Por que comemorar gol é desrespeito ao adversário?

Por que comemorar gol é desrespeito ao adversário?

Adriano, o Imperador, marcou o segundo gol do Flamengo, no empate com o São Paulo, mas preferiu não comemorar, “em respeito ao adversário” e à sua torcida. Alguém pode me explicar por que comemorar um gol, a alegria maior que existe no futebol, pode ser entendido como desrespeito ao adversário?

Adriano tem uma dívida de gratidão com o São Paulo, que o recebeu muito bem no seu primeiro exílio no Brasil, em 2008. Em crise na Inter de Milão, o jogador recuperou a forma e o prazer de jogar no primeiro semestre do ano passado no Morumbi. Retornou a Milão, voltou a ficar de baixo astral, e foi mais uma vez repatriado, no início de 2009, desta vez pelo Flamengo.  

Mas o que essa dívida de gratidão tem a ver com comemorar um gol contra o São Paulo? Realmente, não entendo essa “ética” do futebol. Cenas como essa (na foto, o exato momento em que o jogador, depois de marcar, avisa que não vai comemorar) sempre soam, para mim, como demagogia – a promessa de algo que não se pode cumprir. Se Adriano não queria “desrespeitar” o São Paulo não deveria entrar em campo.

Entrou porque é profissional, alguém dirá. Sim. Marcou gol porque é profissional, dirá outro. Sim. Mas ficou triste por marcar um gol? Ficou chateado de, naquele momento, vencer o São Paulo? Conta outra. Essa história de fazer um gol e voltar para o seu campo, sério, aparentando tristeza, eu não engulo.  

Em tempo: O leitor Flavio I chama a atenção para um caso excepcional, o do atacante Quarentinha, maior artilheiro da história do Botafogo, cuja trajetória foi muito prejudicada pelo estranho hábito de não comemorar os seus gols. Sua história é narrada em detalhes na ótima biografia recém-lançada, “Quarentinha, o artilheiro que não sorria”, de Rafael Casé.

Crédito da foto: Vipcomm

74 Replies to “Por que comemorar gol é desrespeito ao adversário?”

  1. Concordo que voltar aparentando tristeza seja hipocrisia, mas em partes eu até concordo com a não comemoração.
    Aquela comemoração acintosa, – que é feita pela maioria jogadores – xingando a outra torcida, mandando ficar quieta, gritando com a camêra, talvez fosse desrespeito. Agora, dar aquele soco no ar, comemorar a vitória, ficar feliz por estar fazendo seu trabalho, não é desrespeito.
    Qualquer um sabe que ele está feliz por cumprir seu papel, dizer que não é mais desrespeito que comemorar, é chamar a torcida de burra.
    Se ele não estivesse feliz em jogar contra, iria para o São Paulo e não para o Flamengo.

  2. Achei sim, um desrespeito com a torcida do flamengo. É o fim da picada, um absurdo… Eu nunca imaginei que pudesse existir pessoas assim. Imagino como deve ser ruim para os torcedores do flamengo que não tem nada a ver com o fato dele ser são paulino (porque a verdade é essa). Odiei essa atitude dele e não há quem me convença que foi por respeito aos tricolor, e sim desrespeito com os falmenguistas. Você ADRIANO definitivamente caiu no conceito do pessoal. E quer saber, vai jogar no São Paulo, seu…

  3. Cara, ele fez o papel profissional dele que foi fazer o gol pro flamengo, e nao quis comemorar o gol em respeito a torcida do SP, qual o problema disso? É tao chato como voce ser escolhido e o amigo do seu lado nao em uma selecao de emprego! Voce vai abraçar ele comemorando?

    Bora escrver otura coisa

  4. O momento “mágico” do futebol, é aquele quando se marca o gol! Concordo com o comentário de Renato Camardo, quando cita a questão “xingando, ficar quieta, entre outros”. Mas um jogador deve comemorar sim o gol, e já que estamos falando em respeito, este deve ser dado ao clube a qual joga e principalmnete ao torcedor, que está lá para comemorar e vibrar com o gol, já que está lá para ver além do jogo, vibrar pelo ou pelos gol’s. Acho desrespeito não comemorar!

  5. O Adriano disse o porque não comemorou, e ele esta certo, foi uma gratidão, ao clube que o acolheu, e a torcida que o tratou com carinho e respeito.Parabéns Imperador a torcida do Flamengo entendeu e está com você. Gol em todos eles, vamos para o título.

  6. Achei muita hipocrisia do Adriano não comemorar esse gol. Todo mundo tá cansado de saber que jogador profissional não possui time de coaração. Eles jogam onde se paga mais. Se Adriano tá no Flamengo, é pq ele pagou mais. Daí ele deveria “vestir a camisa” do time que o sustenta e sim, comemorar o gol em cima do São Paulo.

  7. Realmente estamos evoluindo em termos de educação.
    Agora é considerado desrespeito comemorar um gol, driblar o adversário (o que pode ser até punido justamente com agressão física e moral ao infame transgressor) e sabe-se la o que mais. Talvez ganhar o jogo passe a ser, também, considerado desrespeito, então, teremos jogos verdadeiramente de uma “finesse” a ser invejada até por professores de etiqueta franceses e que terminarão somente com empate e toda vez que um jogador tomar a bola de seu adversário pedirá desculpas e a devolverá imediatamente.
    Quanta emoção!

  8. Nao comemorar gols sempre rendeu boas discussoes. No passado, Quarentinha ja foi muito cobrado pois nao esbocava reacao depois de marcar pelo Botafogo. Foi ate exilado para o Bonsucesso por esse, entre outros, motivo, antes de se tornar o maior artilheiro da historia do Botafogo (ler Quarentinha – o artilheiro que nao sorria, de Rafael Case). Recentemente, o livido Valdir Bigode tambem andou sofrendo por sua falta de efusividade em entrevistas e comemoracoes depois de marcar. O caso de Adriano e outro: a onda do politicamente corrreto. Nao me incomoda, ja que, para mim, comemoracao de gol nada mais tem sido que concurso de coreografia ensaiada nas longas horas mortas de concentracao (ver: Jonas e seu Moon Walk domingo).

    Ab

  9. Não vi hipcrisia nenhuma e nem fingimento de tristeza. Achei perfeito a atitude discreta do Adriano. Na minha opinião ele agiu corretamente e merece elogios!!! Nosso futebol está muito carente de atitudes elegantes e discretas.

  10. Se vc não consegue entender, não sou eu quem vou te explicar… cada um, cada um, paciência. Valeu Imperador!

  11. Caro Stycer,
    parece-me que está faltando criatividade ou assunto para voce….criticar o comportamento do jogador com “achismos” da sua parte….francamente

    Fale de coisas mais relevantes para o futebol…abraços

  12. Penso que é uma atitude que só ele entende. O fato dele não ter comemorado não significa que ele não trouxe alegria para seu time e torcida, esses sim devem comemorar.
    Quantas conquistas que às vezes temos e que por um motivo ou outro também não comemoramos, isso é interior, reflexivo. Talvez o Adriano ainda esteja num momento só dele e é preciso respeitar.

  13. Na minha opinião a atitude foi correta.
    Falta de profissionalismo na comemoração teve o “exemplar” Cristhian (no paulistão) …não engoli essa historia ate hoje!!!! Me senti ofendida e foi dificil explicar o motivo dessa comemoração para duas crianças que assitiam ao jogo comigo naquele momento. Isso sim é lamentavel!!!

  14. Provavelmente moço, o sr não sabe o que é respeito,
    Sou FLAMENGUISTA e achei bonito por parte do Adriano.
    Ele deve saber o que é RESPEITAR

  15. Não comemorar é falta de respeito com os colegas de profissão. A equipe atingiu o objetivo e é justo comemorar com os colegas. Comemorar não tem nada a ver com humilhar, desde que seja feita com bom senso e moderação

  16. Sr. Stycer, Pelos comentários dos intyernautas que perdemos tempo em ler suas mensagens, verifica-se que o apoio é total a Adriano,
    Então conclui-se que deve haver OU ROLAR inveja no glorioso gesto daquele jogador – volto a dizer – Ele sabe o que é RESPEITAR

  17. Ele sabe o que faz…vai que os BAMBIS ficassem nervosAs com ele e resolvessem atacar jogando purpurina….
    Já pensou?!
    CONCORDO COM O AUTOR DA MATÉRIA!

  18. Isso se resumi em uma palavra……………..
    …………………………………………………………………
    Ronaldo!!!!!!!!!

  19. EU SO QUERIA SABER SE VOCÊ MAURICIO STYCER SA JOGOU FUTEBOL, VOCÊ NÃO ENTENDE AS ATITUDES DOS ATLETAS, POR QUE NUNCA VIVEU COMO UM ATLETA, SE O JOGADOR ZOMBAR DO ADVERSÁRIO, E CRITICADO, SE NÃO COMEMORA EM RESPEITO E CRITICADO, FAÇA ME O FAVOR. COMENTE SUA COLUNA SEM QUERER SER O SABE TUDO DA HISTORIA, POIS VOCÊ ACHO QUE NÃO SABE NADA. DESCULPE PELO DESABAFO, POIS ACHO A MÍDIA INJUSTA.

  20. Assim como a torcida do flamengo hoje idolatra o cara, a do São Paulo também já teve o mesmo sentimento.

    Não desrespeitou a torcida do Flamento em momento algum, ele cumpriu o seu papel de profissional, jogou muito bem, sofreu o penalti por conta disso, foi lá e marcou o gol.

    Honestamente acho que você deveria procurar outra coisa para escrever.

  21. Mais gente é fogo mesmo viu????? Contesta tudo. Cada um tem um jeito de respeitar alguém ou alguma coisa e ninguém tem o direito de criticar. Ruim seria se ele dissesse que fez algo para desrespeitar quem quer que fosse.

  22. Não sei porque não comemorar. Tem que comemorar sim.
    Falta de respeito com o time que paga o seu salário, com seus colegas de equipe e com a sua torcida.

    Comemoração não significa humilhação. E fingir que se é politicamente correto para mim, é uma ofensa a minha inteligência.

  23. O fato de não ter comemorado o gol, pode ter sido a razão do não abatimento do São Paulo. A vibração na hora do gol, faz parte e pode ser um estímulo aos seus companheiros à sua torcida! Mostra sua gana pela vitória, sua vontade de vencer! O sujeito faz um gol, e faz de conta que não foi ele, pra que? Parece que cometeu um crime. Tira o entusiasmo dos deus companheiros, da torcida! E esse foi um dos motivos que levaram ao empate!

  24. LEMBREMOS QUE TUDO ISSO COMEÇOU COM ROMÁRIO, FLAMENGUISTA DECLARADO QUE PASSOU POR FLU E VASCO(DE NOVO) E NÃO COMEMORAVA GOLS CONTRA O FLA. NÃO É DESRESPEITO COMEMORAR GOL. GOL É UM PRAZER, É UM ACERTO. É COMPUTADO NA CARREIRA DE UM JOGADOR, PRINCIPALMENTE ATACANTE. O QUE NÃO PODE DE MANEIRA NENHUMA É COMEMORAR GOL AGREDINDO OS OUTROS. O ORGULHO DE SER RUBRO-NEGRO DEVE DEDICAR TODA ESSA ALEGRIA À TORCIDA RUBRO-NEGRA. QUE APÓIS, INCENTIVA E É LINDA. SE O JOGADOR DIZ, E SÓ DIZ, QUE SE CONCENTRA PARA O JOGO, ENTÃO QUE NÃO OUÇA A TORCIDA ADVERSÁRIA, FOQUE A VITÓRIA, SUA TORCIDA E OS SEUS. IGNORE A TORCIDA ADVERSÁRIA E TODOS FICARÃO BEM MAIS FELIZES.

  25. Comemorar um gol contra um time que foi importante na sua carreira não é desrespeito, até porque toda hora alguém faz isso e ninguem se importa ou fica indignado, escolher não comemorar o gol está mais para uma homenagem. O jogador não pode entrar com a camisa do outro time nem nada do tipo, as formas dele demonstrar uma homenagem são bem limitadas e o momento que ele é o foco das atenções é justamente no gol, por isso essa escolha.

    Sem contar que o Adriano não deixou de comemorar porque o São Paulo é seu time de coração, até porque todo mundo sabe que ele é torcedor do Flamengo, mas porque o SPFC ajudou em um momento de crise.

  26. Existem duas grandes bobagens…, duas grandes idiotices no futebol atual…:
    A primeira é não comemorar gol contra um ex-time…, penso assim pq se ele respita tanto o ex-time pq saiu…, no caso especifico do Adriano no São Paulo não fez por merecer ficar no clube e todo mundo sabe o pq…, agora vai para outro time ( no caso que o revelou ) e não comemora para sua atual torcida…??? Onde está o respeito com a atual…??? Não quer comemorar gol contra um ex time não saia dele…

    A outra é dirigente de clube que negocia um jogador para outro time e coloca…, obriga…, a colocarem uma cláusula no contrato que impede este jogador de jogar com seu time…, exemplo…: Jogado sai do Palmeiras e vai para o Atlético Mineiro e os dirigentes do Palmeiras obrigam a ter uma cláusula no contrato impedindo que este jogado jogue contra o Palmeiras…, são duas situações ridículas de falta de vergonha na cara e personalidade…

    Ahhh…: errar penalti também se enquadra aqui…
    Ahhh…: tem mais uma…: dirigente que acoberta torcida organizada…: tipo a diretoria do Santos que deixa a Torcida Jovem obrigar quem é apresentado como treinador ou jogador do time usar aquele boné ridículo…, Ohhh falta de personalidade…, depois a torcida monta nesses caras…, agride…, ameaça e eles ficam acuados…

  27. Bem… se vc não engole o que ele fez…. provavelmente deve ter uma idéia do porque.

    então por favor, diga, na sua opinião, porque ele fez isso.??

  28. Concordo. Penso que seja uma palhaçada. Nada a ver com nada. Até parece que os jogadores querem justificar alguma coisa, como quando eram amadores e jogavam por amor ao clube, em 1900 e pouco. Por favor, me poupe dessa demagogia.

  29. E, aquela historinha de ser profissional? Já ouvi muitos declararem, que: “…Aceitei a proposta de tal time porque sou profissional…mesmo que não seja torcedor dele, vou me esforçar para cumprir o meu contrato até o fim e, e me tornar ídolo deste clube…”

    Agora, essa de não comemorar gol, se o que o atleta mais gosta, além do salário, é o momento do gol, que é mágico, levanta a galera e tudo o mais.

    É decepcionante, para um jogador, além do mais em se tratando de um Adriano festeiro.

  30. Concordo plenamente!! Não me venha com essa “estória” de respeito…ele não respeita o Clube que joga atualmente, cada semana apronta uma, desaparece, não treina e nem dá satisfação!! E Agora me vem com essa de respeito pelo São Paulo?? Ah, me poupe, respeite a camisa que vc veste e a torcida do seu clube…!!!

  31. Não é desrespeito nem hipocresia.
    Comemorar o gol não é errado.
    Não comemorar também não.
    Mas é estrategico e um direito de quem faz.

    Estrategico, porque não nada melhor para desencadear uma reação do adversário, do que comemorar exageradamente.

  32. Ele (Imperador das negas dele), em nã desrespeitar a torcida do São Paulo acabu desrespeitando a do Flamengo. Eu fiquei constrangido ao ver pela TV, parecia que o Flamengo estava perdendo de 7 a 0 e tinha feito um golzinho. Vergonha, primeiro ele respeite quem paga os salários dele.

  33. Ao contrario dele me lembro de algo parecido, REINALDO, se lembra dele, saiu do flamengo pra jogar no SPFC e no primeiro confronto dos dois times ele fez 2 ou 3 gols não me lembro a quantidade exata, e não comemorou em nenhum deles por respeito ao FLA. acho legal, boa sorte Adriano.

  34. POR QUE SERÁ QUE QUANDO ALGUÉM TEM RESPEITO OU GRADITÃO COM OUTRO(S), CAUSAM TANTO BARULHO HEIM ??
    PARABÉNS ADRIANO, VC DEMONSTROU SER GRANDE EM UM PEQUENO GESTO.

  35. Adriano, vc é um grande profissional, um grande ser humano, um jogador e ser humano que demonstra reconhecimento quando é querido e respeitado. Enquanto alguns jogadores se preocupam em ofender um profissional xingando, desrespeitando, ofendendo a moral, cor, etc…vc. dá uma lição para todos o que é ser um ser humano excepcional e um profissional incrível. Parabéns “Imperador Show de Bola”. Muito mais sucesso em sua vida. vc merece.

  36. xiiiiiii, se der Brasil e Itália na final da copa e ele estiver jogando, será que vai acontecer a mesma coisa?
    O culpado disso é Galvão Bueno, heheheheheheheheh

  37. Parabens Adriano. Vc. bem que comemorou , mas foi discreto, como convinha a um sujeito homem grato ao Sao Paulo e sua torcida pela oportunidade e a forca que lh e deram naquela fase da sua vida. So um ignorante nao ve isso. Parabens. Por outro lado – mais uma vez o juiz ajuda o Flamengo – se aquele agarrao no jogador Sampaulino , dentro da area, no final do jogo, nao foi penalty, imagine o que vira. Ja esta ficando manjado Ö urubu!! Menos! Ganhe limpo, na bola para merecer o respeito de outras torcidas.

  38. Concordo plenamente com vc!! realmente nao faz sentido
    dizer que nao vai comemorar por respeito ao adversario.
    Creio que a maneira masi correta seria jogar o jogo limpo e cumprimentar todos os colegas!! assim eu creio seria a forma certa!! creio eu !! o resto e apenas demagogia

  39. O cara marca um gol pro seu time (de coração, segundo o mesmo) e não comemora por respeito ao São Paulo é hipocrisia.
    Era mais bonito ele marcar um gol contra e sair gritando !!!!!

  40. ele não estava aparentando tristeza e sim respeito. A comemoração é que poderia despertar tristeza nos torcedores são-paulinos q um dia foram fãs dele.
    vc realmente não entende futebol. Não sei porque insiste em comentar

  41. Tem um monte de jogador que não vai mais comemorar gol pois ja passou por todos os times.Gol contra que clube Paulo Baier vai poder comemorar?

  42. Gente, as pessoas não podem ser exatamente como queremos. Porque o Adriano teria que seguir o padrão e comemorar com veêmencia. È hipocrisia???? Não é hipocrisia??? As respostas, como podemos ver acima, dependem do estado de espirito e da tendência pessoal de cada um. Se o cara fica feliz fazendo cara de coitadinho… Vamos respeitar!

  43. Na verdade, a discussão não é nova e já esteve em pauta com os sinais trocados. Quando Reinaldo jogava pelo São Paulo e marcou um gol contra o Flamengo, não comemorou, alegando que o Flamengo era seu time de coração. Não me lembro de grande repercussão do assunto. Acho que a obrigação do profissional é jogar, e, no caso do atacante, marcar gols. O que ele vai fazer depois é problema dele!

  44. QUANTA IDIOTICE! ORA FAZER CARA DE TRISTE E NÃO COMEMORAR O GOL! COMEMORAR NÃO SERIA SINAL DE DESRESPEITO! ATITUDE IMBECÍL, VAI JOGAR NO SÃO PAULO, PRONTO!

  45. Luana… só sendo mulher pra dizer que o “SE O ADRIANO ESTA NO FLAMENGO É PQ O CLUBE PAGA MAIS, ELES JOGAM ONDE PAGAM MAIS”… Todo mundo sabe que se tem uma coisa que não existe no Flamengo é SALÁRIO EM DIA, o clube mais mal administrado, mais caloteiro do Brasil. E não to tirando as glórias nem desrespeitando a torcida, só estou dizendo o que todo mundo sabe. Matéria sem sentido, porque garanto que se o Adriano faz o gol e comemora, ia ter jornalista escrevendo que ele não tem gratidão (olha o exemplo do Denilson no palmeiras, que comemorou a mais seu gol conta o tricolor por que tinha raiva ainda de ter sido expulso do Reffis, pois chegou lá achando que era dono, sem avisar, sem pedir, e querendo fazer o que queria. Pra quem não sabe, o São Paulo não cobra o uso do Reffis nem para atletas de outros clubes que vão se recuperar lá…). Se o Adriano marca e comemora o gol, seria mais um profissional que joga por jogar, cois que ele demonstrou que não é já que trocou a Inter de Milão pelo Flamengo (Luana, a Inter paga em dia e muuuuuuito melhor que o Flamengo…) e lembrou à todos seu respeito e gratidão ao Tricolor não comemorando o gol. Desrespeito com o flamengo seria ele errar o penalty de propósito por isso, mas ele não deixou de honrar a camisa de seu atual time e ainda demonstrou seu respeito a um antigo clube. BOOOOOAAA Adriano, sou são paulino e torço pelo seu sucesso no flamengo ou onde estiver!

  46. A resposta é fácil: Porque escrever coisas irrelevantes é uma perda de tempo para o leitor. Entendeu ?

  47. Parabéns ADRIANO.
    Tanto sãopaulinos como flamenguistas entenderam seu gesto em não comemorar o gol, os sãopaulinos entenderam seu profissionalismo e os flamenguistas agradeceram o seu gol.
    Só não entenderam os torcedores de visão curta, que não sabem o que é ser agradecido. Por isso o título PARABÉNS ADRIANO.

  48. Gratidão coisas incomun ao ser humano.

    PARABENS ADRIANO !!!

    Continue enchendo o São Paulo de gols a torcida do Flamendo agradeçe.

  49. Esse cronista precisa aprender a respeitar as pessoas, seus valores e caráter. O Adriano, no caso em tela, foi simplesmente um profissional de muito caráter o que só devia servir pra esse cidadão não escrever bobagem. Provavelmente, ele, o repórter, ou, sei lá o que, não tem sentimento de gratidão na sua formação de cidadão, ou talvez, quem sabe, lhe falte algo mais distante , lá no começo, no berço….

  50. Interessante! Quando o Reinaldo fez a mesma contra o mesmo Flamengo jogando pelo São Paulo NINGUÉM se manifestou dizendo que era antiesportivo e tal. Agora quando um jogador importante e badalado do time da vênus platinada faz a mesma coisa a casa cai.
    Direito é dele e de qualquer jogador que quiser fazer o mesmo!

  51. Isso é o que eu penso, mas, escrever pra agradar não é comigo.o cara é intocável? é o dono da verdade: pra resumir: o repórter escreveu uma grande bobagem, pra deixar barato…

  52. ivison, não liga para isso. o FLAMENGO é tão grandioso, que tudo toma proporções absurdas. Deve ser de acordo com o tamanho da torcida. valeu adriano…..

  53. Ô, pessoal que é associado (ou vítima) da F.O.D.A. (Flamenguistas Otários Desculpando o Adriano), deixe de palhaçada… e o tal de Adriano também, pô!!! Não precisa ficar tão consternado, cara… bastava ele fazer como fez inúmeras vezes: NÃO FIZESSE O GOL… Ele já errou tantas “debaixo das traves” que não seria nada demais… Vá enganar trouxas Flamenguistas, “meu”!!!

  54. Bom, concordo com o autor.
    Adrino cometou um ato de desrespeito com o Flamengo, que atualmente paga seu salário, se estivesse tão preocupado não tivesse entrado em campo. Minha vó sempre dizia, tudo moderado pode, só não pode em excesso. Porque não sorrir e abraçar de forma discreta e respeitosa (se essa era a preocupação) seus companheiros. Como disse o autor, foi muito mais demagogia do que outra coisa.

  55. Gostei da atitude do Adriano. Também não me sentiria incomodado se um jogador que acabou de sair do Flamengo, e saiu de bem com a torcida, não comemorasse um gol contra o Flamengo.

    Não é desrespeito com o outro clube – no caso o São Paulo – não comemorar. Só é chato. Se o cara não quis comemorar, problema dele, ele achou que não deveria e ponto.

    Hipocrisia?! Por quê?! Hipocrisia é o cara falar para todo mundo que está emagrecendo e vê-lo todo dia mais gordo. Hipocrisia é falar que está com problemas familiares e aparecer na praia feliz da vida. Como vários disseram antes, é respeito pela torcida adversária e só. Se fosse contra qualquer outro time do mundo ele comemoraria normalmente.

  56. Palmeirense, vi o Edmundo, então no Figueirense, marcar 2 gols no Palestra Itália. No início do jogo, nós torcedores havíamos gritado seu nome. Em nenhum dos gols ele comemorou, por respeito à nós, que torcíamos por ele e pelo nosso time, e ao clube que o deu projeção. Se eu fosse ele, me sentiria mal em comemorar. Edmundo, nesse caso, e Adriano ontem, profissionais que são, trabalharam por suas equipes e inclusive fizeram gols. Mas acho muito positivo que o profissionalismo ceda seu espaço ao carinho que os atletas possam ter por seus ex-clubes. Não vejo hipocrisia e nem demagogia nisso.

  57. va se danar , é por isso que tem que deixar pessoas , qualquer uma que seja ,escrever na mídia sem diploma . esses pseudo- jornalistas só escrevem merda…………

  58. Bem…. Vejamos

    Você é casado com uma mulher maravilhosa, vivem juntos durante anos, batalhando lado a lado, ela inclusive ajudou-o em momentos importantes e/ou difíceis de sua vida, e você também fez o melhor.
    Mas, sabe-se lá por quais motivos, o encanto acabou, cada um para o seu lado.
    O tempo passa…
    Você conhece outro alguém, que te completa, te faz feliz e resolvem ficar juntos.
    Mas…. No dia, no momento, de “comemorarem” você não o faz, em respeito a sua ex-mulher !!!
    O que a “torcida” vai pensar ?!?!? Explica prá ela….
    Boa educação, elegância, serão sempre bem-vindas, principalmente nos dias de hoje em que prevalece a selvageria, a ignorância, mas convenhamos…..
    Um tanto patético.
    Pai Nosso e Salve Rainha no lugar de Parabéns prá você !!!
    Precisamos todos de alegria, de comemorações, pois já há muitas tristezas e “taciturnez”
    Mas, como dizem os sábios : “Cada um é cada um”
    Grande abraço a todos
    Eduardo

  59. achei legal a atitude do adriano, ele mostrou que tem gratidão pelo ex clube. Bonito foi oque o Magrão fez quando jogou pelo Cúrintians, marcou o gou e sai beijando a camisa, batendo no peito. Fala sério puta falcidade todo mundo sabia e sabe que o cara é palmeirence, isso sim foi desrespeito com o cúrintians e com a porcada.

  60. Isso aí é bobagem sua, o momento é do Adriano e ele comemora como quiser, não tem nada de demagogia nisso, se ele não quer comemorar temos que respeitar.

  61. Observo que no Tênis,por muitas vezes a comemoração é contida,os jogadores são pessoas educadas e de um alto-nível cultural e praticam um esporte de elite.O futebol é popular e exteriorizar a alegria é cultural.É lutar contra a natureza.Realmente é demagógico.Deveria ter ética sobre seu impulso sexual,onde variar e desfilar com mulheres que só faltam ter etiquêta de marca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *