVÉS DA FÉ, NAÕ É FALTA DE CULTURA, MAS ALGO A MAIS EM SUA VIDA.

  400. Vem cá, mas qual é o problema dos caras agradecerem a Deus, Alah ou Maomé? Eu não faria o que eles fizeram, mas não entendi qual o problema. Agradecer a coca-cola ou o New York Times ou a Globo ou a algum colunista do IG tudo bem né? Com licença né não…

  401. A questão é: E se, no meio da roda de jogadores orando, estivesse um único jogador com outra crença? Por exemplo, um budista, ou um muçulmano…

    Que fazer? Que será que aconteceria? Ele seria isolado dos demais, ou entraria na roda de oração, desrespeitando-o momentaneamente de sua crença?

  402. Ao Roberto:

    Aí é que está… agradecer a Deus, ninguém vê problema algum (eu por exemplo).

    E se um cara agradece a Maomé? Ele seria respeitado? (Por mim, por exemplo).

    Será que um jogador hipócrita como Roberto Brum e Marcelinho Carioca, “evangeliquíssimos”, respeitariam a crença alheia?

    Linhas atrás, teve um ser lobotomizado por aí que chegou com o brilhante argumento “pô, será que não pode mais agrdecer a Deus”?

    Poder, pode. Mas em seu coração, em seu interior, em seus atos diários, em seu comportamenteo diário para com os outros. Crer na essência da vida em algo superior é uma coisa, se mostrar é outra, bem diferente.

    Distingamos quem é religioso de quem é fariseu. No futebol, a maioria tá mais pra fariseu. Fazer o quê?

  403. Como foi dito em reportagem anterior sobre a reprovação da FIFA a essa manifestação “que está em discussão é a propaganda e o proselitismo religioso em espaços públicos freqüentados por pessoas de diferentes credos”.
    E há, além disso, a mistura do concreto com o abstrato; que é o fenômeno dito espiritual, com o ente JOGO DE FUTEBOL, que poderia ser qualquer outra operação, de cujo sucesso, que se sabe contingente, aproveitou-se convenientemente para se cultuar a carência de ter-se, permanentemente, um senhor, que provavelmente não quer que o homem se anule para que ele seja magnificente, além de comprometer a própria Divindade, sem se saber se é justo alguém atribuir, esperar ou pedir que Deus faça certos tipos de mágicas, ou se é correto de ter as suas prerrogativas freqüentemente colocadas à prova pelos cristãos fanáticos, deixando-o, apesar do seu imenso poder, em seriíssimas dificuldades, por se botá-lo a reflexionar, talvez com uma das mãos no queixo, e um pouco aflito, olhando aqui para baixo, para as perigosas peraltices dos terráqueos, do sólio supremo em que se encontra, acerca da questão de dever precipitar as suas graças.
    Em face desses episódios é que se tornam uma imbecilidade essas manifestações místicas em público de forma tão intempestiva; e, por isso, abomináveis; abomináveis porque, em complementação, não são uma coisa sóbria, adulta, profunda, grave, racional e séria; e por não perceberem que sua atitude não é um fato universal, incomodando, destarte, o restante de um público provavelmente majoritário.
    Na Igreja Católica, principalmente na tradicional, não se vê o sacerdote, que faz voto de pobreza, separando, então, o patrimônio público eclesiástico, da pessoa dos clérigos, cobrando milagres de Deus, ou proclamando êxtases espirituais ou profecias, e buscando a prosperidade individual. Eles falam de esperança, da grandeza do Criador e da fraternidade entre os homens. Os benefícios simples, ou milagres, se acontecerem ou quando acontecem, são dons suplementares.
    Em contraposição ao discursório dos “preletores” sem preparo, e deslumbrados de muitas seitas que se vê por aí, em que se contam piadinhas de péssimo gosto, e se fala de coisas trivialíssimas para uma claque solícita, que não percebe os estereótipos retóricos desses pregadores – muitas vezes importados dos norte-americanos, nos templos católicos, por entre o dourado em detalhes nas paredes, além das ogivas abrigadas sob os seus coruchéis, há a atmosfera de legitimidade nos sermões integrais, coesos e precisos, e na autêntica eloqüência dos padres que celebram a santa missa.

  404. O que se quer dizer é que não se pode pretender que a religião em suas manifestações tenha sua apresentação concebida como, dito de uma forma, uma convenção social aceita de modo harmônico; e dito de outra maneira, como um fenômeno universal; assim sendo, ela não é um ambiente onde há sistemas sociais, mas é um sistema psicológico que pode ocupar parte do ambiente terrestre; sendo, por conseguinte, numa classificação hierárquica urbana, espécie, não gênero. E, não sendo instrumento de concretude política, social, econômica, científica ou tecnológica com emprego oportuno, manifestação em solenidade futebolística mundial incide no supérfluo ou despropositado, causando espanto esse ato cultural, fora de contexto cerimonioso, ou sem ser suscitado por outro fato de emergência sacramental.

    E não se trata, de não se poder misturar as coisas. Eu misturo ou separo eventos de acordo com a oportunidade. Igualmente, com ralação a questão do quorum; mesmo que houvesse unanimidade acerca dessa manifestação, os crentes deveriam avaliar a ocasião de praticar tal comportamento místico, por lealdade, racionalidade e compromisso com o protocolo social relacionado à universalidade e à densidade dos fatos sociais.

    A religião não é um fato político e social concebido como o Carnaval ou como os festejos folclóricos do São João, que têm caracteres, concretos, e consagraram-se, entre outras questões por, simplesmente, não terem precisado de esforço para terem vindo a se estabelecer. Eles não se ofereceram, eles foram requestados. Eles não impõem regras de ascetismo que inclui abstinência, e contiguamente ou, no seu bojo, alinhamentos ideológicos. Alinhamento, por exemplo, com o tipo de capitalismo injusto, e é bom que se diga isso. Eles oferecem fruição, não impõem a tortura da renúncia; misturam em sua diversão o luxo milionário nos salões, e a simplicidade da folia nas ruas, podendo, também o rico ir às ruas ou o pobre, eventualmente, ir aos bailes fechados permitindo essa heterogeneidade.

    Deus não discrimina as pessoas, mas algumas religiões tidas como verdadeiras, por gerar resignação na sua massa de adeptos, dá razão a Napoleão como destacou Frei Beto citando seu argumento: “Como explicar a sorte a um homem que morre de fome ao lado de outro que esbanja se não houver padres ou pastores que lhe digam Aqui tens sofrimento, no céu terás tua recompensa”? As quais oscilam entre a fraternidade da “Palestina do século primeiro”, a defesa da submissão e à TEOLOGIA da PROSPERIDADE. Sendo, em muitas vezes, tão irracionais que não percebem a grande contradição que apresentam como a identificada em depoimento concedido em um determinado programa, em que um membro de uma seita protestante pentecostal, ligada a uma emissora de televisão, que, ao testemunhar uma graça recebida, proferiu: “Eu era um mero empregado e passava grande dificuldade. Hoje eu tenho um monte de empregados trabalhando para mim”. “Aleluia”. A que um perspicaz colega espectador parafraseou: “Eu era um fudido, e hoje tenho um monte de fudidos trabalhando para mim”. Aí está a contradição: não se busca a paz e o bem-estar dos homens, busca-se preparar o homem para o sucesso pessoal. E entre dois súplices que estão lado a lado, no banco de um desses templos, podem estar o banqueiro agiota, querendo mais, e o mutuário escorchado, rogando pela sobrevivência.

    O paradoxo de não se ir à raiz político estrutural do problema, o paradoxo da distribuição da sopa ralíssima, das migalhas concedidas pelas modernas castas oportunistas, da crudelíssima exploração, na impostura da caridade, como fez conhecida igreja reformada pentecostal, em ralação à acumulação privada dos dízimos e ofertas, e com a profanação da sagrada fonte literária dos cristãos.

    A competitividade, o mérito pessoal e a iniciativa são entes com muito valor, e entes defensáveis; todavia eu, tu, ele, nós podemos ser individualistas, egoístas e gananciosos; mas a Igreja deve ser a voz do bem, do amor e da generosidade que conclama para a justiça, para a piedade e para o equilíbrio da humanidade.

  405. é lamentavel querer proibir um ato de agradecimento a Deus por conseguir conquistar um titulo lutado por varios paises, não é nada facil conseguir sem ajuda do nosso Senhor fico com pena de quem ainda não conhece e nem agradece ,pois agora o nosso futebol esta muito bonito e respeitado no mundo estes jogadores ajoelhados é melhor que todos brigando e saindo na porrada como acontece em outros paises.

  406. O enraçado de tudo isso, é que se essa manifetação religiosa,como gostam de chamar, fossem proagonizadas por católicos ‘rezando ave Maria ou seguidores de Ghandi ou macumbeiros fazendo um passe no meio do campo seria coniderado lindo ou apenas uma manifestação cultural.
    Não podem negar que isso é pessoal, que iso é perseguição contra seguidores de Jesus Cristo. Se O Kaká tivesse na camisa dele um deseno do Buda a reação de vcs seria diferente!!! Não neguem!! A fifa não daria a mínima.. não sejam hipócritas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *